Naruto Revo OnlineConectar-se
Hey... quanto tempo faz que seu personagem não come? Evite as penalidades por desnutrição... visite o Ichiraku com frequência, lá seu personagem pode se recuperar em instantes !
Sempre lembre de remover itens descartáveis de suas fichas quando os mesmos forem usados. Seja honesto consigo mesmo.

Campo de treino de Aburame Luks

Compartilhe

descriptionCampo de treino de Aburame Luks

more_horiz
_Aqui se encontra um campo gramado, onde a grama chega a +-15cm e vai até um bosque arborizado onde pode se encontrar árvores de grande e médio porte, alguns arbustos espalhados e alguns animais que vivem ali.

_No meio do bosque pode se encontrar um pequeno riacho com cerca de 1.5m até 2m... que varia ao longo de sua extenção.

_Logo depois do Bosque acaba o campo de treinamento com um Rochedo não muito grande, mas nem muito pequeno. O lugar é seco e com um pocado de areia.


Última edição por Aburame Luks [ADM] em Sab Set 24, 2011 9:32 pm, editado 1 vez(es)

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
A chegada
Luks chegava ali com as mãos no bolso caminhando lentamente e olhando para o chão.
Luks vai andando até o campo onde só havia grama e um grande espaço livre.
Uma brisa fresca passava pelo campo tornando o clima bem agradável.

A preparação
Luks pegava sua Shuriken divisível que estava presa em suas costas e tirava, colocando-a assim no chão ao lado de uma pedra pequena (45cm). Logo depois retirava também sua Katana e colocava ao lado da Shuriken.
Luks começava a alongar suas pernas e braços o que dizia que ele iria fazer exercícios físicos.

O treino
Luks acabava sua preparação física e dai começa a dar uma corridinha pelo campo, nada de muito rápido. Só uma corrida pra aquecer. Luks vai correndo por alguns minutos até que já se sente pronto para agilizar o treino, sendo assim Luks começava a correr mais rápido pelo campo tomando cuidado para não tropeçar em nem uma pedra e assim vai dando voltas e voltas no campo. Ao correr Luks pensava em como ele ainda tinha que se fortalecer e em todo o tempo que ele ficou sem treinar. Mas agora estava disposto a recuperar o tempo perdido.

O descanso
Depois de alguns minutos treinando Luks começa a se sentir cansado e vai diminuindo a velocidade da corrida até parar na pedra aonde ele havia deixado seus equipamentos. Ali ele se acenta e fica encostado na pedra por alguns minutos até se recuperar. Quando se sente mais mais disposto ele se levanta e volta a correr.

Retorno ao Treino
Depois de ter descançado Luks volta a correr na mesma velocidade de antes até que depois de uns 5 minutos Luks começa a concentrar seu chakra em suas pernas e assim ganhando mais velocidade na corrida. O tempo agora já não estava mais colaborando, o vento parou de soprar e o sol parecia cada vez mais forte.

Fim da corrida.
Depois alguns minutos correndo e concentrando seu chakra em suas pernas Luks se sente muito cansado e decide parar de correr. Ele vai diminuindo a velocidade até chegar à pedra onde havia deixado seus equipamentos. La ele pega a Shuriken divisível e a coloca nas costas novamente e a katana ele coloca na cintura / costas. Logo em seguida ele sai caminhando lentamente até sair do campo.

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
*Seu treino foi muito bom detalhando sempre oque fazia e onde fazia, voce usou perfeitamente todos os requisitos de treino em minha opinião

pnts 3 velocidade e 2 em controle de chakra

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
De volta ao Campo.
Era uma tarde silenciosa e calma, Luks chegava no campo andando com as mãos no bolso e já não sentia mais a "dor na perna" que havia obtido no ultimo treino. Ao ver o campo Luks chegou a pensar em correr denovo mais desistiu. Luks continuou pensando eu outra coisa para treinar, é ai que vê o Bosque que ficava logo depois do campo e pensou: -Já sei... o lago !
É ai que luks vai caminhando lentamente até chegar ao bosque é la, passando por entre as árvores vai até o pequeno riacho que cruzava a área.

A decisão e o inicio do treino.
Ao ficar frente a frente ao riacho luks começa a pensar em algo para treinar e lembra do Jutsu da Névoa Oculta e pensa: Aha, vai ser isso mesmo. Ainda não estou 100% hábil com este jutsu. Luks tirava as mãos do bolso e estalava os dedos de ambas as mãos.
-Ninpou - Kirigakure no Jutsu !!!-
Dai uma névoa começa a se formar em volta da Luks e vai tomando conta do lugar. Luks se concentrava em aumentar o jutsu e ficava com a mão executando o selo.
É ai que de pouco em pouco a névoa vai aumentando cada vez mais até que chega a seu ponto máximo. Até ai a névoa já estava ocupando uma grande extensão do bosque. Luks sentia que já estava dominando quase perfeitamente a técnica e tenta força-la o máximo possível. Dai um tempo ele decide para com o jutsu e o finaliza sentindo que era o seu máximo. Sentia-se meio cansado pois tinha gasto um pucado de chakra, não muito mas já era alguma coisa.

A quase saída e o encontro inesperado.
Ao finalizar o jutsu Luks decide voltar para a vila e descansar ou comer alguma coisa. Ao sair andando por entre as árvores ele ouve sons estranhos como piados de pássaros. Então decide ver o que é. Depois de procurar um pouco encontra tres vilhotes de passarinho que haviam caído do ninho e estavam feridos. Luks pensava -Nossa, caídos aqui vão ser alvo fácil para predadores... vamos dar uma forcinha. É ai que Luks ao ver que os pássaros estão feridos encontra uma boa opção para treinar seu Icha Ninjutsu (Técnica Ninja Médica). Então ao pegar um dos passarinhos executa o Icha Ninjutsu (Técnica Ninja Médica) para curar o bichinho. Vai mantendo o jutsu até ver que o passarinho está um pouco melhor, colocando o em seguida no ninho que ficava num ganho nao muito alto e facilmente alcançado por Luks. Logo depois pegava o outro passarinho e executava novamente o jutsu Icha Ninjutsu (Técnica Ninja Médica) para tentar cura lo. Não conseguia resultados perfeitos pois não dominava bem o jutsu e sentia muito por isto. Ao acabar coloca o 2º no ninho e pegava o terceiro e novamente executava o Icha Ninjutsu (Técnica Ninja Médica) ao acabar de fazer o máximo que podia coloca o ultimo no ninho e se virava desejando sorte aos pequenos pássaros que ainda não estavam 100%.

O fim do dia de treino.
Luks saia do bosque com as mãos no bolso e consideravelmente cansado pelo chakra que havia gasto no treino. Continuava caminhando até atravessar o campo e por fim sair do campo de treino.




Última edição por Aburame Luks [ADM] em Qua Abr 01, 2009 7:26 pm, editado 1 vez(es)

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Voltando aos treinos.


Era uma tarde fresca e com uma boa ventania ( ventos leves),
Luks chegava no campo andando com as mãos no bolso e ficava pensando em como
ele estava ficando sem tempo para os treinos ultimamente. Ao ver o campo Luks
começa a pensar no que treinar e lembra de seus últimos treinos, os treinos com
a névoa, o jutsu de cura e até a corrida. Luks continuou pensando em outra
coisa para treinar, e foi ai que chegou à conclusão de que iria treinar o Mushi
Yose no Jutsu !


Então luks vai caminhando lentamente até chegar ao bosque é
la, caminhando por meio às árvores até encontrar uma área rochosa dentro do
bosque, ou pelomenos uma pedra plana que estivesse bem infiltrada no bosque (
ou seja, queria uma pedra la no meio do bosque.).


 Aqua Timez - Ayumi

[Aperte Play e não leia muito rápido que é pro refrão tocar junto com o final do treino.]



A
decisão e o inicio do treino.



Luks continua andando até que quando estava bem dentro do
bosque encontra uma pedra que estava em
uma área de mata bem fechada.”eh, vai
ser aqui mesmo. Ainda quase não sei usar este jutsu. Estou precisando praticar.”
Luks tirava as mãos do bolso e abria os braços , fechando-os logo em seguida e
juntando as mãos em um selo.


Mushi Yose no Jutsu !!!


Dai Luks coloca a mão direita sobre a pedra e apartir dos
seus dedos, uma teia de chakra vai se formando em cima da pedra até ficar com “mais
ou menos” uns 25 cm
. Logo alguns insetos começaram a ser atraidos pelo Jutsu. Luks se concentrava
em aumentar o jutsu e ficava com a mão fixa na pedra.


De pouco em pouco a teia vai aumentando e chamando mais
insetos cada vez mais até que chega a um ponto em que Luks já achava ser o
bastante; este já era até muito, mas ainda podia aumentar.


É ai que Luks fecha seus olhos e começa a se concentrar no
jutsu, buscava uma extensão maior, para chamar mais insetos. Isso sem perder o
poder de atração pelos outros....”Vamos la, isso vai ser moleza. É só chamá-los...
vou acabar com isto rápido.”


É ai que depois de poucos minutos ( uns dois ou 3 +- ) Luks
sente que conseguiu aumentar a extensão do Jutsu, mas ao mesmo tempo ele não
consegue expandir mais do que aquilo. Talvez já fosse o bastante por hoje. Então
Luks simplesmente desfaz o Jutsu e abre os olhos, vendo aqueles insetos que
estavam sendo atraídos se dispersando de pouco em pouco. Dali Luks
coloca as mãos nos bolsos e salta para o galho de uma árvore que estava
praticamente do seu lado.


“É, agora tenho que partir pra outra coisa... só esse jutsu não
é o bastante por hoje.”


O
próximo treino



Daí Luks sai saltando dali para galhos mais altos com o
objetivo de chegar ao topo da árvore.


Quando chega no topo de uma árvore Luks consegue ver quase
todo o bosque la de cima. A visão era maravilhosa, aquele fim de tarde
iluminava a copa das árvores de um jeito especial, algo como se as folhagens fossem
nuvens que estavam refletindo com um tom avermelhado do sol...


“Já sei, vou tentar uma mistura de força e velocidade.”



Dali Luks salta por cima das copas das árvores caindo logo
em seguida em meio a outra copa. Quando Luks cai, ao invés de tentar cair com
os pés em um galho para tentar pegar impulso para outra, ele usa as mãos,
passando por baixo do galho ( segurando com as mãos nele.)(Quem viu quando um
bushin de cristal atacou o shino no ep cento e alguma coisa sabe como é. ) Daí Luks
vai assim para o galho seguinte e vai alternando, sempre que possível usando os
braços e não as pernas. Depois de algumas árvores Luks já sentia o esforço
feito e decide parar de usar os braços. Sendo assim ele continua percorrendo
todo o bosque usando somente as pernas para os saltos, até que ele chega à saída
de seu campo e termina o treino saltando para o chão e andando lentamente em
direção à vila para que assim já fosse “descansando” no caminho. Seus braços
estavam doendo e ele estava um pocado suado, sendo assim ele decida dali ir
para as termas da vila.

Spoiler :
C:135-30=105 (levando em conta que fiquei um bom tempo com o jutsu em execução.)
S:120-50=70(acho que o esforço que fiz vale por isto. Foram poucos saltos de esforço grande. Sendo o resto de esforço médio.)

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
AnáliseBom Luks começando de seu primeiro treino que não foi avaliado, com data 30 de março.

*Gostei muito da descrição de todas suas ações, da quantidade da escrita e também da sua piedade com o pequeno pássaro fragilizado.

*Seu segundo treino não ficou atrás e também foi ótimo, descrevendo bem como fazer o jutsu aburame, e também gostei da sua mistura força e velo !
Pontos*Pelo seu primeiro treino, nada mais justo do que 30% no Jutsu Kirigakure, e 20% pelo Icha Ninjutsu
*Por mais um treino dedicado, você recebe 20% no Mushi Yose e 2 pontos em força e 1 em velo !

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz

A volta aos treinos


Luks voltava para seu campo depois de muito tempo sem
treinar. Ele estava animado e bem disposto para treinar naquela tarde de sol
muito forte.

O dilema que Luks enfrentava era: “O que eu vou treinar” Ele
olha para o céu vendo aquele sol que parecia mais quente do que de costume e
pensa “ eu é que não vou ficar aqui
debaixo dele”. Luks decide que iria tentar fazer alguma coisa no bosque e dali
vai caminhando até chegar em meio às árvores do bosque. Lá podia-se ouvir
muitos pássaros cantando e o barulho de
alguns outros animais como alguns pequenos mamíferos ( macacos ou sei lá o
que...)


O bosque


Luks continua andando pelo bosque pensando no que treinar, é
ai que quando uma libélula passa em sua frente um nome “Mushi yose no Jutsu !”.
Estava decidido, Luks iria aperfeiçoar seu jutsu que servia basicamente para
chamar insetos para perto do usuário. É ai que ele continua andando com as mãos
nos bolsos como sempre até achar uma rocha, local preferido pelo Aburame para a
execução deste jutsu.

Quando finalmente acha uma rocha com a superfície plana o
bastante Luks tirar suas mãos do bolso pensando, “ Lets GO ! “. Ele abre seus
braços deixando os em um ângulo de 180º e depois os fecha rapidamente fazendo o
selo necessário para a execução do jutsu. –Mushi
Youse no Jutsu !-
Luks coloca sua
mão direita rapidamente sobre a pedra e segura o breco direito com a mão
esquerda. Logo uma teia de chakra sai da mãos de Luks e vai se estendendo pela
pedra, até que chega ao tamanho Maximo que o Aburame consegue. Não demora muito
e alguns insetos começam a ser atraídos pela teia de chakra.


Determinação no treino


Ele consegue chamar algumas moscas e besouros, mas nada
demais. Com o objetivo de manter o jutsu e tentar aumentá-lo Luks fecha os
olhos e começa a se concentrar mais nele. Ele consegue atrair mais insetos, mas
não chega a ser o bastante, então ele desfaz o jutsu, assim os insetos se
afastam novamente. “Droga, não posso ficar perdendo tempo com uma técnica de nível
baixo assim...” Luks agora queria evoluir o seu jutsu o mais rápido possível e
para isso prensava em se concentrar mais e tentar fornecer mais chakra para a
técnica.


Voltando ao treino


Aburame Luks agora voltava a abrir seus braços como fizera
anteriormente e juntava em um selo executando o–Mushi
Youse no Jutsu !-
colocando a mão
sobre a pedra logo em
seguida. Apartir daí a teia de chakra começa a sair novamente
das mãos de Luks que já fechava seu olhos e começava a ceder mais chakra do que
o normal para a execução do jutsu até que ele chega a seu Maximo e Luks pensa: “
Não, ainda tem muito pra melhorar” daí começa a ‘forçar’ o jutsu para ver se
consegue aumentar seu efeito. Dessa vez mais insetos começam a ser atraídos,
eles vem em maior quantidade e velocidade também. Daí em diante Luks apenas
continua tentando manter o jutsu e expandi-lo sempre que possível

O fim do treino, e o resultado.

Depois de alguns
minutos Luks sente que era o bastante aquele dia, então desfaz o jutsu e os
insetos se afastam dele de pouco em pouco. Ele se sente cansado pois havia mantido o
jutsu por muito tempo e estava com pouco chakra, assim ele acenta na pedra para
descansar um pouco e cerca de 5 minutos depois sai andando dali com as mãos no
bolso em direção à vila. ‘A fome o chamava’

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Bom Treino Luks, como eu ja esperava.
Seu treino foi bem detalhado, resumindo um bom treino.


Spoiler :
Recompensa : 40% no Mushi Yose no Jutsu.

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
O campo de treino.

Era uma tarde nublada de terça
feira que Luks chegava em seu campo de treino depois de um bom tempo sem “visitá-lo”
. A tarde estava com ventos leves e “frios” ( não muito, só um pouco por causa
da falta de sol) e é ai que Luks pensa:
Eh,
acho que vou dar uma esquentadinha. Ficar parado é que não vai dar.


O inicio dos treinos.

Dali Luks ia até o centro do “campo”
de seu campo de treino e começava a alongar suas pernas, o que dizia que estava
se preparando para uma corrida. Depois de se alongar bem; Luks ia até uma
arvore ( uma perto do bosque) e deixava suas coisas, como bolsa de armas e
tonfas ( a Shuriken divisível e a katana não, pois estavam em casa.) e dali dá um salto para trás e assim que seus
pés tocam o chão o Aburame pega impulso, começando a correr. Luks contorna seu
campo de treino algumas veses ( não muitas) até que começa a se cansar e vai
diminuindo a velocidade até chegar ao ponto onde havia parado.


O descanso.

Ao chegar perto da árvore onde
estavam suas coisas, Luks se abaixa, encostando suas costas na árvore e ali
fica por alguns minutos até recuperar o fôlego e se sentir pronto para
continuar. Antes de se levantar Luks abre um pouco a gola da blusa, pois estava
sentindo um pouco de calor embora o clima não estivesse quente.


Uma segunda parte do treino.

Depois de descansar um pouco, Luks
se levanta e ao olhar para as árvores próximas a ele pensa:
Hum... porque não ?! é sempre bom treinar a Habilidade de
saltos em meio às árvores.
É nessa hora que
Luks tira ás mãos dos bolsos e segura o galho a cima dele fazendo força para se
lançar para cima do mesmo com um giro do ar e parando com os pés no galho. Quase
que instantaneamente ele já salta par a árvore que estava em sua frente e
depois para um galho mais alto da mesma. De lá Luks podia ver um “bom caminho”
para seguir sobre os galhos e decide seguir o mesmo. Depois de traçar sua rota
ele faz um salto que chegava quase a ser um mergulho em direção a um galho da
árvore seguinte segurando no mesmo com as mãos cobertas por suas luvas de couro
e passando para o próximo galho ( para imaginar isso tente remeter ao movimento
em que os ginastas fazem para passar de uma barra para a outra na prova das
barras paralelas) caindo de pé sobre o mesmo e saltando para a próxima árvore. A partir daí Luks faz a mesma seqüência
de saltos feitos desde o inicio até o fim da “trajetória” planejada por ele até
sair novamente do bosque caindo rolando no chão.( não é uma capotada não. É só
uma rolada normalmente usada para diminuir o impacto de queda.)


O fim do treino e o grande cansaço.

Ao cair no chão Luks fica
exatamente ali, imóvel por alguns minutos recuperando o fôlego e descansando
seus braços e pernas que estavam cansados depois de tanto esforço. Depois de um
tempo, o Aburame se levanta batendo as mãos na roupa para “limpar algumas
sujeirinhas” e em seguida caminha até a árvore aonde estavam seus equipamentos,
os pega, os coloca em seus devidos lugares e depois sai caminhando cansado rumo
a Konoha.

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
AvaliaçãoGrande Luks!Como sempre fazendo ótimos treinos, abusando do RPG com sabedoria, uma ortografia impecavel, descrevendo muito bem cada mínima ação que fazia.Bom resumindo tudo, seu treino foi EXCELENTE
RecompensaPode adicionar em sua ficha :

  • 3 pontos em Velocidade.
  • 2 pontos em Habilidade.
Paranbéns

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Uma manha de treino

Depois
de um bom café da manha, Luks saiu de sua casa rumo ao seu campo de treino.
Consigo o Aburame estava levando somente sua bolsa de armas e em suas costas a
sua grande Shuriken divisível / Katar.


Chegada ao campo

Depois de uma “boa
caminhada” até seu campo de treino Luks para no campo debaixo de uma das
ultimas árvores do bosque ( ele esta entre o campo e o bosque, ou seja ali só
tem uma árvore ou outra....) e tira sua Shuriken Divisível das costas ficando-a
no chão logo em seguida. Ele
então começa a se alongar para o treino que estava por vir. Depois de alongar
braços e pernas Luks vê um galho “reto” da árvore em que ele estava próximo
e da um salto, ficando dependurado pelas
mãos, e em seguida começa a fazer “barra”. Depois de algum tempo ele sente que
já é o bastante e solta do galho, caindo de pé no chão.


O treino com a Katar.

Ao se virar, Luks se depara com sua Shuriken Divisível fincada no chão, e então
decide voltar a treinar com ela; coisa que ele não fazia a MUITO tempo. Sem
pensar mais, Luks pega a shuriken divisível e logo a abre em duas, equipando
uma em cada braço logo em seguida. “Do nada” Luks da uma arrancada para frente
cruzando as duas katars e abrindo-as com
rapidez assim como se estivesse dando um golpe em alguém, em seguida ele emenda
o golpe com um giro de braços abertos e
finalizando com um chute na suposta altura de uma cabeça e da um salto recuando
para trás. E da uns três saltinhos em posição de luta ( assim como Asuma fazia
em lutas) e voltava a atacar com suas Katars dando um golpe parecido com uma
cotovelada que se seguia por uma “batida” de braço que com a Katar ganhavam um
grande “poder” e depois um soco com a outra mão ( a esquerda) que na verdade não
era bem um soco, já que a lamina da Katar chegava antes que a mão. Para
completar o “combo” Luks da um chute com os dois pés que termina em um mortal
para trás ( pra simplificar: ele da um mortal pra trás só que nesse mortal
acaba por dar um chute com os dois pés.) Logo que seus pés tocam no chão Luks já
pega impulso dando um novo combo que começava com vários socos ( que como já expliquei,
é um ataque com a katar) e com giros
entre eles até que no fim dos golpes repete toda a sequencia desde que começou
o treino com a Katar ate parar cansado e com a respiração ofegante devido aos últimos
mometos de ataques rápidos e fortes.


Fim do Treino.

Para terminar Luks une novamente as duas partes da Shuriken divisível e a coloca no
suporte em suas costas; saindo logo em seguida em direção a vila em uma
caminhada lenta e cansada. O que Luks mais queria agora era encontrar seu
almoço ( *-* )

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Analise Oque falar sobre o treino?, eu só poso dar elogios pois não vi nenhum erro de ortografia e tambem não existe nenhum erro de concordancia, voce utilizou muito bem do rpg e deixou bem realista todos seus movimentos com sua katar parabens!
Pontos Pelo treino otimo treino voce vai ganhar
3 pontos em habilidade com armas
2 pontos em habilidade. Parabens!!!

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Fim do Turno.

Aburame Luks que estava trabalhado na segurança da vila,
por causa do Exame Chunnin tinha acabado de cumprir seu turno e se despediu dos
parceiros que estavam junto a ele no momento, depois disso sem ter o que fazer
decide voltar até seu campo e fazer um treino... coisa que já não acontecia a
algum tempo.


Planos.

Ao chegar em seu campo carregando Sua Shuriken divisível e
sua bolsa de armas Luks para sobre a sombra de uma árvore e começa a pensar no
que poderia treinar Hoje.


Vejamos, o que eu estou precisando melhorar ?!...-daí uma
brisa leve passar por Luks e o mesmo tem a idéia - Já sei, o Fuuton Atsugai !


Daí Luks larga sua Shuriken divisível no chão encostada na árvore
e corre até o meio do campo. La ele tira as mãos dos bolsos e junta as mãos já
preparando para executar selos, e ao mesmo tempo revisava a maneira de se
executar o jutsu ( mentalmente).


La vai ! – diz Luks em tom
baixo.


Fuuton Atsugai

Daí o Aburame expele uma massa de ar comprimida de dentro
da boca que sai com grande velocidade
rumo ao céu. Luks mesmo notou que o Jutsu não foi muito bem executado...
saiu rapido porem meio fraco e com grande área de contato...


“Tenho que continuar tentando”

Novamente esta la, com as mãos juntas preparando selos e
visivelmente Luks estava tentando se concentrar bastante, pois não queria um
resultado igual ao da primeira tentativa... ele não tinha tempo a perder pra
ficar errando.


Fuuton Atsugai

E novamente uma massa de ar é expelida pela boca de Luks
rumo ao céu, só que dessa vez ele havia notado que estava mais “potente” do que
antes, mas a área de contado ainda estava muito grande.. ele precisava tentar
diminuir aquilo.


Com um ar de satisfação Luks ajeitou suas luvas de couro
negro que tinha nas mãos e se preparou para mais uma tentativa, ele executou os
selos e ao concentrar o chakra Fuuton nos pulmões tentou comprimir um pouco
mais o ar e logo em seguida o lançou.


O resultado foi um projétil de ar consideravelmente melhor
do que os outros anteriores e foi “bem mais longe”. Mas logo que acabou de lançar o jutsu Luks
sente uma sensação estranha no peito, algo como uma falta de ar ou coisa do
tipo e se deixa cair de joelhos com a mao direita sobre o peito.


“É, por hoje é só... não da pra abusar com este jutsu...”

Saída.

Daí Luks se levanta e vai caminhando até a árvore aonde
havia deixado sua Shuriken Divisível, a coloca em suas costas e começa a
caminhar em direção à vila. Após alguns passos Luks para, olha para trás... e
volta a andar.


Seu estômago roncava, e com certeza iria direto ao
Ichiraku.

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
AvaliaçãoBom...Como era de se esperar, Luks fazendo um ótimo trabalho em seu treino!Descreveu muito bem como executava o Atsugai, gostei do modo como detalhou as falhas do jutsu, e por último foi realista em seu cansaço, pois este jutsu realmente é pesado!Perfeito, muito bom, parabéns!
RecompensaPor este ótimo trabalho, nada mais justo do que 30% no jutsu Fuuton Atsugai

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
A saída da Reunião.

Lá estava Luks saindo de uma
reunião a qual tinha sido convocado. Nela estavam os regentes e mais alguns
ninjas de grande patente. Na reunião foram discutidos alguns temas dos quais
não vou comentar aqui, pois claro a maioria dos players ainda não deve saber.


Ainda era metade da tarde e Luks
não tinha o que fazer nas horas livres seguintes, e é ai que ele decide treinar
! Ele sai caminhando da vila e vai até seu campo de treinos, que fica a alguns
minutos de distancia da mesma.


Um treino para manter a “forma”.

Ao chegar em seu campo, Luks não
estava carregando sua Shuriken divisível e estava vestindo as roupas que
normalmente usa. ( o Blusão verde e um bermudão preto.)


A bolsa de armas que carrega
sempre na cintura/costas e na perna direita estavam cheias, mas isso talvez não
fosse ser útil em seu treino. No caminho até o campo ele já havia pensado no
que faria... ele queria aperfeiçoar o ultimo Jutsu que havia aprendido: O
Fuuton Atsugai.


Ele caminha em direção ao centro
do campo, ficando o mais longe possível das árvores e de quaisquer outras
coisas que ele pudesse acabar danificando em meio a seu treinamento; ao
contrario de uma grande parte dos ninjas ele não via graça em destruir tudo em
sua volta durante os treinos.



Treinando novamente o Fuuton Atsugai.

O Aburame finalmente estava pronto
para começar a treinar, ele tirou as mãos do bolso e colocou a mão direita por
dentro do Blusão, colocando-a na garganta, fazendo um movimento massageador
como quem já sabia que ia acabar ficando com uma dor de garganta depois de
algumas tentativas de melhorar seu Jutsu.


Depois de tirar a mão do pescoço,
ele juta as mãos fazendo o selo da ovelha...ele estava moldando seu chakra para
executar o Jutsu. Luks inspira fundo e prende todo esse ar por um instante
enquanto o misturava com seu chakra Fuuton. Depois, liberou-o todo com o máximo
de pressão possível. O resultado foi um “projétil” de ar que saiu de sua boca
em alta velocidade em direção ao céu. Ele seguiu perdendo força até deixar de
existir.


É claro que os treinos de Luks já
estavam dando resultado pois ele já estava dominando o jutsu muito bem, mas o
problema é que aquele jutsu embora fosse poderoso poderia causar danos ao próprio
usuário caso ele não o executasse corretamente ou o executasse muito.


Luks sabia, por isso executava o
jutsu com o máximo de cuidado e dedicação possível para não ter que repeti-lo
muitas vezes.


Uma coisa no jutsu que atraia Luks
era exatamente isso, ele ser difícil e perigoso tanto para ele quanto para seus
alvos.


Sem muito pensar ele repetiu
exatamente as mesmas ações da outra vez, se concentrando o máximo possível na
moldagem de seu chakra para fazer o jutsu o quão mais perfeito fosse possível.


O resultado foi um projétil sem
mudanças muito notáveis porem ele sentia que estava melhorando... talvez fosse
a pratica, que trazia consigo uma certa segurança ou conforto diante da execução.


Ele já começava a sentir um pouco
os efeitos de seus esforços com uma estranha sensação na garganta, que coisa
boa não era.


O Aburame ainda tentou mais duas
vezes melhorar o jutsu antes de sentir que “por hoje era só”; se continuasse poderia
causar danos a ele mesmo, danos imprevisíveis que poderiam ser graves.


Fome.

A única coisa que Luks conseguia
pensar era que de treino com aquele jutsu não valia mais a pena, e o que o interessava
mesmo naquele momento era comer uma bela tigela de Ramen no Ichiraku.


Ele colou as mãos de volta nos
bolsos e saiu andando em direção a vila com o estômago roncando.
[malz ae pela aparencia do texto... com essas linhas quebradas... coisa do word, quando escrevo nele sempre sai assim, e às vezes não tenho animo de arrumar]

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Um treino noturno.


Lá estava Luks fazendo algo que
não era de seu costume.... ele ia fazer um treino noturno.



O Aburame saiu de sua casa ainda
cedo para resolver problemas na vila, jantou e em seguida foi até seu campo de
treino... mas é claro que seu treino não era lá qualquer treino normal, pois
ele tinha um motivo para ir até lá uma hora daquelas;



Ele iria procurar um tipo de
inseto que só saia a noite ( insetos noturno drr) e que não era muito fácil de
se achar, já que eles não eram muito populosos naquela região.






A chegada ao campo


O caminho era muito escuro, porem
não muito difícil já que ele percorria aquele mesmo caminho há anos e acabou
por conhecer “cada palmo” do caminho.



Ao chegar lá não conseguia ver
nada pois a única iluminação era a fornecida pelas estrelas e a lua, o que não
ajudava muito.



“ah, legal... como é que vou
conseguir encontrar um inseto nessa escuridão toda?!”



Enquanto pensava em algum modo de
conseguir encontrar o tal inseto Luks andava em direção ao bosque que fazia
parte de seu campo de treinos... Chegando lá, sua visão que já estava ruim
piorou pois nem as estrelas \ lua podia ver mais, pois as copas das árvores que
tomavam conta do lugar acabaram por tampar os pontos luminosos.






Arrumando uma solução.


“Kuso, é impossível... não vou
conseguir achar este inseto.... mas pelo que sei a esse momento deve estar no
tronco de alguma arvore buscando alimento... sendo assim já tenho um alvo de
procura”



Ao concluir isto, Luks decide se
infiltrar mais para dentro do bosque; com cuidado é claro, pois não conseguia
ver nada e teve que se guiar mais pelo tato e audição mesmo.



Quando sentiu que já estava dentro
o bastante, Luks estende os braços e de dentro das mangas uma porção de kikais
começa a sair lentamente, alguns voando e outros andando em seu braço e blusa.



O acontecimento seguinte é que
depois de uma ordem clara e direta os kikais se separam em grande velocidade
para ajudar a procurar o tal inseto. Era a coisa mais sensata a se fazer, já
que eles, ao contrario de Luks, não dependem da Luks para se localizarem.



O Aburame fica ali parado por
alguns minutos recebendo e enviando informações enquanto seus insetos
realizavam a busca...






Maus resultados


Durante a busca seus kikais
encontraram vários insetos dos mais variados tipos, mas infelizmente nenhum era
o que Luks queria sendo assim ele decidiu mandar mais insetos para ajudarem na
busca... ele queria verificar mais uma vez antes de desistir e voltar para
casa.



E assim foi feito. Ele liberou
mais uma porção de kikais, tão grande quanto a primeira e os mesmos se juntaram
aos outros na busca que de fácil não tinha nada.

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Avaliação
Avaliei seus dois treinos. Não tem nem o que comentar. Totalmente normais. Além, é claro, do ótimo RPG. Mas tive a impressão que você não terminou o seu último treino. =X
Recompensa
Do primeiro treino, você ganha 30% do jutsu Fuuton Atsugai.
Do segundo treino, você ganha 4 em habilidade e 3 em controle de chakra. Por ter feito no evento de halloween, fica 8 em habilidade e 6 em controle de chakra.

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz


Um novo treino

Luks voltava desta vez a seu campo de treino durante
o dia e não à noite como em sua "busca" pelo inseto noturno. Ele
estava animado pois havia feito novos e promissores planos. Desta vez ele
pretendia aprender um novo Jutsu que havia bolado teoricamente e agora tentaria
coloca-lo em prática.
Eram ainda 8 horas da manha quando Luks saiu da vila e foi "correndo"
para seu campo. Ao chegar lá ele se dirigiu novamente ao centro de seu campo,
onde havia um grande espaço aberto; assim como havia feito em vários outros
treinos.


O inicio do treino "diferente"

Ao chegar ao centro do campo gramado Luks decide que não havia mais o que
esperar para começar a colocar seus planos em pratica.
"Tenho certeza de que não terei muito trabalho em fazer isso. É um
comando simples e sei que eles com certeza vão obedecer sem muitos
problemas."
Luks tira as mãos dos bolsos e uma boa quantidade de kikais começa a
sair de pouco ma pouco de dentro das suas mangas... a roupa do Aburame começam
a ficar infestadas de insetos que saem por todas as aberturas ( da roupa). O
comando que Luks estava dando era simples. Inicialmente eles só teriam que sair
de dentro de seu corpo e se dirigir para o exterior. Tal tarefa foi cumprida
com muita facilidade, pois era o comando básico sempre usado quando Luks
decidia usar seus insetos "destrutivos".
Alguns dos insetos começavam a voar ao redor de Luks que imóvel só observava
tudo com calma, pois estava se concentrando bem para passar claramente todas as
instruções.
" Nada mal, até agora parece fácil." - Pensou o Aburame enquanto observava seus insetos saindo
de seu corpo.
Depois de notar que já havia uma boa quantidade de insetos 'para fora', ele
resolve passar para o próximo passo. Agora ele teria que fazer com que todos
aqueles insetos que Haviam saído de seu corpo não ficassem voando ou se
dispersando por quaisquer motivos que seja.
O comando foi dado, Luks deu a ordem para que todos os insetos pousassem
imediatamente sob seu corpo e roupas. Todos os insetos foram obedientemente
seguindo as ordens do Aburame que já tinha bastante experiência com esse tipo
de comando ( dar ordens de direção) e finalmente cobriram seu corpo. O
que havia de errado era que eles simplesmente pousaram sobre ele, mas não se
preocuparam em cobrir toda a superfície do corpo.
"Kuso, assim não... ainda estão deixando
brechas !"

O comando seguinte era indispensável. Luks queria que os insetos se espalhassem
igualmente para poder cobrir todo o corpo sem deixar "buracos". Luks
teve que se concentrar por alguns instantes mas logo todo seu corpo estava
coberto com os insetos. Aliás, todo não. Quase todo, pois ele havia limitado os
kikais a deixar seu Olhos descobertos, para que pudesse obviamente poder enxergar.
"Ótimo, assim está muito bom !"
Luks estava feliz por ter conseguido fazer o que queria, porem ainda teria que
treinar um pouco mais este Jutsu para poder gerar uma maior velocidade na
formação da "armadura".


O segundo Jutsu do Dia.

Depois de executado O jutsu, Luks da uma “liberada para os kikais, fazendo com que os
mesmos se movimentassem livremente. Ele ajeita os óculos com a mão direita
enquanto pensava:


“Bem, isto foi fácil... agora vamos para o próximo !”


Luks movimentava a cabeça observando os kikais que te cercavam e abre os braços
dando a entender que faria um novo movimento. Ele une as mãos em um selo ( não
que o jutsu precise... mas ele quis usar pra moldar melhor o chakra.)


Sendo assim, o movimento ordenado por Luks era pra que os kikais se reunissem em sua frente.
Tal ordem foi obedecida após alguns instantes... mas o que aconteceu no fim era
só um amontoado de kikais voando.



“hummm... tenho que organizar isto.” – pensou Luks enquanto se preparava para seu próprio
movimento.



A ordem de Luks era para que eles começassem a formar algo mais alongado no ar, assim como uma
lança. Claro que ela não era nem um pouco “uniforme” [um monte de kikais voando
só pode dar algo que pareça um cilindro.]



Depois de alguns, na verdade Vários instantes, já que este movimento era mais complexo os
kikais finalmente formaram o tal cilindro.



O próximo passo era escolher um alvo. É ai que o Aburame vê uma arvore próxima, onde uma leve
brisa fazia com que alguma folhas caíssem.



“ Hum... já tenho um alvo.”


Finalmente Luks dá a ordem para que os kikais avancem em direção de uma das folhas.


O movimento é executado com sucesso... ou quase isso. Pois quando saíram em disparada,
acabaram saindo da formação. O que botou tudo a perder.



“Kuso, como pude me esquecer de um detalhe tão importante assim ?! Eu tenho que dar a ordem
de manterem a formação durante o Vôo.”



Luks faz um movimento com as mãos que ia de frente para trás... o que na verdade era uma
ordem para que os insetos voltassem. Em meio a zumbidos e mais zumbidos, todos
estava de volta na frente de Luks novamente.


“Agora vamos la... não quero perder mais tempo com este Jutsu ....”

Os movimentos agora eram repetidos... o Aburame estava tentando re-fazer a técnica.

Ele uni as mãos para que eles se unam em forma de “lança” novamente. E agora, no ponto em que
ele havia errado na vez anterior é que a atenção aumenta mais ainda.


O Aburame da a simples ordem para que os kikais voem na direção das folhas em queda, mas sem
saírem da formação.


O movimento foi cumprido com sucesso mas não foi nada de muito forte ou rápido, ou seja, Luks
ainda teria que treinar bastante ambas as técnicas.


“Hum... pelo menos deu certo.”

O fim do treino e a volta para a vila.


Depois de finalmente ter conseguido executar os dois jutsus Luks vê que não tinha mais o
que fazer e que já havia chegado a hora do almoço... o sol já estava bem no
meio do céu e sua barriga roncava. Era como se o Ichiraku estivesse te
chamando.( modo de dizer).


Luks recolhe todos os seus kikais que estavam pra fora e parte andando calmamente em direção
a Konoha.


Spoiler :
Comentários:
Sobre o pequeno número de tentativas em cada Jutsu... Eu tenho bastante pontos em Habilidade e Controle de Chakra, alem de ter deixado bem claro o quanto estava me concentrando para cada tentativa, ou seja, me concentrei mais em fazer uma boa tentativa do que varias tentativas normais.
Ter aprendido dois Jutsus em um post... O primeiro, da Armadura de Insetos é Rank D, ou seja não tem tempo de espera. O outro é um rank C.
Segue a baixo os dois Jutsus.
Kikaichuu no Tate (Técnica do Escudo de Insetos)
Quem usa: Aburame Luks.
Rank: D
Descrição: É uma espécie de armadura de insetos. O ninja usa os insetos
hospedados em seu corpo para criar uma armadura que dificulta o uso de
taijutsu, já que se o oponente acertá-lo será automaticamente
contaminado pelos kikais e terá seu chakra sugado.
Obs: Por ser um jutsu continuo, ele nao tem o gasto fixo( quanto mais tempo mais ele vai gastando), pois a cada novo movimento o usuário tem que dar uma nova ordem "via-chakra".

Osui no Chi (Formação de Espeto)
Quem usa: Aburame Luks
Rank: C
Descrição: O membro do Clã Aburame faz com que seus Kikais se reúnam
formando uma espécie de lança, que voa em direção ao inimigo
causando-lhe dano ( ou por contusão, ou sugando chakra)
Obs: Esse
jutsu apareceu uma vez no anime, quando Shino lutou contra um ser que
tentava impedir a captura do demónio de três caudas... mas como não
encontrei registros na internet sobre ele, estou eu mesmo criando.

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Avaliação
Bom, seu treino foi normal... Nada pra comentar.
Recompensa
Você aprende os dois jutsus, e começa com:

- 15% do Kikkaichuu no Tate
- 15% do Osui no Chi

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
O dia de folga.
Lá estava Luks saindo mais uma vez do prédio do Hokage depois de uma reunião com outros Jounnins... o assunto a ser discutido em tal reunião fora o dos recentes acontecimentos em Konoha e sobre os alunos dos Jounnins. Luks estava bastante cansado de todos os seus compromissos e o que ele mais esperava aconteceu:

"O DIA DE FOLGA"

No fim da reunião foi passada a noticia que a maioria dos jounnins que ali estavam teriam um dia de folga para fazerem o que bem entenderem. Luks não conseguiu deixar de ficar alegre, pois não era todo dia que algo assim acontecia.

"ah, finalmente poderei dar uma passada nas termas e relaxar por algumas horas"
- pensava Luks enquanto saia do prédio acompanhado de outros três jounnins que também haviam recebido a folga.

Eles continuaram andando juntos por mais alguns quarteirões, cada um contando o que pretendia fazer naquele dia, até que em um certo ponto eles foram se despedindo e se separando. No final das contas lá estava Luks finalmente sozinho.

Get this widget | Track details | eSnips Social DNA

As termas.


A caminhada dali onde estava até as termas não iria durar mais que alguns minutos, então como ainda tinha bastante tempo Luks foi andando calmamente pelas ruas da vila que estavam energicamente agitadas naquele dia. Haviam pessoas passando pra la e pra ca nas áreas comerciais, e pessoas apressadas passando para todos os lados com sacos e pacotes.

Luks não gostava nem um pouco daquela agitação e começou a apertar o passo para sair de vez dali. Ao chegar em uma área mais residencial as coisas estavam bem mais calmas, embora se pudesse ouvir pessoas dentro das casa fazendo faxina ou o que for...coisas do cotidiano.

Em alguns minutos as termas já estavam dentro da vista de Luks, que ansioso tirou as mãos dos bolsos e apertou o passo novamente.
Como se tudo fosse dar certo.

Ao chegar na porta do local Luks foi logo tentando abri-la, mas só depois notou que havia um papel pregado na parede ao lado da porta de vidro. No papel podia-se ler


Fui para casa, volto no fim da tarde


Ao ver aquilo Luks ficou decepcionado pensando - Kuso, bem no meu dia de folga? Não posso perder o dia todo com isso. Quer saber? Eu vou procurar esse cara, e ele vai ter que abrir essa porta pra mim -.-"

Dai Luks se vira e vê o caminho pelo qual havia acabado de chegar.


Ok, mas aonde eu vou achar esse cara? Kuso....
- pensou Luks novamente.

- Já sei, vou ao centro comercial... alguém lá deve conhecer esse cara.


Luks não queria perder seu tempo então tentaria encontrar o dono das termas o mais rápido possível.

Um treino de velocidade.


Tomada a decisão Luks já sabia o que teria que fazer, e sem perder tempo sai correndo ganhando cada vez mais velocidade naquelas ruas vazias para ver se encontrava alguém que pudesse lhe dar a boa informação. É claro que os minutos que ele havia demorado para percorrer toda aquela área quando estava indo para as termas agora se tornaram bem menores, pois toda a velocidade que Luks usava para correr e a "pista" vazia lhe davam grande liberdade de movimento.

Ao se aproximar das áreas que tinham mais movimento Luks foi forçado a diminuir sua velocidade, mas como via que ali só haviam algumas barracas de churrasco e coisas assim o Aburame resolveu que seria mais provável de encontrar algo nos lugares que são ainda mais frequentados.

O problema era que com todas aquelas pessoas no caminho ele não poderia correr livremente e logo acabaria demorando para achar o endereço do dono das termas. Uma ideia lhe surgiu quando viu pássaros pousados na fiação eletrica que passa pela vila através dos postes.


" É isso... o alto..."
- pensou Luks ao perceber que pelo alto das casas seria bem mais fácil de se movimentar.

Sem parar de correr o jounnin mudou o rumo de sua corrida para a direção de um poste próximo e correu sobre ele usando o kinobiri, ao atingir uma certa altura, ele saltou para o telhado de uma edificação próxima. Ele não reparou direito mas parecia ser uma farmácia.

Dali de cima era bem mais fácil se localizar em toda aquela bagunça, ele via as pessoas por cima e conseguia ver todos os estabelecimentos com clareza. Um cheiro veio com o vento e acabou chamando sua atenção. Ele se virou e viu ao longe o Ichiraku.

Hummm, por que não? Sempre tem muita gente lá alguém pode saber quem é o dono do lugar.

Luks saiu correndo o mais rápido que pôde indo em direção ao Ichiraku saltando de telhado em telhado quando necessário. Não demorou mais que alguns instantes para que o Aburame saltasse para o chão en frente ao restaurante. Com a respiração ofegante o ninja agora caminhava lentamente para dentro do restaurante que estava bastante movimentado, eram Ramens pra la e pra cá em meio à aquela nuvem de vapor quente que saia das tigelas.


"Nossa, bem que mais tarde seria uma boa passar por aqui."
- pensou Luks com a boca salivando. Mas agora ele tinha outro objetivo. Ele tinha que conseguir o endereço de qualquer forma. Ele andou até o balcão do restaurante onde perguntou para uma garçonete que estava a pronta a atender os clientes com um belo sorriso no rosto.

- Com liçença, eu preciso de uma informação.


-Uma informação Luks?


-Sim, eu preciso saber onde mora o dono das termas, e pensei que uma moça como você que convive o dia todo com varias pessoas da vila
poderia ter ouvido de alguem onde ele mora... será que estou certo?


-Hummm... infelizmente não sei onde ele mora, mas sei de alguém que pode saber. Procure por Paruko um comerciante ambulante da vila que vende sorvetes em um carrinho. Ele passou por aqui a uns 20 minutos, levando em conta este movimento, não deve estar muito longe.


-Oh, muito obrigado pela informação.


Estas foram as ultimas falas de Luks antes de sair às pressas correndo do restaurante. Assim como havia feito antes, ele subiu nos telhados para assim poder se movimentar e procurar melhor o tal comerciante.

Correndo o quão rápido podia Luks foi passando de telhado em telhado olhando lá para baixo até que depois de alguns minutos viu lá em baixo um guarda-sol preso a um carrinho se movendo em meio a multidão.


"Só pode ser ele, tem que ser !"


Como não tinha aonde aterrisar, caso saltasse dali, Luks teve de correr até um poste próximo que tinha ligação com outro poste do outro lado da rua por meio de cabos eletricos. Luks saiu correndo e saltou para este poste correndo em seguida sobre um dos cabos até o outro lado da rua. Por não estar carregando suas armas, nem nada, não corria o risco de estar pesado demais para o cabo se soltar. Ao chegar do outro lado luks buscou deslizar pelo poste ( usando uma espécie de Kinobiri bem fraco) e chegou ao pedaço de chão vazio que havia ao redor do poste.

Agora ele tinha que conseguir chamar a atenção do comerciante em meio a toda aquela multidão.


- SORVETE! CARA DO SORVETE! -
gritou Luks para chamar a atenção do homem enquanto andava em sua direção em meio a outras pessoas.

Treinado pra isso o homem, como todos os sorveteiros conseguiu ouvir e parou de andar.


-Por favor, o senhor pode me dar uma informação?


- Uma informação? Depende do que quer saber.


- Será que o senhor saberia onde mora o dono das termas? Preciso falar com ele urgentemente.


-Hum, sei sim, mas só lhe conto se comprar um sorvete ! - disse o ganancioso comerciante.


Foi nesse momento que um garoto se aproximava do carrinho para comprar sorvete e ouviu a conversa dos dois dizendo logo em seguida:


- A para com isso. Sério mesmo que vai fazer ele comprar um sorvete só pra dar essa informação? Pode esquecer.


Depois disso o garoto se virou para Luks e disse:


-Eu sei onde ele mora, sou amigo do filho dele e posso te falar de graça.


E em palavras simples explicou ao jounnin como chegar na casa do Dono das termas.

Sem perder tempo Luks voltou pelo mesmo poste de onde veio depois de ter agradecido ao menino, e em seguida saltou para um dos telhados.

" Nossa, como tem gente estranha nesse mundo."
- pensava ele enquanto se afastava.

Dali ele foi novamente correndo pelos telhados até que finalmente depois de alguns minutos chegou até a casa do homem a quem já estava procurando a um tempo.

Foi até a porta e tocou a campainha. Em instantes um garoto mais ou menos do tamanho do que Luks havia se encontrado a alguns minutos antes abriu a porta dizendo:


- Pois não?


-Meu nome é Luks, e estou procurando pelo seu pai... preciso falar com ele urgentemente.


Nesse mesmo instante o menino fechou um pouco a porta, escondendo a mãe que lá atrás estava mexendo em uma instante. Ele deixou só o rosto para fora e disse em voz baixa:


- Ele não esta em casa, mas sei pra onde pode ter ido. Minha mãe não pode nem sonhar com isto.................................


As palavras seguintes assustaram Luks, que não esperava ouvir aquilo. Mas ele agradeceu o garoto e disse que não contaria a ninguém, saindo correndo logo em seguida.

As corridas pelos telhados ainda não estavam perto de acabar, mas alguns minutos depois lá estava Luks parado diante de um outro estabelecimento.

O inferninho.


Acreditem ou não a indicação do menino havia levado Luks para o "inferninho" de konoha.

Não importa. Eu vou achar esse cara de qualquer maneira. - pensava Luks enquanto entrava no estabelecimento.

Ao chegar lá dentro, uma moça de roupa provocante o recebeu com bastante "educação" e Luks disse o que o trazia até ali. Em seguida a mulher o levou até uma sala com várias mesas e um bar, onde reconheceu o homem sentado la no fundo ao lado de uma mulher que enchia sua taça com alguma bebida.

Luks se aproximou dele e disse:


- Senhor, nós temos que conversar.


Depois de ter explicado para que estava ali, o homem achou que Luks era louco e quase começou a rir, mas ao contar como o havia encontrado, o homem pensou duas vezes, com medo de que tal fato chegasse aos ouvidos de sua mulher e decidiu ir até as termas e abrir as portas para Luks.

Os dois se despediram das moças depois do homem pagar a conta e foram com passos largos até as termas.

Tudo ocorria bem, Luks obviamente era o único no lugar alem do dono, mas era exatamente isso o que o Aburame queria: PAZ.

Mais do que normalmente Luks foi entrando pelo lugar até chegar na sala onde os homens tiravam suas roupas e as deixavam guardadas em guarda volumes e pegavam toalhas. Depois abriu a porta de vidro para entrar na área onde se encontravam as deliciosas águas termais.

Ao entrar na água luks se desenrola de sua toalha e vai segurando-a do lado de fora da água até chegar em uma borda que o agradasse e lá deixou a toalha do lado de fora, deitando com a cabeça apoiada na beirada logo em seguida.

O tempo foi passando... Luks foi relaxando... se desligando dos problemas, até que finalmente acabou caindo no sono !

Algum tempo que ele não conseguiu determinar bem se passou e o Jounnin foi acordado pela agitação de seus kikais dentro de seu corpo. Suas mãos e pés estavam enrugados pela água e o vapor de agua quente atrapalhava sua visão, mas ele conseguia ver facilmente que já era noite. Ele se levantou, pegou sua toalha e foi até a sala onde havia deixado suas roupas. Quando foi abrir a porta, se surpreendeu, pois não abriu tão facil quanto da ultima vez.


"ué, emperrou?"
- pesou Luks enquanto botava mais força na próxima tentativa. A porta felizmente abriu e lá estavam suas roupas.( ele sem saber havia acabado de arrombar a tranca.) Ele as vestiu depois de estar seco e se dirigiu para a recepção. Ao chegar lá não viu mais o senhor por detrás do balcão e achou aquilo muito estranho. ao se virar viu um recado preso pelo lado de fora na porta de vidro.

Fui para casa, se quer tanto relaxar, que aproveite a noite !


Imediatamente Luks tentou abrir a porta, mas foi em vão... A porta estava trancada.

O QUE ? AQUELE CARA ME TRANCOU AQUI?


Correndo o quão rápido podia ele voltou para a área das termas e usando kinobiri resolveu subir pelas paredes para sair dali pelo telhado.

Enquanto corria bravo em direção ao Ichiraku, Luks pensava:

Ah, mas esse cara me paga... ele não perde por esperar.

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Avaliação
Aburame Luks, me surpreendeu... Fiquei sem palavras ao ver o numero de palavras de seu treino. Grandinho, né? E conteudo? Super-emocionante... Começei a ler e quando dei por mim, já estava no final... Muito bom, como sempre...
Recompensa
Pelo seu pequeno treino, você ganha:

- 4 em velocidade
- 3 em habilidade

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Esperando.

Era um dia nublado, e Luks estava em casa. Ainda não haviam se passado as 8 horas da manha e Luks já estava de pé preparando seu café da manha... que na verdade de café não tinha nada.


Ele estava parado, olhando pela janela quando o vapor de água chamou sua atenção; seu chá tinha acabado de ficar pronto. Naquele dia frio, não havia opção melhor para ele do que um belo chá verde bem quente. Depois de se servir, abriu a porta do pequeno armario onde guardava alguns alimentos, escolheu e pegou um qualquer.


"Eh... tenho que me lembrar de fazer compras. Já já isso aqui vai ficar vazio."


Depois voltou para onde havia deixado seu chá, pegou-o, deu uma soprada e deu o primeiro gole. Luks não estava se sentindo muito bem aquele dia... havia alguma coisa lhe encomodando... ele pensava muito sobre a missão que tinha feito para negociar com a vila da chuva, e principalmente no desaparecimento repentino de Hayate. Mais do que Natsuke, ele estava preocupado, pois sabia que o Akasuna estaria bem, seja la onde estivesse. Mas o que realmente o preocupava era o porque de ele ter sumido assim e ainda não ter voltado. Pois o tempo que ele havia dito que precisava para conseguir os tais materiais já tinha acabado, mas ainda não havia nem sinal do Jounnin.


"Tomara que Hayate pense bem antes de cometer qualquer erro desnecessário... ações descabidas podem gerar consequencias ruins. E não quero fazer parte dessas."


Luks ainda não havia recebido noticias nem de Hayate, nem da vila da chuva... então a unica coisa que podia fazer é esperar; e isto o deixava bastante nervoso.


Procurando algo para fazer antes do Trabalho.

Depois de acabar de tomar café, Luks arrumou toda a bagunça, lavando e colocando a lousa no lugar. Agora ele se deparava com uma dúvida:
Ainda tinha o resto da manhã livre até que tivesse que trabalhar, mas não pretendia usar todas estas horas somente pensando. Queria fazer algo de util, e pensando nisso resolveu treinar alguma coisa.


" Vejamos... aonde posso ir para treinar algo? Seria bom arrumar um lugar coberto, porque do jeito que o tempo esta, não demora muito e vai começar a chover...
Droga, não consigo pensar em lugar algum que eu possa ter um treino que não atrapalhe alguem, vou tentar em meu campo mesmo tendo que correr."


Depois de decidido o que fazer, Luks pegou suas duas bolsas de arma que mais usava e as encheu somente com os itens que iria usar no treino, deixando de lado quaisquer coisas desnecesárias.
Alguns minutos depois Luks saia de casa armado e com suas roupas tradicionais. Por cima da mesma Luks acabava de vestir sua capa de viajem e fechava a porta.


"Posso precisar dela caso esse céu resolva mesmo desabar..."


Luks saia de casa correndo tão rápido quanto podia, indo em direção ao seu campo de treino. As ruas da vila não estavam muito movimentadas naquele dia, talvez as pessoas assim como Luks estivessem com receio de sair e acabar pegando chuva.

Preparando o treino.

A corrida até o campo de treino durou alguns minutos, até que finalmente Luks chegava ao grande campo aberto em que sempre treinava. Em suas mãos ele carregava algo que não tinha em mãos quando saiu de casa. No caminho para o campo de treino, Luks passou em uma loja e comprou alguns alvos.


"Usar isto aqui vai ser mais util do que acertar em pontos imaginarios nas árvores... com certesa."


Ele agora andava em direção ao bosque que cercava o campo e dentro dele procurava algum lugar onde a mata não fosse muito fechada e que ele pudesse ter espaço para se movimentar. Depois de andar um pucado acaba achando um lugar quase ideal. Era uma pequena área onde as árvores tinham um bom espaço entre elas e tinham galhos bastante contorcidos.


"hump, deve servir... acho que vai ser meio dificil mas não custa tentar."


Luks andou até as árvores encaixando alguns alvos dentre os galhos contorcidos e pregando outros em galhos pontiagudos deixando os algos em lugares bem separados e em distancias diferentes em relação ao ponto inicial que iria arremeçar as armas. Depois de tudo preparado, Luks recuou até um ponto onde todos os alvos estavam de frente para ele... ou quase isto...

Armas ao ar !

Luks começa a se preparar alongando os braços e pulsos, depois disso saca um grupo de 4 shurikens na mão esquerda e quatro kunais na mão direita.


"Vamos começar..."


É neste momento que Luks arremeça 1 shuriken para o alto... depois outra.... depois as duas ultimas ao mesmo tempo. Pode parecer loucura... mas é exatamente dificuldade que Luks estava buscando.
Instantes depois as armas que tinham ido ao alto já estavam caindo e Luks ja preparava suas quatro Kunais para o arremeço, quando a primeira chega na altura que Luks julgou ideal, o Aburame lançou uma kunai com o objetivo de acertar esta Shuriken que caia logo mais a frente. Ele conseguiu acerta-la, mas não do modo que queria... a shuriken foi acertada na berada e logo foi ao chão juntamente da kunai que lhe havia acertado. No instante seguinte a outra shuriken já estava caindo e Luks tenta novamente acertar a kunai no centro da shuriken, mas acaba falhando novamente. A parte mais dificil ainda estava por vir pois as duas shurikens que foram arremeçadas juntas, não estavam caindo assim tão juntas... pois na trajetoria de volta ao solo uma delas havia esbarrado em um pequeno ramo da árvore e atrasou sua decida, alem de ter mudado um pouco a direção. Luks tentou acertar as duas mesmo sabendo da dificuldade... Por instinto resolveu se dedicar mais à primeira que foi acertada com sucesso e acabou pregada num galho de árvore que ficava próximo ao alvo. A segunda realmente estava perdida, pois Luks nem se quer conseguiu acertar a shuriken, quanto mais no centro, e ainda prega-la num alvo.


As outras tentativas.


Luks obviamente não desistiu de tentar depois de ter errado os primeiros arremeços. É claro que ele sabia o quão dificil seria fazer o que queria, e sabia que não ia sair dali pregando todas as shurikens no centro dos alvos...
As tentativas que aconteceram depois daquilo foram bastante parecidas, pois tinham todas o mesmo objetivo, embora Luks variasse o tempo de arremeço das shurikens.

Não acho que seja viavel descrever todas as tentativas uma a uma, pois isso acabaria tornando o texto basntante cansativo e repetitivo, mas digo que o Aburame continuou tentando até que suas bolsas de armas estivessem totalmente vazias.


Resultados finais.

No fim, o cenário que podia ser observado ali, era o de várias armas jogadas ao chão e galhos totalmente enfestados de shurikens e kunais.
Os alvos felizmente foram todos acertados, claro que não estou dizendo que Luks acertou " na mosca" em todos, mas haviam alguns com armas nas beradas e outros mais próximos do centro.


" huh, acho que por hoje já valeu a pena..." -
pensava Luks com a respiração ofengante quando sentiu um pingo de chuva cair em seu rosto.

"Droga !! Já esta começando a chover !!! Tenho que correr !"


O Aburame saiu em disparada correndo pela área catando armas no chão e nos galhos o mais rápido que podia e colocando-as às preças dentro das bolsas de arma. Em alguns instantes todas já haviam sido recolhidas assim como os alvos, mas como Luks as tinha colocado de qualquer modo dentro das bolsas, acabou que o mal jeito fez com que não coubessem todas lá dentro e o Jounnin teve que sair correndo dali carregando algumas armas nas mãos mesmo, enquanto a chuva ficava cada vez mais pesada.
Spoiler :
Por causa dos alvos comprados, eu já subtrai 400 ryous da minha ficha.


Última edição por Aburame Luks [ADM] em Seg Jan 18, 2010 2:18 am, editado 4 vez(es)

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Ótima narrativa e interpretação, eu só achei o treino absurdamente dificil mas deu pra treinar a habilidade com armas... seu dalit Very Happy

Você ganha 5 em habilidade com armas adicione você mesmo...

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Depois de terminada a missão com Harumi, Luks sai do prédio do
Hokage com bastante fome. Convida a garota para comer algo no ichiraku com ele,
mas a mesma diz que não poderia por ter um compromisso marcado. Ele diz que não
tinha problema e que gostaria de mais tarde encontrar com ela para marcarem um
treinamento; visto que a garota tinha dificuldades quando o assunto era
rastreamento.


Depois disso ele vai andando sozinho com as mãos nos bolsos
pensando sobre a missão.


“ Droga, não podíamos
ter perdido aquele cara. Mas e agora? O que será que ele estava fazendo? Tenho
que me lembrar de procurar informações sobre isto com a ANBU. O problema é se
for algo grave... já não estamos em boa situação; nossos aliados se preparam
para nos ajudar, nosso inimigos esperam uma brecha para o ataque... AAAAGGH,
maldito seja...”


Por mais alguns minutos ele caminhou pensando até que finalmente
chegou ao Ichiraku. Entrou e foi se dirigindo diretamente ao balcão, onde tirou
75 ryous do bolso e entregou ao caixa, dizendo que iria querer um Yaksoba. Suas
energias estavam baixas, ele precisava comer bastante para se recuperar. Tendo
feito isso, ele vai até uma mesa e espera ser servido. Come, se levanta,
agradece e depois vai embora.


É saindo dali e indo em direção a sua casa, que Luks passa na
frente da casa da velha senhora que produzia mel para vender no mercado da
vila. Ela estava na varanda, andava de um lado para o outro com uma feição
preocupada. Luks, querendo saber o que aconteceu anda até o pequeno portão da
casa e pergunta:


- Olá senhora, sou
eu... Luks, lembra de mim?


Ela, numa grosseria imensa, se é que podemos chamar assim... se
vira para ele e responde com uma cara fechada:


-Nunca vi mais gordo.


Ele claro levou um susto com a resposta dela. Nunca esperaria
que uma senhora como ela fosse dizer algo assim.


“ Mas, mas, mas... eu não sou gordo o.O”


-Que isso senhora, que
grosseria a sua... não se lembra mesmo de mim? Sou eu, Aburame Luks... já
ajudei muito a senhora quando era pequeno. Se lembra? O garoto que mexia com os
insetos.


Agora a velha sorria e parava se virando para Luks, dizendo:


-AAAAAhhhhh, é você
meu filho ! Me desculpe, minha vista já não é como antigamente... mas minha
memória continua perfeita! Claro que me lembro de você.


“Memória perfeita? O.o Desde quando? Ah... ta... ta... não vou
contrariar.”


-Ah, que bom... já
estava quase achando que tinha se esquecido de mim. Mas a senhora parece aflita.
O que esta acontecendo? Algum problema?


Ela caminha até uma cadeira no canto de sua varanda
vagarosamente e se assenta, voltando a dizer:


-Sabe o que é meu
filho... estou tendo uns problemas com minhas abelhas. Ultimamente minhas
colmeias tem sido atacadas por vespas. Isso esta acabando com minha produção.
Já pedia a Hokage-sama para enviar alguém para me ajudar, mas ate agora nada. E
ainda por cima encontrei algumas crianças envadindo minha casa, acredita nisso?
Ainda bem que as abelhas atacaram elas, se não sabe lá o que elas fariam. Acho
que queriam roubar minhas colmeias. u.u



“ Pera, pera, pera.... Hokage sama? Nós não temos um Hokage.
O.O Ah... as crianças.... devem ter
sido quem os regentes mandaram para ajuda-la. Kuso, essa falta de memória dela
ainda vai acabar dando problemas maiores.”


-Ah, não... não acho
que queriam roubar a senhora. Deviam estar só tentando ajudar, ou sei lá...
provar um pouco de mel. Sabe como são essas crianças né? Mas me diga uma
coisa... essas vespas, estão incomodando a senhora desde quando?


-Que vespas? Ah,
sim... as vespas. Faz mais de uma semana, elas estão aparecendo cada vez com
mais frequência e em maior numero. Acho que se não resolver isso logo acabarei
tomando prejuízos graves na produção.


Luks tira uma das mãos dos bolsos e ajeita os óculos enquanto
diz:


-Ah, se a senhora
puder me ajudar dando mais detalhes sobre isso... sobre que tipo de vespas são
acho que posso fazer algo a respeito.


-Ah sim meu querido
venha, venha... nem todas as vespas conseguem se safar de uma nuvem de abelhas
sabe... encontro algumas pelo gramado de vez em quando.


Depois disso, Luks pede licença abre o portãozinho entrando na
casa da senhora. Ela o guia até um gramado onde ficavam todas as caixas que
portavam as colmeias. Dali os dois procuraram pelo chão ate encontrar algum
‘cadaver’ de vespa. Claro que ela não conseguia achar nem o próprio nariz, mas
Luks com os olhos treinados na busca de insetos conseguiu encontrar um.


“Hummmm... já vi isso
antes. Como eu esperava, é uma das espécies que vive na redondeza. Acho que vi
um livro falando sobre isso na biblioteca de meu pai.”


- Então senhora, agora
preciso passar em casa para pesquisar um pouco e tenho uma ideia para que possa
resolver seu problema. Mais tarde passo aqui trazendo-lhe uma solução, se assim
for possível.


Sendo assim Luks se despede dela e sai andando em direção a sua
casa, que já não estava tao distante dali. Ao chegar lá encontrou-a vazia e se
encaminhou diretamente para o escritório de seu pai, onde na estante de livros
pegou uns dois ou três para a pesquisa. Depois de alguns minutos ele finalmente
encontra em um dos livros uma espécie que parecia ser igual a que estava
atacando as caixas de mel.


Procurando mais detalhes ele foi descobrindo exatamente o que
ele precisava. Agora sabia que normalmente elas se abrigavam no topo de árvores
altas e que sempre se moviam em bandos não muito grandes ( comparado aos outros
insetos que vivem em grupo), etc.


“Hum, agora tenho que achar de onde vêm essas vespas...
provavelmente estão em alguma arvore do lado de fora da vila. Mas não devem
estar muito longe, então já ate sei onde posso acha-las...”


Eis que agora, terminada sua pesquisa Luks fecha o livro e o
guarda na estante junto com os outros dois que tinha pegado, saindo de casa
logo em seguida. O caminho de sua casa até sair da vila para poder procurar do
lado de fora era consideravelmente grande e por isso ele acabou gastando
bastante tempo. Depois da longa
caminhada, la se encontrava Luks, do lado de fora da vila, próximo ao muro. Ele
olhava para aquele ‘ mar de arvores’ e pensava:


Como é que eu vou conseguir achar isso aqui?


A situação não estava tao difícil para ele, pois usando um artificio
de logica ele demarcou uma “ área de possibilidades “ de onde poderiam estar as
vespas, levando em conta que estes insetos não fariam uma grande viajem toda
vez que fossem precisar de comida. Eis que o Aburame se comunicando com os
insetos dentro de seu corpo decide pedir ajuda para os mesmos. Ele une as mãos para
a execução de selos enquanto os insetos começam a sair de seu corpo.


-Muchi Bunshin no
Justu !


Assim, dois clones se formam ao seu lado e Luks se vira para
eles dizendo:


-Vocês já sabem o
que viemos fazer aqui. Me ajudem a procurar pelas vespas, indo cada um para um
lado e eu pelo meio.


Os clones assentiram fazendo um sinal com a cabeça e logo se
afastaram indo um para a direita e outro para a esquerda. Luks por sua vez se
virou em direção a floresta e sem mais demora adentrou dentre as árvores a
procura das vespas. Embora soubessem onde elas provavelmente estavam, a procura
ainda foi difícil , pois a mata fechada abria uma infinidade de lugares possíveis
para elas estarem. Foi olhando de árvore em árvore que em um determinado
momento o Aburame original ouve um zumbido no alto. Ele sabia que não eram seus
kikais, pois haveria acontecido comunicação entre eles... assim ele saltou para
cima de um galho próximo ( usando kinokiri se for preciso) e parte em direção
ao som que havia passado por cima de sua cabeça. Ao passar para uma área mais
aberta da floresta ( quase na saída) ele avista um pequeno enchame de vespas
voando na direção dos muros.


“Aha, achei vocês...”


Tendo em vista os alvos, ele avisa para os kikais que formavam
os clones, para que se separassem e que podiam voltar até ele. A chegada ao
muro foi uma parte ‘trabalhosa’ para
Luks, que teve que dar um grande salto em direção ao muro usando Kinobiri logo
em seguida para poder subir o mesmo correndo. Dali as vespas acabaram ganhando
uma certa vantagem de distancia, pois não tinham que lhe dar com os obstáculos impostos
ao Jounnin.


“ Eh, vou ter que acelerar...” – pensou ele enquanto saltava o mais
longe possível para alcançar alguma edificação ou monumento próximo ao muro.


Dali Luks seguiu correndo por cima de telhados e saltando por
cima de postes ou coisas do tipo, tendo sua visão focada no pequeno grupo de
insetos que ainda não haviam percebido que estavam sendo perseguidos ( cérebro de
vespa xD). Algumas ruas se passaram ate que os insetos que haviam formado os
clones já se aproximavam de Luks. O Jounnin por sua vez ao ver os insetos teve
uma ideia.


“Já sei como vou pegar essas coisas...”


A ideia dele era simples... ele usaria de seu novo Jutsu: Usui
no Chi ( formação de espeto ) para acertar as vespas, mas não mata-las, e sim
fazer com que seus kikais as “ impossibilitassem de lutar ” trazendo-as para
junto dele durante o caminho. Claro que isto não seria tao fácil, levando em
conta que ele teria que continuar perseguindo elas e ainda acerta-las .


Sendo assim o Aburame continuou a correr tentando se aproximar o
máximo possível do grupo e utilizou: Usui no Chi (
formação de espeto) em direção ao grupo de vespas para executar seu plano.


Duas tentativas ocorreram bem, mas claro que não pegavam todas
as vespas, pois ao perceberem o ataque elas se afastaram umas das outras
tornando impossível captura-las usando somente um ataque. Para piorar as
coisas, Luks acabou se distraindo e QUASE caiu, ao passar pelo topo de um
poste. Sua sorte foi que conseguiu segurar em uma das fiações elétricas antes
que fosse tarde. ( levando em conta que não existe diferença de potencial, ou
seja ele só estava enconstando naquele fio, o Aburame não toma choque.) Usando
da inercia de seu movimento anterior, o que ele fez foi pegar impulso como se
faz em uma barra de ferro paralela ao chão. ( foi difícil compreender essa
cena?) indo parar na parede de uma edificação que ficava logo a frente. Na janela estava uma mulher que aparentava
ter uns 40 anos de idade e estava lavando louça. Ao olhar para a cara da mulher Luks percebeu o susto que
ela tinha levado e de como ela deveria estar achando que ele era louco.
Rapidamente ele pede desculpas e acaba de subir pela parede ( usando o kinobiri
que é obvio, foi ativado quando eu disse que ele parou na parede da
edificação.) Seus insetos pairavam sobre ele no telhado da edificação como se o
estivessem esperando, e logo retomam a corrida.


Este atraso atrapalhou bastante o Aburame que agora teria que
correr muito mais rápido para tentar alcançar as vespas. Eh, agora não existe
muito a dizer além de como ele teve de correr como nunca para conseguir alcançar
as vespas e usar seu jutsu ( Usui no chi) para “Capturalas”. Esses movimentos
se repetiram até que ele se viu chegando ate a casa da criadora de abelhas. Não
haviam muito mais vespas e ao chegar lá elas não teriam escapatória, seria o “fim
da linha”.


Quando finalmente o Jounnin aterrissou no gramado onde ficavam
as caixas de abelha, ele precisou de não mais que dois usos da técnica para
capturar as vespas restantes. Feito o trabaho Luks se vira para a casa e vê a
velha abrindo a porta.


“Olha, que legal... ela vai vim me agradecer!”


Eis que Luks vê a velha com uma vassoura na mão, “correndo” o
mais rápido que podia na direção dele e gritando:


-LADRAO, LADRAO !!!
SAAAAI, DEIXA MINHAS ABELHAS EM PAZ !!!!!!!


Luks por sua vez recua ficando atrás de uma caixa de abelha para
que a velha não conseguisse acerta-lo enquanto dizia:


-Calma, calma ! Sou
eu denovo, Aburame Luks ! Eu estava só resolvendo o problema das vespas para a
senhora !


-Que vespas seu
maluco!? Acha que vai conseguir me enganar? – de repente a velha para – Oh droga... as vespas. É mesmo... me desculpe Luks eu já tinha me
esquecido dessas malditas.


Luks fica olhando pra ela com uma cara de WTF até que seus
insetos começam a entrar novamente em seu corpo, ficando para fora somente os
que carregavam as vespas impossibilitadas.


-Não se preocupe...
já consegui pegar todas... que vinham te atacar, agora vou voltar para a
floresta e ver onde elas estão abrigadas, tenho uma ideia para que elas não
voltem a te atormentar.


[Continua...]


( eh, acho que ta na hora de parar... acabou ficando muito grande. Juro que tentei não
exagerar e deixei algumas coisas pro próximo treino... assim fica menor.
Peço desculpas novamente pelas linhas quebradas, mas é que quando passo do word pra cá, o fórum faz isso.)

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz


Continuando...

( o foco deste treino é na armadura de insetos)

Depois de ter dito á senhora que
tinha um plano Luks se despede e sai caminhando dali. Agora ele partia por
entre as várias ruas até sair pelo
portão principal da vila onde trocou poucas palavras com dois guardas que lá se
encontravam. Dali ele se direcionou para onde viu as vespas pela primeira vez,
mesmo sabendo que elas não tinham vindo exatamente de lá.

“Se da primeira vez eu as vi aqui, isso só pode significar
que elas não “moram” muito longe.”

Sendo assim, por pura lógica ele
começa a fazer o caminho inverso do qual tinha visto as Vespas se movimentando.
A mata fechada dificultava bastante o
trabalho do Aburame que por sua vez preferiu recorrer à ajuda dos seus insetos. Esticando um dos braços, os pequenos kikais
começaram a sair de sua manga andando por entre seus dedos sujos ( por causa do
treino anterior) até que desordenadamente começam a levantar vôo e se afastar.


Vários minutos depois andando
pela mata com os olhos atentos passando de galho em galho, Luks recebe a
mensagem de seus ajudantes de que aparentemente tinham encontrado a moradia das
vespas. Desprendendo-se da concentração que levava até aquele momento, ele
parte dali em direção ao sinal que recebia. Ao chegar lá o Aburame não
conseguiu identificar de primeira onde estava a colmeia, mas logo identificou
algo num tronco que se não estivesse com o intuito de achar, nunca teria visto –
pensou Luks.

Era um aglomerado de terra, que
presa ao tronco estava praticamente invisível, exeto pela pequena movimentação
que conseguiu identificar em um dos buracos da estranha moradia.


“Hum, interessante. Até que não foi assim tão difícil de achar.”

Agora o dilema que atormentava o
Jounnin era o de como ele faria para conseguir evitar com que as vespas voltassem
a atacar a criação de abelhas na vila. Levando em conta que seu plano inicial
era de arrancar a colmeia da árvore e coloca-la em outro lugar, ver que ela era
feita de terra e que estava presa num tronco atrapalhava bastante todos os seus
planos. Observando a grossa casca da árvore foi que Luks pensou em uma saída.

“E se eu arrancar a colmeia junto com a casca onde ela está presa?
Talvez dê certo. Mas é obvio, quando elas perceberem minha aproximação vão
acabar me atacando, mesmo se tal
aproximação for a dos Kikais. Ai sim teremos uma briga.”

Acabando de arquitetar seu plano
foi que Luks teve a ideia de fazer com que uma pequena porção de kikais
entrassem pela parte de dentro do tronco (sim,
fazendo uma espécie de túnel nele) e assim começassem a arrancar a parte
da casca onde estava presa a colmeia pela parte de dentro e dali a ideia era
levar a colmeia para longe, mesmo sabendo que iria ser perigoso.


Tendo colocado seu plano em
pratica Luks observava os resultados afastado do local por mais ou menos uns 4
metros. Tudo corria bem até quando seus insetos já estavam quase terminando o
serviço e as vespas ao terem percebido a ação começaram a mobilizar uma ação de
defesa. Tentando evitar que seu plano fosse por agua a baixo e aproveitando
para treinar um de seus novos Jutsus, Luks da alguns passos para frente e de
peito aberto e braços esticados uma considerável quantidade de kikais começa a
sair de dentro de seu corpo para o meio externo, fazendo o máximo de barulho possível;
o que chamou a atenção das vespas que saiam da colmeia.

Luks, naquele momento estava
usando seu novo jutsu
Kikaichuu no Tate que funcionava como uma proteção de curta distancia para
ele. Basicamente falando ele é uma armadura feita com os insetos, que
simplesmente cobrem totalmente a superfície do corpo do Aburame defendendo-o de
quaisquer ataques deferidos contra o mesmo.

Tendo feito isso, as vespas que
partiam para o ataque já estavam praticamente “ em cima ” dele, que começava a
recuar e fazer alguns movimentos para desviar de alguns rasantes ( estranhos
por assim dizer) feitos por algumas vespas enquanto mantia sua técnica. Com sua
movimentação a cobertura de insetos às vezes se desfazia em alguns pontos e
coisas do tipo, mas logo voltavam a suas posições originais enquanto outras
partes evitavam ataques constantes feitos pelas vespas, claro que estava
ocorrendo “perdas” dos dois lados, mas isso era inevitável. O fato era o
seguinte: Enquanto toda essa briga que durou vários minutos ocorria, os insetos
que estavam no tronco da árvore terminaram de executar a ordem que lhes foi
dada e já estavam carregando a colmeia no ar, porem com bastante dificuldade.
Claro que visto isso, Luks fez com que mais kikais fossem dar auxilio a esses
que estavam carregando a colmeia. Tendo saído de sua armadura os kikais que
foram enviados como apoio, agora ele tinha menos insetos disponíveis para sua
defesa fazendo assim com que tivesse que se concentrar mais nas ordens feitas
em relação a distribuição dos insetos sobre sua superfície. Ele continuava
recuando e se movimentando enquanto seus insetos levavam a colmeia para longe; passando
mais alguns minutos os kikais já haviam tomado uma grande distancia com a
colmeia e ao ser informado disso, Luks ordenou que eles a deixassem encostada
em algum tronco de arvore de modo que ficasse mais ou menos na mesma posição
que eles haviam encontrado.

Ao receber a confirmação de que
sua ordem tinha sido cumprida, Luks sem pensar duas vezes usa
Shunshin no Jutsu afastando-se o máximo e mais rápido possível de onde
estava enquanto desfazia seu jutsu da armadura de kikais.


“Fim de treino” – pensou Luks
agachado sobre o tronco de uma árvore.



Depois dali ele parte caminhando
de volta para Konoha, e obviamente todos os kikais usados nesse treinamento que
ainda estivessem vivos voltaram para o corpo do Aburame. Chegando na vila ele
vai até a casa da senhora avisar sobre sua tentativa e pedir para que se não
tivesse funcionado ela o avisasse. Máááás, como já era de se esperar a velha
simplesmente olhou pra ele com uma cara estranha e perguntou do que ele estava
falando.


“Aff, quer saber? Deixa pra lá... ¬¬”

descriptionRe: Campo de treino de Aburame Luks

more_horiz
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum