Naruto Revo Online


 
PortalInícioRegistrar-seConectar-se
Hey... quanto tempo faz que seu personagem não come? Evite as penalidades por desnutrição... visite o Ichiraku com frequência, lá seu personagem pode se recuperar em instantes !
Sempre lembre de remover itens descartáveis de suas fichas quando os mesmos forem usados. Seja honesto consigo mesmo.

Compartilhe | 
 

 Campo de treino Dérik Kaguya

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
AutorMensagem
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Ter Out 16, 2012 11:04 am

Dia de chuva

Um novo dia nasce mais o Kaguya ainda estava dormindo, aparentimente estava tendo um pessadelo e realmente estava tendo, ele sonhava sobre o corte em seu pescoço a dor que sintia e o local onde estava era bem onde teria cido a morte de seus pais, com isso ele estava revendo os doi momentos no qual ele mais sofrera tanto fisicamente quanto mentalmente, logo então o chunnin acorda e olhava para os lados Yume já não estava na cama.
“Acho que acabei dormindo de mais hoje”
Então ele se levanta e já se troca colocando sua roupa habitual preta junto com a capa e a toca, assim ele antes de pegar suas armas olha pela janela para ver o tempo e com isso percebe que estaria para começar a chover, alem que com isso confirma também do horario que até mesmo seu filho Reidner já teria saido com sua mãe, logo ele pega apenas a abara bone e parte de sua casa.
Ele vai seguindo o caminho sem proteção alguma, apenas sua própria capa e a toca da mesma que lho protegem da chuva ele vai seguindo o caminho e passar por onde seria a loja de seu amigo ferreiro que fora morto a alguns dias, o lugar ainda esta para ser roformado mais o único dodo já teria vindo a falecer, em quanto passa ele meio que abaixa a cabeça mais continua seguindo o seu caminho em diração ao seu campo de treino.

Treino

Ao chegar onde desejava já em seu campo de treino o Kaguya começa a se alongar, primeiro suas pernas um alongamento simples para não forçar, depois suas costas e depois seus braços. Assim que ele esta termidando de fazer o alongamento com os braços uma folha bate em seu rosto, com isso ele se lembra de três anos atraz quando isso vinha a lhe acontecer, mas não podia perder tempo então ele retira a folha e volta a se alongar.

Logo que o chunnin acabava de se alongar, já vai logo em seguida começa a fazer algumas flexões, nada de muito rápido, só pra aquecer mais um pouco. Dérik vai fazendo flexões alguns minutos, em seguida para um pouco e começa a fazer Abdominais por 20 min. Assis que já se sente pronto para agilizar o treino, sendo assim Dérik se se levanta do chão, olha a trajectória que vai seguir em meio as arvores, procorando um caminho onde tenha bastante galhos que lhe atrapalhariam e até mesmo algumas pedras, assim que encontra começa a correr, começando de vagar e já indo almentando sua velocidade gradativamente.
Dérik vai segundo essa trajectória como se fosse uma pista de obstáculos, pulando algumas pedras contornando arvores, se esquivando dos galhos, após 30 min Dérik ja pode acredita que já pode começar a ir mais rápido, após esse pensamento ja aumenta a velocidade bruscamente, indo já praticamento com tudo que teria.
Até que pela alta velocidade não percebe um pedra em sua frete tropeça e vai rolando por uns 7m, que é ate chegar numa árvore, onde ele acaba parando meio que abraçado com a mesma.
“Kuso, Kuso, Kuso... isso doi! Alem disso não posso cometer tais erros, tenho de ficar mais rapido.”
Logo o Chunnin sai da arvore e tenta se recompor, pouco a pouco, em quanto espera fica se segurando na arvore como apoio, em seguida ele tem uma ideia logo faz o selo do tigre e concentrando seu chakra faz o jutsu Ninpou - Bushido Hone, criando assim rapidamente sua armadura de ossos, a armadura iria dificultar mais a corrida e assim lhe ajudar mais em seu treino, assim que a mesma já fica pronta ele já começa a correr novamente e gradativamente, até chegar no maximo que poderia seguir na condição que estaria no momento.
Mas depois de mais 50 minutos assim com a armadura correndo, desviando dos galhos, pulando as pedras e até mesmo contornando algumas arvores, para o Kaguya ainda não erá o soficiente, então ele cria aos espinhos da armadura (o que faz o jutsu ser Rank B) então isso iria dificultar mais ainda a mobilidade pelas arvores e esta seria a intenção dele, logo que já esta com os espinhos ele parte novamente come começa a acelerar mais ainda.
Muitas veses os espinhos pegão as arvores e destorcem um pouco a mobilidade do chunnin mais ele não podia parar e ainda tinha de melhorar ainda mais.

Fim do Treino

Depois algumas horas a mais correndo desta forma o Kaguya já se sentia completamente esgostado e sente também muito cansado, então decide parar de correr. Ele vai diminuindo a velocidade até chegar à árvore onde tinha parado a outra vez com a batida. Ele descansa por alguns estantes e em meio a isso já desfas a armadura, logo em seguida ele sai caminhando lentamente até sair do campo, indo para vila.


Spoiler:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Sab Out 20, 2012 10:35 pm

Chuva continua

Logo pela manhã o Kaguya vem a despertar, ao seu lado estava Yume ainda dormindo então ele se mantém ali na cama ainda abraçado com sua amada, estava chovendo lá fora e com isso só fazia com que aquele momento ficasse melhor na visão do chunnin, mais logo ele escuta um barulho vindo da cozinha. Assim ele levanta com cuidado para não acordar Yume e caminha com cuidado até lá, ao chegar ele vê seu filho que estava pegando e derrubando as coisas de cima da mesa e então com um certo sorriso, devido a ter achado a sena engraçada ele fala.
-Reidner! O... qu..e vo..cê es..ta apro..ntand..o?
Em seguida vai até o filho para tiralo de cima da mesa, logo que o coloca no chão Yume aparece para ver o que estava contecendo.
-O que aconteceu?
-Na..da, Rei..dne..r só est..ava em cim..a da me..sa.
Yume olha para o filha e passa um pequeno sermão para ele, Dérik aparenta estar escutando mais no final estava mesmo só olhando sua amada e admirando a mesma, ela em meio até ate pergunta para o chunnin sobre se ele concordaria com alguma coisa, ele simplesmente concorda sem saber o que era.
“Tomara que não seja algo que eu tenha de fazer depois... hahaha.”
Depois disso o garoto vai indo para o quarto e Yume abraça o Kaguya, que abraça de volta e da um beijo nela de bom dia.
-O que você ira fazer hoje amor?
“Ufa, realmente ela não tinha me pedido para fazer alguma coisa.”
-Es..tou pen..sando em...ir tre..inar um po..uco.
-Tudo bem, logo Reidner já vai se arrumar ai se você quiser já podem ir.
“Comemorei cedo de mais...”
-Tu..do bem...amor, ain..da vamos to..mar o café da ma..nhã ant..es.
Assim ela da outro beijo no Kaguya.
-Então eu vou preparar o café para vocês.
Logo eles vão indo preparar, mas mesmo com ela falando que iria fazer o chunnin vai ajudar e assim os dois vão fazendo tudo juntos. Após algum tempo o pequeno Kaguya já chega com o café já pronto então logo a família começa a comer todos juntos ah mesa.
Então ao termino de todos a mesa terminarem de comer eles vão escovar os dentes e em seguida Dérik e Reidner se dispedem de Yume para estarem indo treinar. Antes de sair, como ainda estaria chovendo o Kaguya pega um guarda-chuva para seu filho.
-Cuide bem dele Dérik.


Treinamento

No caminho como ainda estava chovendo e também estava com seu filho o chunnin decide ir caminhando tranquilamente.
[Reidner]-Pai por que você treina tanto? Você já é tão forte.
Com um sorriso no rosto ele responde.
-Ter..ino sem..pre para ser...cada di..a me..lhor a m..ais capas de prote..ger os me..us in..teres..ses, co..mo voc..ê e su..a mãe.
E assim eles vão seguindo o caminho, coversavam sobre varias coisas e Dérik falava para se filho como seria a academia ninja, para caso ele também escolhe-se virar um ninja, mesmo sabendo que Yume acho isso perigoso é sempre bom á deixar seu filho preparado.
Assim depois de um tempo caminhando em meio à chuva os dois chegam ao campo de treino do Chunnin, então Dérik começa a procurar um bom lugar para treinar então logo caminha até a parte de campo aberto de seu treino e logo atrás vem seu filho o seguindo.
Leva apenas alguns estantes e logo os dois já chegam no lugar escolhido, mas sem saber o motivo Reidner olha para o pai meio confuso, pois queria saber o que ele iria treinar no momento, mais o que ele ao sabia que nem Dérik sabia ainda, pois estava pensando e por isso tinha escolhido um lugar aberto para pensar mais.
[Reidner]-O que o Senhor ira treinar hoje.
-Pre..cis..o fi..car ma..is for..te e...então m..eus mús..culos i..rei tre..inar.
Então ele entrega o guarda-chuva para o filho cuida e com isso começa a tomar chuva e o que não incomoda nada a ele, assim ele começa a alongar abraço esquerdo puxando ele para a direita e depois o direito puxando ara esquerda, depois de estar bem alongado os braços ele começa a alongar as pernas, em quanto flexiona uma ele vai esticando a outra depois faz o mesmo movimento inverso com as pernas.
“Certo vamos começar agora.”
Dérik então termina seu alongamento, então logo iria começar seu treino só que então vê um pedaço de tronco razoavelmente grande e não oco no chão e tem uma nova idéia pra seu treino.
O Kaguya corre então até ele e o pega assim levando-o para o espaço aberto como começar o treino, devido a chuva o tronco estava meio escorregadio, mais ele ainda sim segurava forte para não escapar então se concentra e com toda sua força ele lança o tronco para cima, e em seguida usa toda sua força e velocidade para subir, então assim ele saltando aparecia próximo ao tronco no ar, girava o corpo numa velocidade incrível e golpeava o tronco com um chute, usando a parte da frente da perna esquerda, seguindo com um soco com a mão direita após girar o tronco, então sumia novamente e executava uma sequência diferente de combinação de socos e chutes a cada vez, usando bastante giro de corpo e quando começa a ficar muito próximo do chão usava as mãos para se apoiar no mesmo e em um impulso se afasta dele e vai cair perto de se filho olhando para ele em quanto o tronco cai a 5m de distancia.
O Chunnin sentira que esses movimentos no ar teriam sidos arriscados, pois devido à chuva a decida do tronco era muito mais rápida e seus movimentos não eram ainda tão rápidos quanto ele queria, mesmo assim mais forte teria de ficar e mais rápido também.
Reidner em meio a isso admirava o desempenho do mesmo, como se realmente seu pai fosse o melhor, então sempre que seu pai olhava ele estava com um grande sorriso.
Logo Dérik tinha que voltar ao treino, então vai até o tronco novamente e então se ajeita para pegar ele do melhor jeito, para assim poder joga-lo para cima o mais alto possível e assim ele o faz, logo já saltara da mesma forma como anteriormente só que desta vez tinha ido mais forte e mais rápido e se aproveitando isso começa a fazer os movimentos de socos e chutes de formas que continuassem fazendo o máximo para ele e o tronco subisse mais ainda, então após as sequencias de golpes ele e o tronco começam a descer mais rápido do que da ultima vez, logo Dérik tinha de afastar e então diferente da outra vez ele da um impulso com o pé no tronco, para também ele chegar perto do filho e o tronco mais longe.
Assim que termina a sua segunda sequencia de salto e combos com o tronco, Dérik da uma leve parada para respirar, ele fica sentado ao lado do filho e logo os dois começam a conversar novamente, sendo desta vez Reidner falando que gostaria de entra na academia ninja, para ficar tão bom e tão forte quanto o pai.
Após alguns minutos a chuva teria parado, Dérik só percebia pois tinha de voltar ao treino, então da um sorriso e se levanta, novamente ele caminha até o tronco e com toda sua força (tudo que poderia) ele lança para cima, e rapidamente ele usa um Shunshin para saltar e ir mais rápido e com mais força para cima do troco e assim começar uma nova sequencia de golpes, então no ar o Kaguya gira o corpo acertando um soco no tronco, gira novamente e o acerta novamente, mais desta vez dérik usa um golpe como se fosse puxar o tronco em seus dedos dava para ver que ele estava com algumas pontas de ossos para fora (como se fosse usar Teshi Sendan, mas sem disparar) o que lhe ajudava a manter sempre firme sua proximidade com o tronco ou mesmo qunado fosse necessário puxar o mesmo e então com isso ele com um golpe rápido re forte no meio do tronco ele se prende ao mesmo e então acerta com a outra mão uma sequência se socos e logo outra sequência de chutes, assim que acerta o quinto chute, Dérik vira o corpo e com a mão solta da um novo soco para soltar sua mão presa e logo da um chute forte na madeira para jogar a mesma ao chão e loge de seu filho, porem devido a tudo isso ele acabou se excedendo e quando cai, cai meio que de cara como o chão.
Com isso o menino corre para ir ver o pai e quando chega vê o mesmo rindo.
[Reidner]-Pai, você esta bem?
-Hahaha... Es..tou sim filho. E..stou b..em.
Então ele se levanta e após isso decide que é melhor parar um pouco, não queria se acabar, pelo menos ao na frente do filho, após isso os dois logo comação a ir voltando tranquilamente para casa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aburame Rukisu [ADM]
ANBU
ANBU
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 210

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Qui Nov 01, 2012 11:20 pm

É Dérik, ainda temos problemas sérios com a escrita aqui... tente melhorar isso.
Somente os Kage Bunshins transmitem o conhecimento adquirido aos donos. Consideramos assim pois é o único fator que lhes dá vantagem em relação aos outros tipos de clone, como os de ossos e insetos por exemplo.
+10% no jutsu de ossos que roubam chakra e +1 Habilidade.

Konoha Dai Senkou.... eeeeu não consigo visualizar direito esse movimento nem a utilidade dele. Sabe de algum vídeo que mostre direito como é ? Depois venha conversar sobre isso comigo. Por hora não postarei recompensa deste treino.


Terceiro treino ainda com problemas na escrita. Vi que está tendo problemas na concordância, acho que isto está te atrapalhando. Quando terminar de escrever, tente ler o treino novamente, mas com um olhar crítico.
+2 velocidade +1 Habilidade +1 força.

Ultimo treino também repleto de erros. Enquanto lia, me perguntava em como o tronco não se afastava de você no ar; tu só foi falar sobre isso no final.
+2 força
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Qui Jun 13, 2013 11:57 pm

Lugar estranho
 
 Após sua ultima missão mais uma vez o Kaguya avia vindo a fazer de suas loucuras, mais desta vez o seu amanhecer vem a ser dentro da prisão de konoha, ele levanta da tabua de madeira presa à parede da qual dizem ser uma cama dentro da cela ele caminha até a grade de sua cela, com apenas sua roupas de costume sem suas armas e a sua capa, vem a pensar sobre o interrogatório que passara.
 
“Será que realmente não conseguiram ver nada, um jutsu para ler mentes. Pela primeira vez realmente vim a ficar preocupado com isso, tenho que tomar mais cuidado”
 
O Kaguya vem a observar alguns outros prisioneiros como se estivesse procurando algo ou aguem, pois na verdade realmente estava procurando por Nara Taisei, do qual veio a ser seu pai adotivo em konoha e que ele sabia que teria virado um inimigo da vila, mas gostaria de saber se ele avia sido capturado. Porem em quando estava distraído um dos guardas do local bate na grade da cela do Chunnin acertando a mão do mesmo que acaba recuando para traz por impulso, no momento ele não poderia usar de nenhum jutsu, pois seria de fato muito mais arriscado ainda usar em sua situação atual.
Em sua cela tinha outra “cama” porem o Kaguya ainda não avia visto ninguém a mais no local, como o guarda não viria a deixar por em quanto ele na grade o shinobi foi até o centro de cela e ali começou a fazer algumas abdominais, no começo estava sendo fácil mais devido aos tempos que ficou sem treinar muito sua força ele estava quase como uma pessoa "comum" em sua concepção, porem isso não viria a impedir que ele visse a ficar mais forte então ele continua com o treinamento.
 
“Vamos, pelo menos umas 300 tenho de fazer”
 
após um certo tempo fazendo seu exercício o ninja vem a começar a escutar algumas conversas das celas próximas.
 
[Voz 1]- Você viu, carne nova no pedaço e ainda foi cair na cela dele. HAHAHA
 
[Voz 2]- Nossa esse ai tá perdido e quando ele volta da solitária.
 
[Voz 1]- Acho que seria hoje.
 
[Voz 3]- Calem a boca os guardas estão voltando
 
Então ainda se exercitando  na faixa de 290 abdominais, o silencio estava completo no lugar e com isso pode se ouvir os passos, algumas vesses podia ouvir barulho de alguém batendo na grade e correntes sendo arrastadas.
Com tempo de apenas mais 5 abdominais os guardas param de frente ao portão da cela do Kaguya.
 
[Guarda]- Levante e fique no fundo da cela!

O chunnin não queria muito vir a obedecer a ordem, mas tinha de evitar de receber alguma outra punição tendo assim de ficar mais tempo preso na quele lugar, assim ele se levanta serio e caminha até o fundo. Logo em seguida o guarda abre o portão e outros dois carregam um outro prisioneiro para dentro da cela, jogando-o na “cama” que ali estava.

[Guarda2]- Vamos...

Com um sinal com a cabeça os outros guardas concordam assim que todos os guardas estão foram é fechada a sela. O Chunnin caminha até o outro prisioneiro  pelas roupas um pouco rasgadas e um certo cheio não muito agradável vindo do mesmo ele deveria estar preso já a um bom tempo.
O homem tinha em torno de 1,75, aparentava ter uns 40 anos mais ou menos e tinha um porte físico completamente definido, diferente do Kaguya , o prisioneiro também tinha várias cicatrizes pelo corpo o que diria que ele já teria lutado muito ou teria sido torturado algumas vesses.
Como avia sido interrompido nas abdominais agora ele iria começar a fazer flexões, não tinha muito o que fazer no momento pois o homem estava no momento apagado então assim o Chunnin começa a fazer algumas flexões.

“um... dois... três... quartro... cinco...”
 
Pouco tempo depois os outros prisioneiros voltaram a conversar mais desta vez o Kaguya não veio a dar interesse ignorando os mesmos ficando ali no lugar fazendo suas flexões  logo podia se ouvir um som do lado do chunnin era barulho de correntes, quando ele olho para o lado o homem que antes estava deitado estava agora de pé olhando para o Kaguya, em seguida do nada ele pisa no chunnin que devido a não estar esperando acaba indo ao chão de uma vez.
 
[Prisioneiro]- Verme o que pesa que esta fazendo aqui?
 
Dérik se levanta e com sua face seria de sempre olha firme nos olhos do prisioneiro
 
-Se e..eu lhe com..tar você n..ão acre..ditaria.
 
Sem conhecer e pensando que ele estaria zombando devido a forma de falar o prisioneiro vem a ficar furioso com ele e com isso tenta vir acetar um soco no rosto do chunnin, porem o que ele não esperava de momento que os ossos de um Kaguya são realmente muito resistentes o o chunnin vem a travar o rosto.
Com isso a mão do homem vem até a estralar e Dérik se mantem no lugar, realmente ele avia sentido que o cara era força mais não queria demonstrar fraqueza no local.
 
[Prisioneiro]- Caraca parece que eu bati em uma parrede, que merda é você?
 
-Di..ria que sou um visi..tante, pois não fica..rei por mu..ito tem..por aqu..i. - Ele fala com um sorriso maligno em sua face.
 
[Prisioneiro]- Tá achando que esta a passeio rapas, o que fez para vim para aqui? E fala direito comigo
 
O Kaguya ainda com o mesmo sorriso mostra o ferimento no pescoço – E..eu somen..te com..sigo falar as..sim e se eu l..lhe con..tar por que es..tou aqui te..ria de lhe ma..tar – em seguida ele volta a ficar serio.
-Mas e vo..cê o que f..fez?
 
[Prisioneiro]- Então não sabe nem quem sou? E ainda tem problemas de voz? Bem mas eu já devo estar aqui há muito tempo mesmo. E acha que eu tenho medo da morte ou de você rapas, pode ter conseguido defender o meu ultimo soco, mais não ira defender os outros.
 
Ainda serio olhando para o homem, Dérik sabia que realmente não viria a aguentar muito socos, principalmente sem reagir e de fato ele não gostaria nem um pouco de reagir devido a não querer arrumar problemas, entretanto o Kaguya adora viver perigosamente então logo.
 
-Inte...reçante veli..nho. E quem se..ria o Sr e o que te..ria feito real..mente? - falando novamente com o sorriso de antes
 
O homem ao ouvir logo já reponde com um soco na direção do estomago do chunnin que é deferido por uma das mãos do mesmo evitando assim sofrer o impacto real do soco, Dérik se mantem com o sorriso, pela força provavelmente seria muito mas fácil suportar se ele se viesse a usar um de seus jutsus da sua kakei genkai e enrijecer os ossos, mais estava começando a ficar divertido para o chunnin e com isso não achou necessário.
 
[Prisioneiro]- Eu matei vários homens usando apenas minhas mãos e taijutsus e poderia fazer o mesmo com você agora mesmo.
 
-Me ma..tar, mas nem sa..be quem so..u eu, nem c..com um so..co em meu rosto com..segui..l me afe..tar e quase que..brou sua mão, acha mes..mo que teria algu..ma chance?
 
Dérik agora já vem a estar serio novamente, da forma de costume.
 
-M..mas real..men..te se é tão for..te e perig..oso co..mo foi captu..rado?
 
[Prisioneiro]- Todo mundo dorme em algum momento rapas, todo mundo dorme.
 
Os dois com isso deram uma certa risada
 
[Prisioneiro]- Você não parece um criminoso, não como os outros que estão aqui e também não parece ser de nenhum clã descendente deste pais.
 
O Kaguya agora se vira e caminha até o fundo da cela se encostando na parede.

-Já dis..se q..que n..não irei fa..lar na..da sobre m..mim.
 
[Prisioneiro]- Realmente é dificil lhe entender rapas, mas acho que estou começando a entender por que esta aqui. Mas gostaria de saber o como ira conseguir sair deste lugar
 
-P..por que ir..ia l..lhe com..tar, vo..cê tam..bém n..não me pas..sou ne..nhu..ma infor..mação últil.
 
O homem vem demorar um pouco para conseguir entender o que o chunnin avia falado logo que entende ele olha serio para o jovem chunnin, pois acreditava que ele teria realmente um plano de foga e por sua confiança poderia realmente funcionar e seria a sua saída dali, mas no final não vem a falar nada ele volta para a cama dele onde se senta olhando para o chunnin com os punhos fechados.

Dérik percebe sobre isso, com isso logo já imagina que realmente o velho estaria escondendo algo, se seria útil fora da prisão ele não saberia, mas já teria algo para fazer em quanto estaria algo em mente para passar o seu tempo por ali, em quanto isso ele volta ao chão para fazer mais flexões até vir a cansar o seu braço.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Suzuki
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Sex Jun 14, 2013 1:22 am

Bem, como diria o jack estripador vamos por partes:cereal:

Seu estilo melhorou bastante, desde seus primeiros treinos, porem você não deve relaxar, a muitas palavras erradas, e há alguns problemas de concordancia (espero que leve cmo uma critica construtiva ja que sou fã do seu personagem) tente descrever um pouco mais o local, não precisa abarrotar de encheção de linguiça, mas isso ajuda a imaginar a cena.

3 de força.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Sex Jun 14, 2013 12:13 pm

Off:
 


Outro dia de prisão

Mais uma vez o Kaguya vem a acordar dentro da prisão, ele já sabia que seria um período temporário já pre definido no interrogatório que teria vindo a passar, com suas técnicas até poderia fugir do local, mas com isso teria muitos problemas no momento e ainda viria a perder sua arma favorita, com isso decide ir treinar, na cela não teria nenhum janela assim não teria como o chunnin saber exatamente o horário no momento. Mas aparentemente avia acordado bem cedo pois de fato parecia que todos ainda estão dormindo, apenas um aguarda caminha do lado de fora, pelos corredores, o Kaguya precisava treinar e o lugar era um pouco pequeno para uma corrida e sem suas armas também não poderia treinar com as mesmas, sobrando assim somente treinar seu corpo e seu controle de chakra.
Logo ele tem algumas ideias mais de começa viria se aquecer, ele deita-se novamente na “cama” e ali começa a fazer algumas abdominais.

“Vamos lá só pra começar, um... dois... três...”


Dérik aos pouco começa a ir aumentando a velosidade de suas abdominais, mais ainda esta sentindo muita facilidade com aquilo, mas ainda continua sabendo que o começo de um exercício é sempre fácil mais com o tempo o músculo vem a dificultar e com isso seria melhor o treinamento do dia. Após algumas horas a ideia do Kaguya realmente estava funcionando realmente o corpo questiona os movimentos repetitivos dificultando assim um pouco mais o exercício.
Logo o outro prisioneiro já vem a acordar e olha o seu companheiro de cela treinando.

- Mas já esta malhando?

Se mantendo do exercício sem responde a pergunta, logo o chunnin da uma parada e se senta olhando para o prisioneiro.

- Pre..ciso treinar ainda mu..ito, pois a morte ain..da tem muito tra..balho para fazer, mui..tos corpos para le..var ao outro mun..do.

De fato o homem não entende o que o ninja queria dizer com isso mais via a face do ninja realmente serio

- Se me contar como planeja sair daqui eu lhe ajudo a treinar, já fui metre em taijutsu

O Kaguya da um sorriso e logo responde

- Não pre..ciso de sua aju..da velho, pre..ciso de ape..nas pesos.

O homem realmente queria mesmo sair de lá e o chunnin realmente estava confiante de mais em sua saída  porem de forma alguma queria mesmo

- Meu nome é Tsutomu, Me diga seu nome e eu posso vir a lhe ajudar dentro desta prissão. Posso conseguir arrumar pesos para você.

-Esta cer..to, meu no..me é...Dérik.

Os dois fecham o acordo cumprimentando com a mão, o homem ainda curioso para saber o clã de Dérik, mas sabia que se perguntasse ele iria começar a ficar igual ao dia anterior informando que não iria falar nada sobre ele realmente, assim o chunnin se levanta e observa a altura do teto da cela, observando que teria em torno de 3,5 metros de altura ele tem uma nova ideia de um treino e com isso olha novamente para o homem em quanto concentra chakra nos pês.

-Em qua..nto meus pe..sos não che..gam, você se..ra os pesos.

Nisso o Kaguya vem a usar o Kinobiri no jutsu e começa a caminhar e subir pela parede vindo a ir até o tento onde fica de ponta cabeça, ele se alonga no local e em seguida olha para o homem novamente que olha para ele meio confuso até que o chunnin estica a mão

- O que? Esta pensando em me usar como peso ai de cima?

- E me..lhor você não fa..zer eu des.cer até ai

- Já disse que não tenho medo de você, se quiser posso lhe ajudar aqui em baixo ai em cima não

kuso ele bem que poderia obedeser, seria tão mais facil, bem mais fazer o que, vamos treinar por em quando aqui...”

Assim o Kaguya se concentra firme mente do jutsu e meio que começa a fazer algumas flexões no teto, porem com o controle de seu jutsu e chakra somente nos pês, sendo assim o movimento para chegar o corpo inteiro até o teto vem a ser completamente físico e o jutsu vem a ser usado para se manter no teto onde assim a gravidade da qual o puxa para baixo seja maior dificultando as suas “Flexões”.

Assim, um... vamos lá, dois... força, três... quarto... cinco...”

Ele vem a ficar assim por horas, logo percebe o Tsutomu conversando com algum outro prisioneiro de uma sela próxima, porem não consegue escutar e estava ainda em seu exercício  mais sua curiosidade era grande e quando tenta se concentrar um pouco mais para ouvir o que os dois estão falando o chunnin acaba perdendo o controle do jutsu e assim vem a cair de costa para o chão, fazendo barulho de forma que outro prisioneiro e Tsutomu parassem de conversar.

- Eu disse que iria acabar caindo.

Kuso...”

Dérik ignora o comentário de seu parceiro de cela, como não avia mais o motivo para ouvir a conversa sendo que os dois já avia parado o chunnin concentra novamente seu chakra usando novamente o Kinobiri e subindo novamente até o teto para recomeçar seu treinamento.

Não posso perder a concentração desta vez, realmente esta queda doi... então vamos lá novamente, Um... dois... três...”

Novamente o ninja estava treinando e desta vez só ficava a observar quando vinha a descer o corpo, tal movimento que vem a fazer devagar para não acabar se jogando para baixo de cabeça.
Em vários momentos dava para se ver que realmente Tsutomu vem a conversar com os outros prisioneiros e até mesmo com os guardas, muitas vezes as conversas realmente são irrelevantes falando de família e planos para quando saírem da prisão, mais logo ele escuta algo intrigante.


- Então quer dizer que ele esta mesmo voltando para terminar o que começou?

[Voz]- Sim, mas tomara que ele consiga desta vez.

- Tomara com isso logo ira começar a guerra.

Dérik ao ouvir tais fatos novamente veio a perder o controle do jutsu, mas desta vez ele ao ver que estaria vindo a cair, rapidamente gira seu corpo caindo assim de pé, porem de mau jeito e com isso novamente vai ao chão.
Ao perceberem isso os prisioneiros param de conversar novamente e o chunnin vem a se levantar e ir próximo a grade e com sua face completamente seria.

- Q..quem está vol..tando?

- Provavelmente você não o conhece.

- Fa..le o no..me dele de u..ma vez!

- O nome dele é Taisei, um ex ninja de Konoha.

Com isso o Kaguya vem a ficar em silencio e caminha até sua cama onde ali se senta e começa a olhar para baixo, suas mãos se fecham com força e sua face apesar de seria como de costume dava para ver que um certo sentimento negativo teria por Taisei. Pois realmente poderia ser seu pai adotivo que estava voltando e ele veio a ser um dos que lhe abandonou, mesmo tendo criado e não ter matado o Kaguya no ultimo confronto o chunnin precisava de resposta e uma guerra por vir poderia vir a complicar ainda mais.

- Então você o conheceu?

- Já dis..se que não fa..larei sobre mi..nha vi..da lá fora.


- Ele deve ter matado alguém de sua família e esta querendo vingança. Hahaha. Você morreria antes de chegar nele garoto.

Dérik se mantem quieto, varias lembranças sobre seu passado começam a vir em sua cabeça e as que mais vem a marcar são as vezes que os dois treinaram juntos. Logo ele se deita e ignorando o resto do mundo vem a tentar dormir.
Jutsu usado:
 
Quem usa: Técnica ninja básica, quase todos os shinobis usam
Pontos: 5 pt's
Rank: E
Descrição: Concentrando chakra nas solas do pés, o ninja pode escalar árvores, paredes, além de outras superfícies, sem usar as mãos e sem cair, pois ficam com os pés grudados.
[Aprende também o Kabenobori.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Suzuki
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Sex Jun 14, 2013 12:25 pm

Esse treino foi bem melhor do que o outro.

3 de força (abdominais)

1 de habilidade (treinamento do kinobiri)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Seg Jun 17, 2013 3:10 pm

Novamente Acordando na prisão


Dérik novamente vem a acordar logo cedo, praticamente não tinha luz no local devido as luzes estarem praticamente todas apagadas, somente lá no fundo do corredor de ambos os lados avia lanterna acessa com isso o corredor apenas de estar um pouco iluminado dentro das celas fique de certo modo bem escuro.
Com isso o Kaguya tem uma ideia para o seu treino do dia, como não queria que ninguém soubesse nada sobre ele com o escuro poderia vir a treinar seu controle de chakra e o seu manoseio com os ossos sem se preocupar de que alguém veja, isso em quando o lugar ainda estiver “escuro”.
Assim ele se senta em sua cama virado para a parede e de corta para o portão de sua cela então com o uso de sua kakei genkai ele remove um osso da palma de sua mão, o osso não vem a ser muito grande sendo aproximadamente do tamanho de uma kunai, então logo o chunnin começa a concentra chakra e faz os selos Tori e Tora, logo em seguida o osso do qual é rígido e resistente começa a ir se mostrando na frente do kaguya conforme a sua escolhe, de fato de principio ele já tinha a ideia de moldar o osso como uma kunai e assim começa, porem ele vem a começar a moldar uma kunai de 3 pontas não uma simples.
Logo não vem a ser algo muito difícil  principalmente devido a ele realmente já vir a ter forjado anteriormente verias kunais em sua vida mas o plano do chunnin em si não era apenas ver se conseguiria fazer a arma perfeita com seu osso mas sim controlar corretamente a quantidade de chakra que viria a usar.
Então assim que a kunai de 3 pontas feita do osso esta pronto o Kaguya ainda teria mais coisa a fazer e com isso logo o osso começa a vir se moldando novamente devido a concentração do shinobi e o jutsu que vem a usar, Dérik agora iria fazer uma pequena cerca (####), devido aos vários pequenos vãos e o osso ser pequeno isso viria a dificultar para não acabar tendo aberturas maiores que as outras ou rompendo como uma das pequenas “barras” da cerca.

Então é isso ai, concentração vamos lá...”

Pouco a pouco ele vai moldado a pequena cerca, mas alem de se concentrar no que fazia também estava atento com o seu companheiro de cela, pois se o mesmo viesse a acordar ele esconderia o osso, pois de fato não quer que ninguém no local descubra nada sobre ele isso é por em quanto.
Em alguns momento o homem até chega a fazer alguns sons o que de momento vem a tirar a concentração do chunnin de modo que queria sempre evitar ser pego e com isso vem a acabar errando e tendo de corrigir o erro da moldagem na distração, para ele não estava sendo tão complicado, mais o equilíbrio de chakra ainda não era o que ele queria com isso tinha de se concentrar cada vez mais.

Após algum tempo do nada as luzes vem a acender a cerca estava praticamente pronta, mas devido ao “susto” e a para evitar ser pego acaba desfazendo tudo, deixando parecido a um osso como se fosse resto de comida e joga para de baixo de sua “cama”. Assim que termina já vinha o guarda passando realmente veio a ser por pouco que ele não foi pego “brincando” com os ossos.

Kuso... já estava quase pronto, maldito seja o tempo, quando é pra passar logo não passa... Falando nisso como será que deve estar Render e Yume?”

Dérik agora esta de pé olhando pela grade de sua cela o guarda passado e em meio a isso já fica a imaginar o que iria fazer para continuar a treinar o resto de seu dia, então decide fazer mais algumas flexões e logo caminha para o centro da cela, se deita de peito para o chão e colocando as mãos no chão com o braço flexionado e logo começa a se exercitar

Vamos nessa, se o tempo não passa então mais forte irei ficar, então vamos lá. Um... dois... três...”

Não demora muito após o chunnin começar a fazer as flexões logo Tsutomu vem a acordar e olha para o ninja treinando com o rosto meio amassado realmente era visível que ele tinha acabado de acordar só de olhar para ele, então ele se senta olhando para o chunnin.

-Então é isso que ira fazer todos os dias em quanto estiver por aqui?

Dérik não vem a responder mais realmente com duas mãos flexão já seria muito fácil então logo ele vem a levantar uma ficando apenas com a mão direita a ideia seria ficar duas horas com uma e depois outras duas horas com a outra.
O velho fica a olhar o chunnin logo os guardas trazem comida, mas Dérik viria a terminar o treino antes de comer então o Tsutomu come a refeição dele e logo vai para grade da cela onde lá começa a conversar com alguém, o Kaguya tenta ouvir mais desta vez parece que eles estão falando em outro língua e assim ele não vem a entender nada.

As quatro horas vem a se passar, então o chunnin para para comer sua refeição, na prisão não tinham muitas refeições então comer a quela gororoba era necessário.

É saudade da comida de Yume, ela sim prepara uma boa refeição...”

Assim que termina de comer olha para o velho e ele ainda esta conversando com o estranho o Kaguya vem a olhar um pouco de lado para ver quem seria e então vê que é um dos guardas, com isso a preocupação dele aumenta, pois e se Tsutomu na verdade não estaria ali para verificar e espionar o que ele estava fazendo. Depois da quele interrogatório que vieram a ler sua mente não falaram o que descobriram apesar de terem aparentado que não descobriram nada se prevenir seria necessário. Com tudo Dérik da um certo sorriso meio obscuro.

Então eu não digo nada, você não dis nada... só que eu não vou ficar aqui enferujando esperando ser pego desprevinido, irei treinar e ficar ainda mas forte, rapido e ainda irei...”

Antes de terminar o seu pensamento o velho vira para o Kaguya falando.

-Muito bem garoto, amanhã já chega os pesos que lhe prometi. É bom que cumpra a sua parte do acordo também.

O Kaguya ainda com o sorriso olha para ele sem responder nada logo no meio da cela ele vem a plantar bananeira (ficou com as mãos no chão de cabeça pra baixo e pés para o auto), logo ele começou a flexionar os braços fazer assim mais flexões mas agora o peso sobre os braços no momento seria o corpo inteiro.

-É só falar sobre algo pra malhar que você já começa com isso? Fala serio

Logo em seguida Tsutomu aparentemente se despede do guarda e caminha em direção a sua cama onde se senta e fica a olhar o Kaguya.

-Então hoje não ira dizer uma palavra?

Com uma pequena risada o chunnin responde.

-Hahaha... Es..tou ocupa..do, preciso ficar ain..da mais forte... hahaha

Assim o Kaguya fica por mais algumas horas até que o braço começa a realmente cansar e com isso ele vai para sua cama onde se deita e olha para o teto de sua cela onde faz um pequeno pronunciamento antes de vir a dormir um pouco.

-Fal..ta tão pou..co HAHAHAHAHAHA!!

Sem entender o velho fica olhando torto para ele, mais a cada dia mais ele começa mesmo a pensar que seu companheiro de cela realmente tem alguns parafuso soutos, pois realmente age de forma incompreensiva.



Citação :
Nome do Jutsu : Manoseio dos osso (Handling of the bone) >>100%<<
Tipo de Jutsu : Ninjutsu
Rank : C
Selos: Tori (Pássaro) e Tora (Tigre)
Descrição : Consegue controlar o movimento de todos os osso de dentro e fora do seu corpo, com esse manuseio o usuario pode até modificar por alguns instantes o formato do osso.
Restrição : Apenas o controle dos osso do corpo do usuario.
[Quanto maior a % mais rapido e mais distante pode ser feito o manoseio, podendo chegar até de 7m à 10m]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Suzuki
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Ter Jun 18, 2013 3:16 am

bem rock lee conseguia fazer 2000 flexoes com uma mão de ponta cabeça então não direi que é impossivel, mas tente ao menos dizer como foraa cansativo ou sobre o desgaste ao treinar 2 horas com cada braço õ_Õ

seu treino foi extremamente variado, mas isso não é algo que classifico como ruim, só não se esqueça de avaliar o cansaço fisico de um treinamento desses, dei maior importancia para a força devido ao tempo de treinamento ser muito maior.

3 de força

1 de hab
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Ter Jun 18, 2013 4:20 pm

Dia intrigante


Dérik vem a desperta novamente cedo e como no dia anterior as luzes ainda estavam apagadas, mas antes de levantar de sua cama ele vem a escutar algumas vezes ao olhar em direção a grade ele vê Tsutomu estava novamente conversando com alguém aparentemente o guarda do dia anterior, mas desta vez estavam falando a linguá normal podendo assim o Kaguya compreender.

[Guarda]- Não importa o que aconteça mantenha o plano

[Tsutomu]- Acha que depois de tudo que já passou iria estragar agora?

[Guarda]- Não, mas lembre-se que um erro e cabeças iram rolar por aqui

[Tsutomu]- A minha parte esta tudo certo, mas este rapas na minha cela, quando for a hora eu mesmo irei mata-lo.

O que? Me matar, ele não conseguiria nem me arranhar, qualé...”

O Kaguya continua a escutar tudo e olhando para eles em quanto esta deitado de lado de costas para a parede.

[Guarda]- Tome cuidado, foram os ANBU que trouxeram ele para cá, me disseram que seu nome é Kaguya Dérik, um chunnin.

Kuso... daki a pouco todo mundo já vai saber quem eu sou... Kuso”

[Tsutomu]- Um Kaguya, por isso o meu soco não fez efeito, mais não se preocupe  assim que eu conseguir o que quero dele pode avisar pro pessoa de Taisei o combinado

Ao ouvir novamente aquele nome as mãos do Kaguya vem a se fechar com força, devido ao escuro não estaria sendo visível para os dois, mas ele realmente estava com um olhar de raiva. Mesmo não tendo ódio em si de Taisei ele vem a ter raiva dele devido a ultima vez que se virão.

[Guarda]- Da minha parte eu cuida. Mas acha mesmo que deve matar ele? Se alguém como ele se unisse a nos estaríamos ainda mais forte.

[Tsutomu]- Parece que ele conhece já o Nara e não gostou muito de saber sobre a volta dele isso poderia trazer problemas. Alem do mais ele já tem um plano de fuga, porem o dele parece que demorar um mês para ficar pronto.

Mais que desgraça, este povo vai ficar falando tudo mesmo... Ah, si eu pudesse ter visitar não me importaria nada em matar estes dois, contato que pudesse ver Yume e Reidner, mas por em quanto ficarei mesmo na minha... vamos ver no que vai dar...”

Por um estante fica silencio no local, provavel que seria devido ao guarda estar pensando sobre a ultimá informação do Kaguya que acabara de escutar, Dérik logo lembra dos pessoas que Tsutomu prometeu para ele e os riscos que poderia correr ao usar os mesmo sabendo agora que o mesmo queria a sua morte, logo o guarda voltou a falar.

[Guarda]- Descubra tudo que puder sobre ele e então depois me informe, não falta muito para estar tudo pronto e não irei deixar nada nem ninguém atrapalhar os planos.

Logo em seguida dava para ver maio o menos o guarda partindo e com isso o velho que acompanha o Kaguya na cela vem a ir se deitar.
Com tudo o chunnin não poderia se levantar no momento seria muito arriscado, tudo estava lhe deixando cada vez mais intrigado, querem sua morte e a volta de Nara Taisei. Assim em quanto esta deitado o ninja começa a ter algumas lembranças  dos treinos que tiveram juntos e das vezes que ele parava o que estava fazendo apenas pelo fato para ir conversar com o Kaguya, ele se lembra também que avia dito para o jounnin (Taisei) que não precisava se preocupar tanto com ele que ele saberia se cuidar sozinho.

Por que? Por que partil Taisei?...”

Assim com o tempo as luzes logo se acendem e Dérik desperta dos flash back de seu passado no momento, ele com isso vem a levantar já era hora de treinar e com isso ele olha para o lado verificando se Tsutomu estava acordado, porem o mesmo realmente já vinha a estar dormindo.
Então o Kaguya primeiro se posiciona no meio de cela e como no dia anterior logo já vem a plantar bananeira e começar a flexionar os braços fazendo mais flexões, sua meta do momento seria chegar a 1000 flexões desta forma, mas tinha que fazer isso antes do fim do dia pois ainda tinha mais coisa para treinar.

Entorno da flexão 350, a refeição veio a chegar e com ela o velho Tsutomu vem a despertar logo ele se senta na quela cama e olha para o chunnin com uma expressão de cansaço ao ver isso Dérik já imagina que provavelmente ele e o guarda estranho que fala outra língua, devem conversar durante quase toda as madrugadas e por ser amigo de um guarda veio a ter mais vantagens na prisão, porem tudo isso eram apenas especulações do chunnin ainda nada estava certo por ali.

[Tsutomu]- É você realmente sempre que levanta já começa a treinar mesmo. Vamos ver por quanto tempo ira continuar assim...

Dérik vem a ignorar o comentaria e continua seu exercício  então logo o velho já pega a refeição dele e começa a comer observando novamente o chunnin, o olhar dele realmente estava diferente das outras vezes  provavelmente agora que ele já sabia mais informações sobre seu companheiro de cela, porem ele não sabia que o Kaguya já sabe que ele sabe das informações

[Tsutomu]- Na hora da coleta dos pratos de comida já iram vir a me entregar seu presentinho, mais antes de lhe entregar eu gostaria de saber o que você fez para vir parar aqui?

O Kaguya no momento da um certo sorriso maligno, e olha em direção do velho ele estica os braços se mantendo assim para responder e com isso evitando de perder sua própria contagem sem parar o exercício.

-Se eu com..tar terei de lhe ma..tar... Hahaha...

Em seguida ainda com o sorriso continua o treino, enfurecido o velho se levanta era possível ver que ele estava com o punho fechado e estava vindo realmente na direção do Kaguya para lhe acertar, mas como um ninja e depois de ter escutado a conversa do velho mais cedo Dérik já estava preparado para uma luta.
Então no momento que Tsutomu vai dar o soco o chunnin flexiona os braços com mais força ainda fazendo assim se impulsionando para cima e com a sua força e velocidade no movimento vem a chegar a por os pes no teto da cela, com isso a vem a pegar com as próprias mãos a mão do velho e como tudo que sobem tem que descer o Kaguya desce com tudo segurando a mão de Tsutomu fazendo o mesmo também vir ao chão, porem com ele segurava a mão do velho não viria a ter um local firme para se posicionar novamente ao chegar ao chão, com isso também vem ao chão sem conseguir se segurar da forma que estava inicialmente no treino.

Assim os dois logo se levantarão, Tsutomu estava enfurecido pronto para ir em cima do Kaguya novamente de forma que queria mesmo acabar com ele, mas Dérik estava com uma aparência física diferente ele estava realmente, pois estava aparentemente com mais volume corporal e branco. Dérik estava com sua armadura de ossos completa em seu corpo e com um olhar frio e medonho fala para o velho.

-É a segun..da vez que tan..ta me agre..dir, na pri..meira não fiz na..da agora i..rei ape..nas defen..der, na próxi..ma provavel..mente eu irei re..vidar e você não q..uer que eu re..vide!

Realmente de fato para o velho a cena veio ser mais espantosa do que a ameaça de falas falhas do seu companheiro de cela, olhando para o chunnin realmente nem um arranham mesmo a queda de Dérik ter sido maior, mas a mão direita da qual vou pressionada contra o chão realmente estava sangrando o sangue estava quente e o velho não avia sentido de momento mais logo sua mão começou a doer ainda mais, pois seus dedos aviam quebrado, o Kaguya realmente avia colocado todo o seu peso esmagando a mão do velho contra o chão e como a queda não é muito grande provavelmente ele deve der feito a armadura na decida aumentando o peso e velocidade para causar ainda mais dano. Olhando a dor do velho Dérik ignora ele então pega o prato de comida e se senta olhando o velho sofrer os osso cobião as feições do chunnin mais realmente ele estava sorrindo e se divertindo com a dor de seu companheiro de cela.

Isso é por me atrapalhar quando estou na metade do meu treino, hahaha!!”

Dérik fica comenda ainda com a armadura em seu corpo, três guardas vem paro local para ver o que avia acontecido, pelo que deu para ver nenhum deles era o que conversava com o velho das outras vezes.

[Guarda 1]- O que aconteceu?

[Tsutomu]- Ele me atacou, quebrou a minha mão.

Com isso Dérik olha para ele intrigado e depois para os guardar

-Eu esta..va para..do e ele ten..tou me dar um soco, mas co..m isso... – batendo de leve no peio de sua armadura – Ele aca..bou quebrando a pró..pria mão sozi..nho.

[Guarda 2]- Um Kaguya... – murmurou baixo
[Guarda 3]- Tsutomu, você gostou da solitária em... Gostaria de voltar para lá? - falando serio

Assim o primeiro guarda olha para os outros

[Guarda 1]- Não acho que seja necessário acho que os dois agora já devem ter se entendido.

Então olha para os dois prisioneiros novamente

[Guarda 1]- Não estou certo?

Dérik apenas faz um movimento com a cabeça como positiva já o velho vem a responder que sim, porem realmente estava sentindo a dor na mão, logo o guarda que fez o ultimo questionamento vai se afastando e volta a caminhar pelo corredor  mas antes já avisa para os outros dois.

[Guarda 1]- Cuidem da mão de Tsutomu... Fiquem de olhos nos dois se algo acontecer.

Assim os guardar falam para os dois prisioneiros ficarem sentado, assim que os dois se sentam, os dois guardar entram e cuidam da mão do velho, aparentemente foi algo rápido mais Tsutomu continua sentindo dor na mão, logo os guardas partem. 
Com esta confusão o recolhimento dos pratos de comida dos dois desta cela acabou sendo feita pelos dois guardas e assim Dérik sabia que não viria a receber seu pesos hoje.
O velho logo volta a se deitar para acalmar a dor, porem ele estava com um certo sorriso no rosto, Dérik após já ter feito a digestão voltava para o seu treino, tinha parado no 500 anteriormente mais como foi interrompido iria começar do zero novamente.

O Treino estava vez estava mais difícil o corpo estava realmente muito mais pesado  com isso o chunnin vem a desfazer a armadura para continuar o treino, sem sair da posição do treino, a cada flexão ele joga um pouco dos ossos para de baixo da sua cama deixando o lugar onde esta treinando livre novamente. Tal cena ainda fica remexendo a cabeça do chunnin, por qual motivo o velho veio a ir dormir contente após tais acontecimentos.
Logo ele pensa novamente, não existem muitos Kaguya em konoha e agora todos já sabem que existe um que veio a ser preso, sendo assim sua identidade seria fácil de mais ser revelado e numa prisão isso pode vir a ser um problema.

Quando chega a 1000 Dérik esta acabado de cansaço, seus braços já estão exaustos ele meio que se joga em sua cama mais ainda sim não teria acabado seu dia, então logo ele faz os selos Tori e Tora e assim começa a moldar os ossos de baixo de sua cama, ele vai concentrado para vir a criar alguns blocos, para então vir a fechar de baixo de sua cama, como já sabe que teria pessoas querendo lhe matar aquilo de fato viria a calhar futuramente. De quando em quando ele olha para d'baixo da cama para ver se esta fazendo o processo corretamente, de fato era algo simples mais sem olhar vinha a dificultar um pouco o processo. Porem isso ajudaria a ele em caso fazer coisas ainda melhores mesmo sem ver, só estar na distancia para efetuar o jutsu.

Depois de tudo pronto Dérik não esta só com o braço cansado mais a mente também já estava na hora de dormir um pouco e aproveitando que já esta em sua cama assim o fez.

Ninpou - Bushido Hone (Arte Ninja - Guerreiro de Osso):
 



Handling of the bone (Manoseio dos osso):
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Suzuki
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Qua Jun 19, 2013 12:12 am

Então, não creio que os guardas deixaria passar uma briga e nem sei porque deixariam um cara da sua pelicurosidade ao lado de outro que parece tão perigoso.

Sobre o treino volto a dizer tome cuidado, em sua linha final o unico cansaço que sentiu após varias flexoes uma luta e usar chakra era a mental, não que eu diga que seja impossivel, apenas dificil imaginar isso sem qualquer tipo de canseira.

há bastante erros ortograficos e de concordancia, palavras que ficaram fora do contexto e dentro outras coisas que mataria um treino tão legal quanto este, mas vou dessa vez deixar passar como um aviso para o proximo.

2 de força
1 de hab
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Sex Jun 21, 2013 2:01 pm

Lembranças, Realmente nem todas são boas


Dérik acorda desta vez a luzes já estão acessas, ele olha para o lado e o velho ainda continua deitado e dormindo, o Kaguya já sabia que que as pessoas já viram sobre sua kakei genkai e sabem o seu clã sua estadia estaria vindo a correr cada dia mais risco.
Pois ele sabe as consequências dos atos que tivera feito em sua passado e alem do mais existem pessoas aliadas a Nara Taisei que no momento é um fugitivo de Konoha, mesmo que Dérik não tenha informado isso na ultima missão da qual foi a vir encontrar seu pai adotivo um bom tempo já se passou e com isso provável que outras aparições ele tenha feito e com isso já tenha sido descoberto, mas de fato o Kaguya gostaria de saber o motivo pelo qual ele fez tudo aquilo.
Em meio a estes pensamento ainda deitado em sua cama o chunnin começa a se lembra de sua pequena viagem, as pessoas que conheceu como o velho ferreiro que lhe ajudou a melhorar sua forja e também veio a melhorar a Abara Bone deixando ela da forma que está hoje, nisso ele se lembra de um outro homem e de uma mulher que andavam juntos esta lembrança em si não vem a agradar muito o Kaguya, principalmente depois de lembrar a segunda vez que viu aqueles dois realmente veio a ser pior que a primeira vez, no entretanto ele curtir realmente o segundo encontro com eles e imagina quando seria a próxima vez que acabaria vendo aquele grupo.

Nisso ele decide para com as lembranças no momento e que estaria na hora de treinar, assim ele se senta na cama olha para o chão de sua sela e depois para a grade observando o corredor.

Muito bem e o que irei treinar hoje?”

Ele fica a refletir por um tempo e logo Tsutomu vem a acordar, são mão aparentava ainda estar um pouco enxada realmente de fato o guardas no dia anterior não tinham tratado corretamente o problema na mão, ele se levanta e desta vez diferente do outros dias não se apresenta com a face amaçada de sono, em vez disso ele estava serio com um olhar profundo e olhava em direção ao corredor.

[Tsutomu]- Me diga Kaguya o que tem contra Taisei?

O Chunnin realmente não esperava esta pergunta, mas ao ouvir o nome de seu pai adotivo sua face ficou ainda mais seria e em seguida olha em direção ao velho

-Em nenhum mo..mento disse que te..ria algo com..tra ele, pelo com..trario na ver..dade já fo..mos grandes ami..gos.

[Tsutomu]- Muito bem então, quero só ver quando ele chegar aqui.

Em seguida Tsutomu vai até a grade da cela ficando ali parado, Dérik estava completamente intrigado com a situação o velho quer mata-lo mais age como se tivesse tentando chama-lo para o “esquema” que tem junto ao guarda estranho, porem alem disso algo alegra a ele devido poder estar presta a vir reencontrar seu pai adotivo, por em quanto ninguém ainda sabe sua ligação com o antigo jounnin.
Quando estava voltando a se concentrar em sues pensamentos para ver o que e como estaria vindo a treinar neste dia chegou a refeição na cela, desta vez quem veio a entregar era um guarda não deu muito para ver qual era mais Tsutomu fala com outra língua com ele, com isso o chunnin deduz que seria o guarda que ele tem vindo a conversar os outros dias, assim quando ele se aproxima o velho já esta com as refeições em mão, porem um dos pratos esta muito mais volumoso, sendo este que ele vem a entregar para o Kaguya.

[Tsutomu]- Aproveite bem a sua refeição... hahaha!

Sem entender a risada final ele olha novamente para a grade e não tenha mais ninguém por lá, com isso ele pega a refeição entregue pelo velho realmente estava bem pesado, então o Kaguya leva até sua cama e assim se lembra que os pesos seriam entregues com a retirada dos pratos, mas como no dia anterior tiveram o imprevisto deduziu que estaria ali agora, então em vez de comer ele começa a mexer na comida com as mãos e no final realmente estava certo, dentro tinha 6 pequenas barras de pesos cada um de 10 kg, tudo dentro da comida, ele vem os remover de dentro da deu sua comida colocando-os no chão encostado na parede próximo a sua cama de forma que os ossos de baixo da mesma oculte a presença das barras, após isso ele olha para a comida e olha para as barras dos pesos.

É eu não vou comer hoje, terei de poupar energia hoje e amanhã para não ficar em falta”

O velho olha para ele, assim que termina de comer.

[Tsutomu]- Ei, não ira comer isso

Então o Kaguya vem a entregar o prato de comida, de fato ele acha meio nojento de mais comer aquilo, devido que os pesos estavam dentro da mesma.
Dérik agora tinha melhores condições para treinar o seu físico mais no momento precisaria economizar energia física.
Mas também ele nunca veio a agir corretamente como alguém normal e nem mesmo com muita logica, sendo de fato agindo de forma em seus limites correndo sempre risco de vida e isso lhe faz sentir-se sempre cada vez mais vivo então com isso logo vem a se decidir que viria a treinar mesmo seu corpo físico.
Assim o Chunnin ajeita as barras de peso e então coloca-as em suas costas, prendendo as mesmas com os ossos de seu corpo com o uso de sua Kekkei Genkai, então logo caminha até o centro na cela e ali se deita no chão, porem logo de começa ele coloca somente o braço direita no chão onde então começa a flexionar o corpo iniciando as flexões.

Então la vamos nos outra vez... Um, dois, três...”

Tsutomu já começa a observar o Kaguya treinando e faz uma cada de que não acredita que ele estaria usando aqueles pequenos pesos somente para isso, mas no final não vem a falar nada.
Não avia muito para se fazer e o velho começa a caminhar pela cela, como se tivesse rodeando o chunnin, de quando em quando ele vem a ir até a grade onde fica a observar o corredor e conversar com os prisioneiros das celas ao lado.
As conversa não eram muito relevantes eles falavam uns sobre os outros trocavam algumas informações, mas logo a conversa veio a chamar atenção do chunnin, eles falavam baixo mais com na prisão não tinha muito movimento no momento dava para escutar.

[Prisioneiro]- Então o rapas na cela com você é Kaguya Dérik?

[Tsutomu]- Sim, por que conhece ele?

[Prisioneiro]- Já ouvi falar, ele costuma caminhar pela vila como se foce um ceifador sempre todo de preto, com uma capa cumprida e uma foice de ossos nas costas

[Tsutomu]- Interessante e o que mais sabe sobre ele.

[Prisioneiro]- Não sei muito sobre ele, só que falaram que ele é louco.

[Tsutomu]- Ah, isso eu já percebi. Aproposito não se esqueça do que me prometeu.

[Prisioneiro]- Que isso Tsutomu, não teria como eu esquecer alem do mais isso vale a minha vida.

572, 573...O que será que estão tramando?... 574, 575...”

Logo o velho volta a ir para o lugar e Dérik continua com o seu treinamento, se mantendo da mesma forma até chegar em 1.000 onde então vem a trocar de braço no treinamento deixando então o braço direito em suas costas em quanto faz as flexões com o esquerdo, ele vem a sentir suas costas já começar a incomodar por causa do peso em cima da mesma, porem tinha de continuar a treinar e agora deixaria o braço direito descansando devido que com esta primeira parte ele veio a ficar até que bem dolorido, mas isso era as consequências de seu treinamento.
Depois de mais alguma horas um guarda estranho vem a aparecer de frente a cela, tinha uma idade mediana (uns 25 anos mais ou menos), não era muito auto mas tinha cabelos castanhos e uma mecha vermelha que vem a ficar na frente de seu olho esquerdo sua roupa era a padrão das dos guardas da prisão e ele estava usando uma luva vermelha.
Ao parar de frente a nossa cela ele vem a chamar Tsutomu, que rapidamente vai até ele, assim os dois começam a conversar numa língua diferente, realmente deveria ser o guarda que é amigo do velho pois realmente parecia ser a mesma linguá de antes da qual o Kaguya não consegue compreender nada.


Mais alguma horas se passaram o Kaguya já chegou a completar as 1000 flexões com o braço esquerdo, quando ele se levanta os dois que estão conversando percebem e assim o guarda visivelmente de despede e começa a caminhar, Tsutomu parecia preocupado ele caminha até sua cama onde ali já vem a se deitar, como Dérik não é muito de fazer com ele e no momento esta com os dois braços exatos vem a se sentar em sua cama, ali fica a observar o corredor sem deixar de prestar a atenção no velho de sua cela, que apensar disso vem a dormir deixando apenas o Kaguya acordado atento pelo lugar, de forma que ficou assim até que as luzes vieram a se apagar e assim ele se deita para dormir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Seg Jun 24, 2013 2:04 pm

 Mais um dia de prisão

Logo de manhã como de costume o Kaguya veio a despertar, porem desta vez ainda estava com muito sono para levantar e pensava em vir dormir novamente, alem de que ainda estava bem pouco iluminado o local e silencioso como se todos estivessem dormindo até que ouviu alguma coisa do outro lado de sua cela onde estaria Tsutomu dormindo, mas ao se virar tinha alguém de pé ao lado dele, assim Dérik levanta silenciosamente já fazendo o selo do Tigre para assim já estar criando sua armadura, pois como ele não poderia usar arma, assim poderia lutar no “mano a mano” com algumas vantagens no momento.
Assim que já esta de pé e da um para para se aproximar do homem de pé, percebe que o mesmo esta com uma Kunai Gigante segurando nas duas mãos e a levantando para cima pronto para infincar no corpo do velho companheiro de cela do chunnin. Mesmo não tendo nenhum motivo para ajudar o velho mais por sempre adorar um desafio ou loucura o chunnin vai para cima do homem misterioso, porem agora com sua armadura e um passo com uma força um pouco mair ao chão fez se o barulho, barulho suficiente para que então o homem misterioso percebe-se a vinda do Kaguya e rapidamente lançar um Genjutsu no mesmo.

Visão do Kaguya

O lugar vem a ficar ainda mais escuro e em seguida uma luz aparecesse de longe vinda em sua direção, logo ele esta em seu campo de treino e ouve uma voz feminina e ao olhar para o lado vê Yume sorrindo e vindo em sua direção  com isso o Kaguya abre um sorriso a um tempo não via a sua esposa e estava realmente contente em revela novamente porem quando ela esta chegando nos braços do chunnin vem a desaparecer como fumaça, sem entender ele tenta abaixar a fumaça e então agora percebe-se que está em sua casa na porta do quarto de seu filho, um liquido vermelho bem escuro (quase vinho) vem a estar escorrendo de baixo da porta ao olhar isso o Kaguya fica desesperado e abre a porta onde lá vê seu filho todo esfaqueado no peito na cama e sua esposa esfaqueada pelas costas no chão próximo a porta.
Ao ver esta cena o Chunnin cai de joelhos abismado com o que via, tudo aquilo era muito real até o momento a sua visão até que de repente ele olha pela janela vendo a noite e a lua. Com isso ele se lembra que esta na prisão e não poderia estar ali no momento, então de fato tudo aquilo era uma mentira.

Kuso, kuso, Kuso.... eu cai novamente em um genjutsu onde matão Yume... eu não aceito mais isso”

Dérik então fecha os olhos para concentra-se em seu chakra e a circulação do mesmo, mas então sente como se alguém lhe acertasse um soco na barriga, realmente entende como se fosse algo tentando impedir sua concentração então assim ele tenta vir a ignorar a dor e continua a se concentrar. Com isso os golpes começa a ser repetitivos e cada vez mais fortes, porem ele se mantem ali firme e então vem a tentar usar o Genjutsu no Kai, porem de momento nada vem a acontecer no genjutsu ele ainda estava e sempre que abria o olho via sua família morrendo de forma diferente.
Ele assim se mantem mais com o olho fechado e tenta esvaziar a mente ficando apenas com o foco de seu chakra e a circulação do mesmo de forma para vir a estabiliza-lo para conseguir neutralizar o genjutsu que o prende.

Despertar do Genjutsu

Logo o Kaguya concentrado continua tentando usar o Genjutsu no Kai se mantendo o tempo dodo com o olho fechado, com isso ele acaba recebendo outro golpe na barriga desta vez ele sente que bateu em sua armadura de osso e o que lhe atingira era pontiagudo, com isso ele abre o olho ele vê que esta deitado em sua cama e o homem que estava de costas antes, ele é de tamanho mediano e cabelo castanho com uma mecha vermelha no mesmo, era o guarda que conversava com o Tsutomu, logo ele segura as mão do guarda evitando que o mesmo continua a tentar lhe perfurar  sendo que realmente ele já tinha acabado com praticamente toda a armadura do peito do Kaguya, a “briga” ali estava até que bem equilibrada, possivelmente os dias que passou malhando estavam dando resultados ao chunnin.

Por que atacou o velho e por que agora esta tentando me matar?? Tá não sou um dos mais bonzinhos  mais eaw, estamos numa prisão não devo ser o pior criminoso”

Logo as luzes vem a acender ao perceber isso o guarda para com a queda de braço e se afasta e em seguida já se pronuncia para lançar outro jutsu.

[Guarda Asassino]-Fukai Suimin no jutsu.

Pelo conhecimento do chunnin ele sabia era outro gennin jutsu, mas devido a sua falta de estudo realmente sobre o fato não sabia exatamente nada do que o jutsu faria, mais sabia que tinha um meio de sair e então tenta já usar o Kai novamente, porem é em vão o Kaguya acaba caindo no sono completamente não conseguindo se defender do genjutsu lançado.

Horas depois novamente o chunnin vem a despertar ao ouvir alguém falando - Kai! - em quanto vem a estar com a mão em sua testa, sua armadura no momento já estava toda desfeita, uma certa fraqueza no compor ele estava sentindo, ao olhar ao seu redor tinha três guardas ele olha entre ele para ver se o que tentara lhe atacar estaria ali, porem realmente não estava e em seguida ele olha para o lado vendo que Tsutomu estava morto, logo ouve o guarda falando.

[Guarda 1]- Então o que aconteceu?

Dérik realmente ainda estava abalado, pelos fato de ter acabado de passar por dois genjutsu seguidos

- Um gua..rda.... Um guarda ata..cou... Mecha ver..melha no ca..belo.

[Guarda 2]- Realmente eu não entendo o que ele esta falando. -fala olhando para os outros.

[Guarda 1]- Ele diz que um guarda veio atacar ele e o outro, parece que quem atacou tinha uma mecha vermelha no cabelo.

[Guarda 3]- Será que foi o Taikun? Não. Ele teve de sair em missão e ainda não retornou.

Dérik se mantem olhado para os guardas, meio que sem entender muito a situação.

[Guarda 1]- Tem certeza que quem lhe atacou tinha uma mecha vermelha no cabelo!? -olhando para o Kaguya com o olhar serio e um tom de voz com até que tranquilo mas realmente firme.
Sem ainda muitas condições e ainda estando a despertar realmente o chunnin responde epenas com um movimento com a cabeça dando um sinal positivo

[Guarda 1]- Peguem Tsutomu e deixe o Kaguya ai, temos que reportar esta informação.

[Guarda 2]- Mais o que ouve?

[Guarda1]- Taikun morreu em sua missão, por isso não veio a retornar. - Ele olha rápido para os dois – Avisem os outros eu irei passar a informação aos superiores.

Os outros dois guardas escutam ele, logo o "guarda 2" pega o corpo de Tsutomu e parte para um lado e o "guarda 3" para o outro, logo que partem sendo o “guarda 1” o ultimo assim ele vem a sair da cela trancando-a em seguida, ele olha para o Kaguya e logo parte em um shushin no jutsu. Dérik por sua vez se sente ainda fraco resolve se manter ali deitado descansando um pouco mais e realmente só viria a treinar depois.

Realmente tive sorte mais uma vez... Mas isso tudo até foi bom, pois pude ver Reinder e Yume novamente, só que não deixarei nada acontecer com eles de verdade.”

Dérik vem a acabar dormindo mas desta vez por escolha, após algumas horas ele acorda novamente com a chegada da refeição, o que entrega a comida estranha o Kaguya sozinho, mas não comenta nada. Assim o Kaguya começar a comer ele agora já vem a se sentir bem melhor com isso já começa a planejar o seu treinamento do dia.
Assim que termina de comer ele coloca o preto perto da grade e em seguida vai até a cama onde ficava o velho e poem a mão no sangue.

A morte é uma passagem... Não foi meu amigo, mas sinto pena por não ter morrido com honra. Honra de poder morrer lutando isso sim seria uma boa morte. Mas agora que partir lhe agradece pelos pesos e o espaço maior da cela que me destes para treinar.”

Então com um certo sorriso no rosto ele caminha até de baixo de sua cama pegar os pesos e os coloca
três barras no seu peito que são presa pelos seus ossos usando sua kakkei genkai e os outros três em suas costas, prendendo da mesma forma da qual mesmo com um movimento rápido não sairiam do lugar e não cairiam aumentando assim o peso do chunnin. Em seguida ele vai até o centro da cela onde vem a plantar uma bananeira e assim começa a flexionar os braços iniciando assim suas flexões.
Não tinha muito agora para o que ele prestar atenção alem do outro lado da grade, mas o movimento do corredor era sempre pequeno então ele vem a ficar muito mais focado desta vez em seu treino.
Depois de mais um tempo treinando chegando em torno de trezentas e cinquenta flexões da quela forma o Kaguya resolve começar a dificultar, assim ele começa a andar pela cela, andando sempre próximo a parede de forma que assim desviaria de tudo menos das camas onde usaria um certo impulso onde assim seguiria por cima delas com seu exercício.
A primeira volta vem a ser até que tranquila de fato parecia bem fácil  mais chegando já em torno da volta 100 o braço começa a doer, sendo de fato sentindo do exercício dês do inicio, mas ainda sim o Kaguya não para, pois tinha que chegar até a volta de numero 500.

Vamos lá... qualé tá tão fraco assim... Força nestes braços...”


Quando Dérik chega a completar realmente a volta de numero quinhentos seus braços estão exatos e realmente muito doloridos e com isso ele não tinha condições de descer com cuidado para desfazer a bananeira então ele acaba se jogando de costa no meio da cela, nisso ele acaba sentindo também dor nas costas, principalmente devido que tinha esquecido que tinha três barras de pesos na mesma, ele se vira de lado sentindo a dor sem demonstra a mesma, tentando se segurar. Logo os ossos voltam para dentro soltando os pesos tanto das costas quanto do peito, ele sem muita condição simplesmente empurra os pesos novamente para de baixo da cama e após isso começa a meio que se rastejar para cima da mesma, onde ali fica.






Jutsus usados:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Qua Jun 26, 2013 8:55 am

Reencontro

Diferente dos últimos dias, desta vez ao Kaguya vir a despertar as luzes já estavam acessas, como de fato ele não sabe o horário eles podem tem acendido no horário  tarde ou até mesmo cedo, mas isso para ele no momento seria indiferente em quanto estivesse dentro da prisão.
Já avia movimento na prisão de prisioneiros conversando entre-si, assim o Chunnin se levanta olha sua cela e então caminha até a grade para observar um pouco o corredor e as celas a frente, não dava para ver muito de onde estava somete três celas do outro lado do corredor onde a de sua frente é um pouco maior devido ser para três prisioneiros ao mesmo tempo, já as outros duas somente para dois aparentemente. Estava tudo bem pacato e nada tinha para se fazer no momento a única coisa que vinha na mente era treinar para o dia que sair estar ainda em forma para seguir os planos, até que então foi possível ver um guarda correndo realmente em disparada, vindo da esquerda para a direita, pela lembrança do Kaguya realmente ele estava vindo da entrada/saída do lugar e indo para o interior da prisão.

“Mas o que sera que está acontecendo? É melhor não me envolver, pois preciso é sair da qui logo e pelo que foi dito estou aqui para aprender a seguir regras, pois provável que não conseguiram nada em minha mente. Então iremos apenas seguir regras”

Assim que termina seu raciocínio já vê logo mais dois guardar indo na mesma direção do primeiro e em seguida uma pequena gritaria na quela direção, não dava para entender o que estavam gritando provavelmente estava muito distante.
A curiosidade do shinobi era cada vez maior e ele assim fica na canto de parede da grede encostado na parede olhando o máximo que podia da quela direção, mais ainda nada podia se ver até que então ficou um silencio total na quela direção, os prisioneiros deste lado começavam a cochichar entre-si mas para o Kaguya sua ideia é que ainda não teria acabado e de fato ele estava certo, após alguns segundos o silencio veio a ser quebrado podendo-se ouvir passos vindo daquela direção e algo sendo arrastado, porem de uma única pessoa o que fez os cochichos onde todos pararam para ver quem estava vindo.
Logo começou a ser possível ver a pessoa, um homem de mais ou menos 1,86 pesando 70kg cabelos negros com um rabo de cavalo não muito cumprido para traz, com uma shurikem gigante presa a suas costas e dois pergaminhos de tamanho pequeno preso cada um de um lado de sua cintura, a roupa esta toda branca com uma linha vermelha na vertical pegando toda a camisa, o porta kunai estava do lado esquerdo demonstrando que a pessoa era canhota, com tudo isso o Kaguya já sabia quem era e de fato não acreditava em sua presença na quele momento.

-Ta... Ta ... Taisei!?

Dérik estava firme segurando a grade, mas se de fato seu pai adotivo viesse lutar contra ele não teria como fugir de seu jutsus da sombras devido o local onde estão, era possível ver os outros prisioneiros indo para o fundo da cela, mas Dérik permanece no lugara e continua a observar seu “pai” caminhando no corredor indo em direção onde seria a saída da mesma sendo que por onde passaria na frente da seja do Kaguya.
Taisei esta arrastando um dos guardas da prisão segurando-o pela perna esquerda dele, ele vem caminhando com serio no momento e a cada sela que passa vira o rosto em direção a mesma olhando os que lá estão.
Assim o antigo jounnin para duas celas antes de chegar no Kaguya sendo do mesmo lado que ele está, com está situação o chunnin vem a perder a visão do que seu pai adotivo estaria fazendo, silencio no lugar e então o único som a ser apresentado é de algo sendo jogado e algum vidro sendo quebrado, alguns minutos depois Taisei volta a aparecer agora não estava mais arrastando o guarda, provavelmente teria deixado o mesmo dentro da cela e logo voltou a caminhar seguindo o mesmo caminho, porem agora não estava mais olhando em direção as outras celas.
Assim observando seu pai caminhando e ele quase passa sem ver Dérik quando já estava quase passando ele para e olha para o lado, ele da um certo sorriso em velo e em seguida volta a ficar com uma expressão seria.

[Taisei]- O que esta fazendo aqui?

- A quan..to tempo Taisei? Esta..va mesmo que..rendo reve-lo.

[Taisei]- Você ainda não respondeu minha pergunta.

Dérik estica a mão como se fosse cumprimentar seu pai, mais de fato com isso também poderia usar de sua técnica Tenshi Sendan, mas no final ele não consegue levantar o braço o suficiente e ao olhar para o chão a sombra do Nara já avia lhe pego.

[Taisei]- Dérik responde minha pergunta. O que esta fazendo a qui!?

-Fui pre..so... Mais é tem..porario logo já es..tarei saindo. - Falando sem conseguir se mexer no momento.

[Taisei]- Depois de tudo que lhe ensinei. - Ele olha para baixa e em seguida olha par ao Kaguya novamente -E o que fez para ser preso?

-Hahaha... Agi de forma incom..preenciva nova..mente, parece que nin..guém conse..gue me enten..der! Hahaha. Mas me diga “PAI”, por que vo..cê está aqui?

Taisei olha seria para o Kaguya que estava como o seu sorriso psicopata e louco e então pega uma kunai.

[Taisei]- Você ainda não está pronto para saber. Na próxima vez quem sabe.

Em seguida ele arremessa a kunai em direção a barriga do Kaguya, que de momento nada poderia fazer e em sua mente pensava realmente seria morto por seu pai adotivo.

“Não, hoje não!!”

Ao acertar o Kaguya o mesmo começa a ficar todo branco e em seguida virando uma pilha de ossos desaparecendo do lugar, Taisei apenas da um sorriso.

[Taisei]- Vejo que ser preso não o enfraqueceu, então até a próxima Dérik. Espero lhe ver ainda mais forte e então iremos finalmente terminar esta luta.

Ele pega os dois pergaminhos de sua cintura, logo ele abre e coloca a mão no centro de um deles, onde começa subir uma grande fumaça cinza, em seguida pode-se ouvir os reforços dos guarda chegando, correndo em velocidade.

[Guardas]-Corram, não deixem ele escapar.

Ao passarem pela fumaça começão a tossir e com isso vem a desmaiar, logo a fumaça começa a decepar e dava para ver que os guardas só acabaram ficando inconscientes.
Dérik então sai de baixo da cama onde lá estavam os ossos anteriormente dos quais usou para trocar de lugar, ele da um sorriso em quanto se levanta.

“Ná próxima Taisei, serei eu que irei lhe deixar ao chão... Por causa diss não posso parar de treinar”

Hora do treino

Dérik observa os guardas e os presos que ficaram assistido acabara desmaiado, mais o que ele faria nesta situação, se nada fisese poderia ser considerado culpado por algum outro que chega e isso traria mais problemas para o chunin.
Então ele pega alguns ossos que aviam ficado no chão após sua técnica  somente os pequenos e com isso arremessa em direção ao guarda mais próximo tentando chamar atenção do mesmo, para assim vir a despertar ele.

-Ei! Acorde! ACOR..DA DORMI..NHOCO!

Em meio a isso ele acaba erando um dos ossos e acertando o guarda do lado deste que então vem a despertar tossindo, mais ainda sim para o chunnin já era um alivio.

-Es..tá bem?

[Guarda]- Acho que sim. Para onde ele foi? Quem era ele?

Dérik ficou quieto sem responder, logo o guarda levanta completamente e começa a ajudar os outros, porem ao contrario do que o Kaguya pensava o guarda não esqueceu e logo em seguida foi até a grade dele para questionar novamente.

[Guarda]- Você o conhece, então quem era ele? Por que esta ajudando ele?

Dérik parado no centro da cela olha para o guarda com um olhar frio e sua expressão seria.

-Se eu fos..se alia..do dele acha mês..mo que eu ainda es..taria a..qui?

O guarde se aproxima mais da grade para retrucar a forma que o ninja veio a lhe responder sendo que para ele foi um completo desaforo, mas antes que o fisese ouve um grito de outro guarda.

[Guarda 1]- Temos fugitivos! Encontre, dois estão desaparecidos.

“Como assim só ele estava aqui, por onde fugiram?”

Dérik fica pensando e o guarda que iria vir brigar com ele acaba saindo indo ajudar os outros a procurarem. Com isso o chunnin resolve começar seu exercício em quanto vem a pensar.
Assim o Kaguya se deixa de costa para o chão e começa a fazer algumas abdominais, com isso em meio ao movimento de seu corpo ele olha e encontra a kunai que Taisei veio a arremessar em sua direção , porem ele não vem a mexer nela por em quanto devido que o local onde esta não estaria muito visível a que estaria fora da cela, sendo praticamente de baixo de sua cama junto a alguns osso a escondendo, ele não queria demonstrar que acabou virando um dos alvos diretos do “intruso”, então continua no momento seu treino.
Assim o chunnin fica por alguma horas, chegando próximo a abdominal de numero 500, o movimento da prisão já volta ao seu estado pacato e normal, Realmente a ausência de Tsutomu vem a fazer o Kaguya pensar ainda mais em sua família. Logo que completa as 500 abdominais ele para e junta os ossos e pega a kunai deixando a mesma guardada com ele e em seguida vem a se deitar para passar logo este dia.

Ninpou - Bone Kawarimi no Jutsu:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Suzuki
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Qua Jun 26, 2013 12:03 pm

Vamos la

1 treino tinha tudo para dar certo se não fosse 6 pesos de 10 kilos õ.õ na comida = 60 kilos na comida os guardas com certeza veriam isso, lembre-se eles são especialistas em manter outros ninjas presos, mas tirando isso eu gostei de seus treinos.

2 de força


2º treino

Se não fosse pelos pesos seria melhor ainda, mas ja descotei no treino anterior, não acho justo descontar duas vezes sem contar que treinou o kai (quero ler mais *-*)

2 habilidade

1 controle de chakra

5% de Kai

(não darei força pois achei que seu treino foi mais Hab e CC)

Tome cuidado com esses pequenos erros ortograficos acabam atrapalhando uma leitura,  e principalmente a repetencia das palavras

3 treino

Merda Taisei um dia até eu quero te encontrar *-* (cuidado tecnicas de substituição devem ser ja pensada pelo shinobi, pois em suma é uma tecnica para surpreender o inimigo por isso é pouco eficaz quand se é surpreendido)

3 de força

1 de hab
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Qui Jun 27, 2013 3:12 pm

Reencontro

Mas um dia o Kaguya vem a abrir os olhos e se vê ainda dentro da prisão, como Tsutomu avia lhe dito no inicio de sua estadia tudo começa a ficar intediante de mais, porem ele não poderia descistir nem parar, pois logo estaria saindo de lá e ainda muitas missões e confrontos teria pela frente, sem contar que também teria de estar vindo a ir de um futuro reencontro novamente com seu pai adotivo para vir a esclarecer tudo de uma vez.
Assim ele se levanta calmamente e olha para olugar, neste momento estava começando a acenderem as luzes um guarda estava andando no corredor como uma ronda rotineira, alguns prisioneiros estavam já conversando entre si e alguns até chamam o guarda que os ignora seguindo o caminho.
Parecia que ralmente este dia nada de emocionante viria a lhe acontecer estava com uma aparencia de mais um dia pacato na prisão.

“Que tedio, saudade de minha família e as loucuras do mundo lá fora. Como será que anda as confuções de lá?”

Dérik olha para a cela e imagina o que e como estaria vindo a fazer neste dia, pensa nos objetos que teria em sua cela no momento, uma kunai e 6 barras de pesos, mais aida continua a imaginar como poderia usar tudo que estava no local.
Com isso ele coloca a mão sobre o queicho pensando e ali sente a cicatris que passa por praticamente todo o seu pescoço, nisso vem em sua mente o Exame Chunnin no qual ele veio a se gratificar, passando de gennin para chunnin. Em sua mente passa praticamente dodos os detalhe e as loucura que fez no exame, ele começa a rir silenciosamente lembrando que como sempre tudas as missões que faz corre risco de vida e coloca a equipe também em risco e ainda sim ele sempre vem a cumprir as missões.

“Realmente eu devo ter muita sorte ou então meus inimigos e desafios que eram muito faceis... HAHAHAHAHAHA!!!... Mas para Derrotar Taisei teria de mudar isso, mas responsavel nas missões e batralhas eu seirei e com isso mais próximo do meu objetivo irei chegar!”

Dérik volta a ficar serio, sua visão era firma, mas para quem o olhava ele esta olhando serio para o nada, porem realmente ele estava olhando para o futuro que desejava e que sua determinação iria com mais confiança ainda alcançar seus ideais.

Treino ou Criação

Assim o Kaguya volta e caminha sua cama onde ali pega os ossos colocando-os para frente e esconde a kunai atraz dos pessos, que estão mais próximos do fundo da cela e ainda de baixo da cama.
Em seguida ele se senta na “cama” de frente para os ossos então logo o Kaguya começa a concentrar seu chakrae em seguida consentra-se em meio as ossos que a sua frente estão. Assim ele faz o selo da cobra com as mãos e com isso junto a sua concentração ele começa a usar de seu jutsu hone no Ta-daishou e logo os ossos que no chão estavam começão a aumentar de tamanho alguns mutiplicado e outros triplicando, não eram muito grandes então o volume finão não seria lá muita grande coisa, de fato seria mais para dar ideia e continuidade com o passo seguinte que com os selos do passaro e trigre ele então usa handling of the bone fazendo então os ossos começarem a moudar conforma o desejo do Kaguya, ele começa a moudar algumas miniaturas de bonecos, sua ideia era criar algumas miniaturas da família e amigos.
Ele assim começa pela miniatura de Yume, o Kaguya fica focado para fazer cada detalha, cada esprição da miniatura de sua esposa sorrindo. Apesar dos detalhes ele não vem a demorar muito para terminar a bonequinha de sua amada, tendo 12 centimetros de autura. Ele pega em mãos ainda concrerado no jutsu para observar melhor e dar os toques finais nas feioções faciais, nos olhos e alguns detalhas nas roupa.
Após terminar a primeira miniatura ele já começa a focar o jutsu em mais outros ossos, deixando o de Yume separado já em cima da cama.
Ao ver o que o Kaguya estava fazendo o prisioneiro da cela da frente grita para o mesmo em um tom sarcastico.

[Prisioneiro]- Por que não faz uma chave, seria mais ultil. HAHAHA!

Dérik olha serio em direção a ele e apota dois dedos na horisotal em direção ao mesmo em seguida ele  abre um pequeno espaço entre os dois desdos onde em seguida dispara a falange de seus dedos. Os tiros quase pegão o prosioneiro realmente a abertura que o Kaguya fez foi perfeita para passar a 2 milimetros de distancia do rosto do outro pricioneiro e com osso os ossos ficão presos na parede atraz dele.

-É me..lhor não me inco..modar nova..mente ou na pró..xima...

O Prisioneiro fica sem palavras no momento e com isso o Kaguya volta a se concentrar em seu jutsu anterior handling of the bone, nisso o próximo que ele viria a fazer seria seu filho Reidner e assim começa, este de fato ele faria menor do que o primeiro então mais atenção ainda e cuidado teria, mas o pricioneiro que veio antes a lhe incomodar não pararia por uma pequena intimidaçao, principalmente depois de ouvir o modo falho de comunicação do Kaguya.

[Prisioneiro]- Acha mesmo que pode me ameaçar com pedras, você nem sabe quem esta aqui presão não é mesmo Dérik...?

No monto que ele vem a pronunciar o nume do Kaguya o mesmo para imediatamente de fazer o boneco de seu filho e se levanta e vai até a grade da cela.

[Prisioneiro]- Ah, então é este mesmo seu nome. O nome que Taisei mencionou ao parar de frente pra você. Já ouvi falar de você Kaguya... muitos aqui já ouviram sobre o Ceifador de Konoha!

-É me..lhor para se não e..eu vou ai e te ma..to!

[Prisioneiro]- HAHAHA! Não consegue nem falar direito, como acha que viria a chegar até aqui? Aposto que nem sequer cometu um crime esta aqui indignado por ter cido acuzado por algo que não fez. Pois se tivese mesmo estito assasino como os outros por aqui, teria me matado antes.

Assim que escuta tudo que o outro pricioneiro tem a falar o Chunnin começa a rir, rir de forma ironica e com um olhar completamente malicioso.

- A mor..te é algo a ser adimi..rado, matar-lhe se..ria desne..cissario. Se..ria facil de mais es..tando aqui den..tro. Tenho um pro..posito ma..ior.

[Prisioneiro]- Vejo que sabe falar mais des que chegou aqui não vi agir uma única vez

“Kuso, acalme-se Dérik ignore a ralé, você tem inimigos mais importantes para se preoculpar.”

[Prisioneiro]- HAHA... o garotinho já ficou sem palavras... HAHA

Logo um guarda começa a passar e ouve o que estava acontecendo.

[Guarda]- Calem a boa! Já estou com dor de cabeça aqui.!

Dérik não pode ver o mesmo devido dando para ver apenas a sombra dele, mas de fato aquilo viera a ser a seu favor, pois em fim o pricioneiro da cela a frente vem a se calar, quando o Kaguya então se senta p ara começar a voltar a sua criação a refeição vem a chegar. Ele aproveita para descansar a mente e o corpo sobre o consumo de chakra e assim comer a refeição do dia.
O Kaguya assim que termina coloca o “prato” próximo a grade para ser retirado e logo volta a fazer os selos e voltar a trabalhar no que estava fazendo usando o  handling of the bone.
Depois de mais uma hora o bonequinho de seu filho esta praticamente pronto e assim ele o pega em mãos para assim vir a terminar os detalhes, realmente o trabalho deste veira a ser mais dificil devido a porporção sendo que desta vez fez de 5 centimetros. Neste momento ele sentia o cansaso dovido a consumo de chakra mais queria fazer apenas mais um, porem decide vir a terminar no próximo dia.
Assim ele junta os osso que sobrara e empurra novamente para debaixo da cama, já os dois prontos de Yume e Reidner ele deixa ao seu lado para deitar e ficar a observar sua família.


Jutsus:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Suzuki
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Qui Jun 27, 2013 3:34 pm

Um aviso, tome cuidado com os erros ortograficos eles dificultam e muito o entendimento do texto (da proxima vez peço uma estatua de osso para o Midori tenho certeza que ele iria gostar do presente.)

Descrição

Em suma gostei do treino, algo inovador e criativo continue assim (mas tente melhorar os erros pois esta ficando dificil)

2 de hab

2 de Controle de Chakra
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Ter Jul 02, 2013 3:19 pm

Reencontro

Logo cedo ou não o Kaguya vem a despertar realmente não dava para saber sobre o tempo dentro daquele lugar estava ficando perdido até quantos dias se passaram e com isso resolve fazer um risco na parede para cada dia que passou, pelo menos para cada dia que ele acredita ter vindo a passar.
No momento as luzes ainda estavam apagadas, mas ainda era possível ouvir os prisioneiros então não dava para saber se estava iniciando o dia ou acabando um, sem ter noticias de fora no momento o ele olha para o lado e vê as duas miniaturas de sua família o que vem lhe acalmar e tranquiliza-lo no momento. Aquilo enche a esperança de poder seguir os sonhos poder seguir em frente após a sua saída da prisão, mas ainda sabia que teria mais alguns dias pela frente.
Assim o Kaguya se levanta  e começa a andar pela cela, em sua mente começa a passar mais algumas lembranças de seu passado, parecia que ir para a prisão fez com que ele pudesse reviver e rever cada instante cada momento de sua vida, pois estava lembrando de tudo que já fez e por onde já passou. Nisso ele se lembra quando chegou a virar gennin e viria a iniciar em um time, realmente um momento difícil pois os times já estavam completos até que então avia surgido seu sensei e amigo Akasuna Hayate, nisso ele avia ficado muito feliz por estar conseguindo se encaixar de fato dentro de konoha, nisso seu time era formado de Dan (o estranho), Kaguya Kagayo, ele e o sensei Akasuna no Hayate, mas aos poucos os membros foram a ir se afastando, não se soube exatamente o motivo mas no final o time veio a ficar somente Dérik e Hayate.
Muitas coisas vieram a ocorre e nisso o Kaguya se lembra dos momento em que sua mente começa a ao ódio pelo mundo sucumbir e nisso ele veio a conhecer Yume sua amada o que impediu que ele enlouquecer-se de vez, porem seus momentos de abandono não terminavam, Hayate vinha a fugir da vila sem sequer dizer-lhe um motivo, ele precisava descobrir então armou uma viagem secreta onde uma Koori veio lhe acompanhar. Muitas coisas ocorreram porem nisso o Kaguya acabou voltando para konoha sem ter respostas de seu sensei e nisso também vem a perder seu pai adotivo do qual vei a desaparecer.
Ao lembrar de tudo isso o Kaguya chega a dar um soco na parede com raiva.

“Todos partem, todos... Somente Yume me entende... eu sei que ela nunca partiria.”

Logo o chunnin começou a se acalmar e mais algumas lembranças começaram, Hayate voltando a Konoha e o time Gaikoku no Ha (Equipa de Hayate) se forma mais uma vez, Sendo agora formado pelo Kaguya Dérik, Aburame Harumi(NPC no momento), Otton Touya (que no momento ainda não o conheceu) e Akasuna no Hayate (NPC no momento). Mas ainda sim para ele não seria a mesma coisa tudo já estava diferente uma visão diferente do mundo para o Kaguya. Assim ele logo para e vem a respirar e olhar em volta ao ver sobre seu estado atual.

“Agora não importa mais o passado, vou seguir em frente. Em quanto eu tiver minha Yume e Reidner tudo estará bem.”

Nisso o Kaguya caminha até a grade a observa o corredor até que as luzes se acendão.

Continuando o Trabalho

Depois de um tempo observando as luzes logo veem a serem acendidas e em seguida o Chunnin caminho em direção a sua cama onde pega os ossos novamente debaixo da mesma e em seguida ele se senta ao chão mesmo onde vem a ficar de frente para grade e assim em quanto trabalha pode observar o corredor.
Após já estar sentado começa a se concentra em seu chakra para então iniciar a utilizar de seu jutsu de manoseio dos osso, para continuar o seu trabalho, ele pega um dos ossos e logo começa a moldar o mesmo o dando uma forma humanoide e este vem a ter um tamanho de 14 centímetros, pois ele estaria fazendo Nara Taisei neste momento, vendo e lembrando de sua mente logo ele começa a fazer os detalhes do boneco de seu pai adotivo, ele vem a fazer cada detalhe parte por parte, até mesmos a arma em suas costas ele vem a fazer para ficar ao máximo idêntica com a realidade (tirando o fato que esta tudo branco, pois não ah como ele pintar no momento), seguindo então após uma hora moldando já esta quase pronto então com isso ele para e aproxima de si um pouco mais para então fazer os detalhes finais, como dedos, expressão facial (expressão deste estará serio), entre outros pequenos detalhes.
Em pouco tempo ele já vem a terminar os detalhes finais, porem estes por ser maior e mais detalhado veio a realmente consumir um pouco mais de Dérik do que os do dia anterior, ainda sim seu trabalho do dia ainda não estaria terminado ainda tinha muito mais para fazer entretanto neste momento ele começa a perceber um certo silencio no local.

“Silencio de mais nunca é bom... algo deve estar acontecendo”

Olhando para o outro lado do corredor os dois prisioneiros da cela a frente estavam na grade olhando para alguma outra coisa no corredor, realmente no momento o silencio e o estado dos outros dois fazem a curiosidade o Kaguya aumentar para querer descobrir o que estaria para vir a ocorrer, mas também gostaria de terminar o seu trabalho.
Então antes que se decidisse logo começaram a poder se ouvir passos, realmente seria apenas uma única pessoa, mas quem poderia ser que silenciaria o presido assim, logo os passos foram se aproximando cada vez mais até que então era possível já ver a pessoa, porem o Kaguya reparou logo de começo no cabelo.

“Só pode ser brincadeira... Eu corro mais risco estando aqui quieto do que em uma missão dando uma de suicida?”

Tamanho mediano e cabelo castanho com uma mecha vermelha no mesmo, era novamente o guarda que veio a matar Tsutomu e depois tentou matar o Kaguya, ele estava segurando a kunai gigante na mão esquerda no momento.

- O que q..quer aq..i?

[Assassino]- Está na hora de terminar o que comecei

Dérik olha firme para ele e logo percebe que o mesmo começa a fazer alguns selos, sem saber o que ele viria a fazer logo já também prepara sua defesa já fazendo seus jutsus, mas o outro veio a ser mais rápido lançando assim o chunnin em uma escuridão profunda, mal era possível ver 5 centímetros a frente e tudo isso alem de um silencio completo.

“Kuso, que loucura... Mas isso só pode ser um genjutsu.”

O Kaguya estava vindo a tomar esta ideia baseando-se em seu ultimo confronto, mas não sabia se estava certo ou não, porem realmente não poderia ficar parado sem se defender.
Aproveitando de que já estava se concentrando no chakra e começa a vir tentar estabilizar a circulação do mesmo, realmente ainda pra ele não era uma tarefa fácil mas possivelmente estaria sendo uma ação de vida ou morte, ele desta vez se mantém de olhos abertos em quanto vem a fazer tudo, sua concentração era no corpo inteiro para assim estabilizar e assim usar o Genjutsu no Kai.
Logo ele começa a ver uma luz e nisso ele acredita esta funcionando o jutsu, porem quando a luz cobre tudo esta esta em um campo de grama rasteira e de poucas arvores por perto.

“kuso, mas onde eu estou agora... não, eu ainda estou na prisão. ACORDA DÉRIK!!”

Novamente o chunnin vem a se concentrar na corrente de seu chakra para vir a fazer a mesma se estabilizar e assim anular o jutsu lançado em sua mente. Logo com isso ele vem a despertar e vê o inimigo avia acabado de conseguir abrir a grade da cela, mas ainda não percebera que tinha saído do genjutsu, isso poderia ser uma vantagem se assim usado com sabedoria. (traduzindo Dérik vai fazer besteira kkkkkk)
O Kaguya fica ali parado no momento fingindo estar ainda no transe do jutsu, como não sabia exatamente como estava antes, simplesmente ficou parado da mesma forma que estava antes e com o olhar profundo olhando para o nada, mas na verdade ficou apenas na espera de que o outro homem se aproxima-se e com isso e um movimento rápido e com velocidade tenta vir a acertar uma especie de tapa na barrica de seu oponente, mas usando sua kakkei genkai para estar tirando um osso de sua palma como se fosse uma adaga (tipo a arma do jogo Assassin's Creed, porem ao em vez de sair na parte do pulso sai da palma da mão), porem sua tentativa vem a falar com o homem desviando para o lado e virando o corpo, mas para o chunnin não teria a cabo o seu ataque e como agora sua mão estava com os dedos apontados para o homem não teria escapatória e com isso logo as falanges dos 5 dedos são disparados. O homem chega por as duas mãos na frente como reflexo, mas nisso ainda só vem a defender o corpo dos três dedos centrais da mão do kaguya (indicados, anelar e o dedo do meio), já o disparo do mindinho acaba pegando a perna esquerda dele e do polegar acarta o ombro esquerdo, nisso já era possível ver o sangue escorrendo dele, mas então do nada ele começa a rir e ao olhar direito para ele o kaguya percebe que ele esta com 3 papeis em seu peito e ele reconhecia muito bem, eram kibaku fuudas, realmente o homem veio ali simplesmente para matar Dérik.

“Kuso...”

Dérik usa um Shunshin no Jutsu  para sair disparado para passagem aberta de sua cela e em meio ao caminho vai já preparando sua armadura que por logica ele começa fazendo a mesma nas costas para então vir a cobrir sua frente.
Nisso a explosão acaba soltando os prisioneiros das celas da esquerda e da direta onde ficava o Kaguya, com o barulho vários guardas chegavam ali e Dérik estava atirado no chão após ter sido peço no final da explosão mas protegido graças a sua armadura, ele não tinha intenção de fugi e com isso meio que finge estar abatido com a explosão e fica no lugar onde esta.
Dois guardas o amarraram novamente de fato para impedir que o mesmo venha a tentar fugir, mesmo que a intenção dele não fosse esta, já os outros guardas começa a ir atrás dos 4 prisioneiros que tentavam fugir.
Na mente do kaguya ele só pensava em todo o trabalho que teve fazendo os pequenos bonecos de sua família sendo destruídos, foi como se um aperto no coração ocorresse e realmente fosse como tivesse acontecido com eles de verdade, até uma lagrima começa a escorrer dos olhos do chunnin.

“Isso... isso não acontecera com eles... eu não irei deixar! Já Mais!!!”

O Chunnin foi jogado na solitária por em quanto, pois teria de achar uma nova cela para ele e também descobrir o que realmente teria ocorrido.
Nisso o chunnin no lugar onde o jogaram da solitária ele fica apenas com o pescamento na cena da explosão e a furria sobre aquele homem que avia lhe atacado, mesmo que morto para o chunnin aquilo ainda não foi nada do que ele merecia, nesses pensamentos ele fica até vir a cair no sono.

Jutsus Usados:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Suzuki
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Ter Jul 02, 2013 6:15 pm

Olha quando o assunto é ninjutsu e taijutsu não dou muita relevancia, mas lembre-se genjutsus são considerados dificeis de serem percebidos de inicio,  por isso são caracterizados como sendo apenas usados por pessoas com muita inteligencia, por isso coloque um pouco mais de dificuldade, mesmo genjutsus monstruosos em que bestas aparecem e tudo mais são dificeis de se livrar, mesmo sabendo que é um genjutsu a dificuldade é imensa e levando em consideração que seu controle de chakra não é dos mais incriveis diria que ele teria mais dificuldades.

vamos la como disse ainda tem problemas de concordancia e escrita.

2 de controle de chakra
5% de kai
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Qui Jul 11, 2013 3:11 pm

[O post a seguir é continuação após o treino em dupla com saito]

A morte do Amor

Dérik avia conhecido um gennin que ainda teria muito a aprender e também tinha certeza que acabara de deixar o garoto apavorado com sua presença, mas isso não era importante no momento e sim que ele estaria caminhando em direção a sua casa e logo poderia estar vendo sua família novamente, mesmo com a chuva que vem a cair no momento o chunnin vai indo despreocupado, no momento ele já esta sem sua armadura que utilizara no treino com Saito.
A caminhada vem a ser um pouco longa e bem tranquila também, ao chegar na vila poucas pessoas por lá estavam andando, provavelmente por causa da chuva e como estava sem guarda-chuva no momento não iria parar para falar com ninguém mais também não estava preocupado em acelerar o passos ele observa cada canto das ruas e a pessoas vão diminuindo cada vez mais conforme vai chegando perto de sua casa.
Até que então ele vira a esquina de sua casa e vê ainda distante uma certa movimentação por lá é possível ver algumas pedras no chão uma parte da parede de sua casa avia sido destruída de dentro para fora, em meio as pessoas que era possível ver a frente da casa estava Reidner enfaixado ao lado de Akasuna no Hayate, sensei do Kaguya.
Neste momento o chunnin que já é branco vem a ficar ainda mais pálido e parte correndo em direção ao seu filho, ao chegar no mesmo já vem a abraçar o mesmo, porem com cuidado devido a ver que ele estaria machucado.

-Reidner meu fi..lho... Es..tou aqui ago..ra...

Em seguida ainda com lagrimas escorrendo do olho o Kaguya solta o abraço do filho e fica de pé olhando para seu sensei com a feição completamente seria.

-O..onde es..tá Yume!?!? O que acon..teceu!?

[Hayate]-Dérik, eu sinto muito... Sua casa veio a ser atacada e Yume foi assassinada, não sabemos ainda o motivo do ataque, mas realmente foi a única casa atacada. – O jounnin faz uma pausa vendo pela primeira vez chorando a sua frente e então continua a noticia - Alguns ninjas já estão fazendo a varredura para verificar se encontrão alguma pista do quem poderia ter atacado.

-Pai eu tentei ajudar... tentei proteger a mãe, mas eles foram mais fortes... onde você estava?

Dérik no momento não conseguia falar nada Hayate então vem a falar para o menino que o pai dele estava em missão por isso não pode estar na casa no momento, mas o Akasuna sabia que naverdade ele estava preso.
Assim o chunnin caminha até a parede de sua casa e fecha a mão com muito força, de forma que a própria mão vem a se machucar a chuva vem a cobrir bem as lagrimas do Kaguya, em quanto Hayate e Reidner estão debaixo de um guarda chuva, logo o Kaguya da um soco na parede atravessando a mão no muro (como estava já arrebentado não foi preciso tanta força) era visível que a dor que estava sentindo agora estaria virando ódio.
Em seguida ele concentra chakra e logo começa a tentar usar Kai no jutsu desacreditando que tal situação seria real, pois não seria a primeira vez que foi atingido de forma que o gen mostre a morte de sua mulher.
Porem nada vinha a acontecer e seu sensei se aproxima dele tentando lhe ajudar a se confirmar, nada poderia fazer no momento, então Dérik vira o rosto para o lado e vê um dos jounnins que estavam vasculhando sua casa para procurar pistas de quem teria atacado com uma espada embrulhada, nisso ele se lembra da arma, arma que ele pegou no dia que foi atacado junto a seu antigo amigo na forja onde um membro da antiga organização que avia chamado ele tentou lhe matar.

“Kuso, só pode ter sido eles... mas também não posso deixar que levem isso... isso agora é meu!”

Dérik em um shunshin no jutsu passa por todos e tira a arma da mão do jounnin, pegando em seus braços e depois caminha para ao lado de seu filho.

- Is..so é tudo que eu te..nho no mo..mento.

[Hayate]- Dérik o que é isso?! Fala com um olhar serio

- U..uma vida de tra..ba..lho – Ele faz uma pausa -Quando o ata.que acon..teceu?

Ele fala serio ainda com as lagrimas escorrendo, pois com aquela arma poderia usar para ir em busca do que causarão a morte de sua mulher tendo enfim a vingança. Como o Kaguya realmente é um forjador e criador de arma, não vieram a questionar. Então sobre a pergunta do chunnin antes que alguém chega-se a tomar a palavra o pequeno garoto que ali estava firma epesar de machucado toma a palavra para falar a seu pai

-Ontem a tarde. Eles invadira e queriam saber onde você estava, mas a mãe não contou então eu tentei ajudar ela, mais me jogaram contra a parece e me bateram.- O garoto para um pouco chorado em quanto lembra da cena -Por que ela não contou? Você acabaria com eles, não acabaria?

Assim o Kaguya que ainda esta a abraçar o filho no coloca espreme as próprias mãos.


- S..sim meu Fi..lho, concer..tesa. – ainda com o menino nos braços Dérik olha em direção a seu sensei. - Um dia lhe fiz uma per..gunta no nos..so cam..po de treino, espe..ro que cum..pra o que fo..i fala..do.

Hayate não vem a se lembrar de qual convença, já que realmente teria vindo a ser algo de um bom tempo atrás.

Dérik agora vem a decidir cuidar primeiro de onde seu filho viria a ficar, então se despede de Hayate, mas informa que voltara pois quer ficar junto as investigações, nisso ele pega um guarda-chuva que ainda estava inteiro na casa que já vem a estar praticamente toda revirada e destruída e começa a levar Reidner até a casa dos avos maternos dele para que então lá o garoto possa ficar um tempo. Os sogros do kaguya até oferecem ajuda e abrigo no momento, porem ele não vem a aceitar diz que ira arrumar tudo.

Após algum tempo o Chunnin esta de volta a casa destruída a chuva já veio a parar sua face fria é visível e somente Hayate ainda estava por lá e ao ver o seu aluno realmente não acreditava que realmente ele teria voltado.

{Hayte]- O que esta fazendo aqui, vá descansar nos cuidaremos de tudo.

Dérik nem se quer vem a dizer uma palavra e caminha para dentro da casa em busca de fotos, ele vai pegando todas a que vinha encontrado e então uma deles de Yume e Reidner juntos ele guarda com ele e então caminha até Akasuna.

- em..tregue ao meu fi..lho. Eu te..nho que re..solver uma ou..tra coi..sa.

O Kaguya começa a caminhar meio que sem rumo, logo olha para frente e a distancia estava o prédio do Hokage, nisso vem novamente em sua mente sobre o interrogatório que avia passado antes de ser jogado dentro da prisão, então começa a caminhar em direção a casa do regente que veio a fazer parte de seu interrogatório, no caminho ele saca a abara bone e em suas costas ele vem a deixar preso a outra arma que vem a estar embrulhada ainda.

“Eles leram minha mente, sabem que eu sou aliado de Konoha em quanto minha família vive aqui e então isso ocorre em quanto estou preso...”


Continua...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Sab Jul 27, 2013 1:21 am

Continuação...

Dérik tinha sua face completamente enfurecida era como se fosse possível ver fogo saindo de seus olhos, sua mulher foi assassinada para ele no momento o foco agora seria vingança e sem nem mesmo se importar no momento com as consequências, segurando firmemente sua foice com as duas mãos ele vai seguindo o caminho da casa do regente.
Mas apos caminhar algum tempo ele vem a se lembrar de uma pequena coisa, os regentes sempre estão protegidos por ANBUS, nisso ele teria de estar pronto para enfrentar ninjas de nível muito maior que ele então ele vem logo a ficar com os olhos firmes, a chuva não para de cair e cada passo do Kaguya parece pesado.
Cada passo que Dérik dava era um momento com Yume que ele vem a se lembrar, bons momentos, devido a eles o chunnin estava a seguir um bom caminho, mas agora para ele nada mais importava alem de vingança sua mente estava fechada, alguns conhecidos vem a cumprimenta-lo e falar para ele sair da rua porem de nada adianta ele continua a seguir o caminho andando, seu filho estava vivo na casa dos avos maternos então não tinha mais nada do que se preocupar.
Ele vem a tocar na arma em suas costas e imaginar que tal objeto poderia fazer, o que de importante teria na quela arma para atacarem sua família dentro de sua casa o Kaguya para em um esquina e preta a atenção em sua volta, nisso ele ouve passos e alguém gritando seu nome, assim ele olha é Hayate, o Kaguya não teria tempo para conversar com ele pois o mesmo tentaria vir a impedir o que ele teria de fazer, então ele entra na esquina e só então começa a correr.
Dérik sabe que o Akasuna seria mais rápido que ele com isso ele usa das das ruas, para despistar seu sensei, ele vem a correr o tempo todo sem parar no momento, mas a chuva dificultava um poco isso fazendo escorregar em alguns pontos onde vinha a fazer a curva, ele não queria correr o risco de sofrer nenhum acidente no momento para chegar até o regente inteiro, principalmente pois ainda acreditava que teria de lutar contra os ANBUs, devido a isso ele não vem a arriscar no momento ir saltando pelos telhados, porem veio a ser isso que Hayate começou a fazer assim dificultado o Kaguya a fugir, ele tinha de economizar chakra também pois seria usado mais a frente de acordo com sua visão.

No momento o que parecia que avia virado uma brincadeira de pega pega, pois Dérik corria o tempo todo sempre que Hayate consegui avistar o mesmo, realmente estava começando a ser algo que nenhum dos dois estavam gostando, logo foi possível ouvir alguns trovões a chuva viria a piorar, ao olhar a sombra do raio foi possível ver que agora Hayate avia chamado sua marionete, e o kaguya conhecia muito bem qual era aquela...

"Blade... Muito em Sensei, não posso lutar agora então vamos ver..."


Nisso Dérik salta para o telhado onde esta Hayate, no momento ele somente segura a foice com uma mão, mas olha firme para o seu sensei. Já Hayate olha com o seu olhar de sempre para o aluno e Blade estava pronta para atacar a qualquer momento.

-O que q..quer Hay..ate?

{Hayate}-Evitar que você faça alguma besteira. Deve voltar e ir descansar Dérik, não deve tomar nenhum atitude no momento

-Não se preo..cupe comi..go, não agora... N..não ain..da

Dérik fala e então vira as costas saltando para a rua novamente

{Hayate}-Dérik, saiba que se fizer alguma besteira, eu mesmo estarei entre os que iram atras de você

Logo ele levantou a mão dando um sinal que veio a compreender, os dois já passaram por muita historia e apesar de todas as loucuras do Kaguya, até o momento nada estava sendo tão preocupante quanto o que ele poderia fazer no momento, Hayate sabe que ele é meio impulsivo de mais, então o jeito seria seguir, mas de forma que o Kaguya não viria.

De fato Dérik não vem mas a ver ou perceber seu sensei, a chuva ainda vem a cair e agora o seu caminho ainda deve continuar.

Seu olhar volta a ser serio e firme e com isso começa a caminhar novamente em direção a casa do regente ele precisava resolver sua situação de uma vez por todas.

Apos mais uma hora e meia o Kaguya conseguíra voltar ao ponto onde estava antes de começar a correria para fugir de seu sensei e ali ele começa a caminhar novamente em direção a casa do regente.

Porem neste exato momento o chunnin se lembra de mais um pequeno e simples detalhe.

"onde é a casa dele mesmo? Eu não me lembro..."

Realmente de fato pelo momento não adiantaria mais o chunnin ir até um logar que não saberia onde seria, alem da chuva e seu cansaço no momento também de nada iria adiantar, assim o chunnin salta sobre o telhado apesar de tudo não gostaria de desistir ele olha para o céu tentando lembrar onde seria a casa daquele homem.

Assim que ele se lembra o caminho olha para a direção novamente e logo já volta a empunhar sua arma com força, porem nisso ouve alguém lhe chamar novamente, mais uma vez uma voz conhecida e assim que olha na direção vê Uzumaki Dante vindo até ele.



Continua...(desculpa assim o post simples, mas minha cabeça ainda ta rodando com um monte de coisas)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uzumaki Dante
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 105

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Sab Jul 27, 2013 12:50 pm


Dante andava pela vila no meio da chuva a procura de seu velho amigo. Pois ouviu boatos do que ouve com a sua família e também tinha que cobra-lo uma coisa.
O Uzumaki corria na chuva passando pelas pessoas olhando para todos os lados tentando encontrar o seu amigo, ate que ele olhava para longe via o seu amigo empunhando a sua foice.

“É pelo estilo da foice só pode ser ele”.

Dante corria em sua o chamando.

-DÉRIK!!!!!

Quando ele chegava ate o seu amigo, respirava fundo.

- Cara você sumiu em... temos que conversar meu.

O jovem Uzumaki olhava para mão que ele empunhava a foice.

-então –Dante apontava para a foice- da para guardar ele, ate parece que vai matar alguém... aaah...não pretende fazer isto né? Shocked 

Ficando olhando para o seu amigo quando a chuva deixava a sua roupa encharcada e seus cabelos molhados.

-Antes que faça qual quer merda, vamos bater um papo que tal??

Dante ficava olhando nos olhos de seu amigo, e via que ele tinha mudado muito, estava com sede de vingança e pelo jeito que segurava a sua foice bem firme, sabia que seria complicado de conversar com ele sem acabar brigando.

“Tomara que não queira brigar aqui, muita gente e pessoas podem se machucar”.

O jovem chunnin ficava atendo com qual quer movimentos de seu amigos.

 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Dom Jul 28, 2013 1:22 am

Dérik para novamente, vendo que mais uma vez seria parado por um conhecido assim que o Uzmaki chega começa a falar, ele gostaria realmente de conversar e no momento o Kaguya queria ir mesmo chegar na casa do regente para matar ele.

-No mome..nto não vou guar..dar a Abara bone Dan..te...-Ele fala de uma forma fria e seca. E depen..de do que es..ta por vir...

Assim o chunnin fica de frente para seu amigo com a sua foice na horizontal, sua mão segurava forte a arma estava pronto para lutar e isso era visível, a chuva escorria sobre seu rosto era como se ele estivesse chorando no momento e nisso na verdade não estava, pois estava frio pronto mesmo para matar sem nenhum arrependimento no momento.

-Bater... um... papo, Qualé Dante es..tou ocu..pado agora... diga de u..uma v.vez ou então...

Neste momento ele remova a arma que estava apoiada no chão e agora esta segurando com as duas mãos, ficando visivelmente em postura de luta com sua arma, era notório que ele não estava ali para passear, se seu amigo estava ali para qualquer coisa isso não iria parar ele.

DIGA DE UMA VEZ!!

Dérik vem a falar com o corpo flexionado, dando assim a possibilidade de um próximo movimento muito mais violento ou brusco, mas estava a espera da resposta, não estava nada afim de outra corrida com um conhecido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uzumaki Dante
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 105

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Dom Jul 28, 2013 6:20 pm


Dante via o seu amigo levantando a sua foice logo eu recuava e tirava a minha espada de minhas costas.
O jovem Uzumaki segurava firme a sua espada grande.
 
-você não esta bem e pelo jeito ira fazer algumas merda pelo o que ouve.
 
Dante apontava a sua espada para ele.
 
-Você é o meu amigo, fazer o que você esta em mente não ira resolver, ira apenas complicar para o seu lado.
 
Dante ficava olhando para o seu amigo, tomando cuidado se ele tentasse ataca-lo.
 
-E temos muito que conversar e é claro não vou deixar você fazer alguma coisa errada.
 
Ficava na frente de seu amigo segurando sua espada firme e com um sorriso no canto de seu labio.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   Seg Jul 29, 2013 10:09 am

Ao ouvir o Uzumaki repetindo novamente que como seus amigo não deixaria ele fazer nenhum besteira o Kaguya da um leve sorriso.

-É mes..mo Dante e como en..tão viria a me pa..rar?

Com um rápido movimente de mãos o Chunnin prepara o seu jutsu de sua foice e em seguida encosta a Abara Bone na espada de Dante, de momento não seria nada perceptivo o que ele estava fazendo e planejando, tirando o fato de sua face agora vir a estar seria novamente.

- O tem..po de se fa..zer algu..ma coisa pa..ra me im..pedir se foi, agora na..da ira me pa..rar!

Neste momento ele força a Foice contra a espada para vir a colocar a mesma a baixo parando-a no chão, mas sem tirar da mão do Uzumaki e em seguida ele usa agora as armas que estão para baixo com impulso para saltar para o outro lado, atras de Dante, ficando no momento os dois de costas um para o outro.

- Nun..ca pensei que este dia che..garia...

Em quanto ele vem a segurar agora, seu corpo esta vindo a se fechar por completo como se fosse uma armadura, uma armadura de ossos, seus olhos estavam firmes ele realmente agora estava pronto e disposto a lutar então ele parte para um golpe cruzado com a Abara, se mantendo firme em quando segura a mesma usando seu taijusu da foice "Shoufuu Sickle Buyou no Jutsu", sua face era de furria, mas devido a armadura cobrindo tudo, somente era possível ver os olhos firmes e levemente pressionados.


Jutsus:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Campo de treino Dérik Kaguya   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Campo de treino Dérik Kaguya
Voltar ao Topo 
Página 9 de 10Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, 10  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Treino IV] - Construção do Campo de Treino [Parte II] por Ran Asakawa
» [Campo de Treinamento] Kin Senju
» [Campo de Treino] - Uchiha Obito
» [Campo de Treino] - Ezio
» [Treino IV] - Construção do Campo de Treino [Final] por Ran Asakawa

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Revo Online :: Vila da Folha :: RPG Zone :: Campos de Treino :: Individual-
Ir para: