Naruto Revo Online


 
PortalInícioRegistrar-seConectar-se
Hey... quanto tempo faz que seu personagem não come? Evite as penalidades por desnutrição... visite o Ichiraku com frequência, lá seu personagem pode se recuperar em instantes !
Sempre lembre de remover itens descartáveis de suas fichas quando os mesmos forem usados. Seja honesto consigo mesmo.

Compartilhe | 
 

 Campo de Treino - Hayate Akasuna

Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3
AutorMensagem
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de Treino - Hayate Akasuna   Seg Out 29, 2012 10:23 am

Analise:

Muito bom o treino Hay, não tenho muito a comentar apenas que continue assim xD

Recompensa:

3 Habilidade +4 Habilidade com armas +10 Katana +5% Wakizashi
Voltar ao Topo Ir em baixo
Akasuna no Hayate
Jounnin
Jounnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 170

MensagemAssunto: Re: Campo de Treino - Hayate Akasuna   Sab Jan 31, 2015 8:14 pm

Hayate despertava sacando sua wakizashi com a mão esquerda e um pergaminho os posicionando a frente, olhava em volta um pouco confuso, e então via a fonte do que o havia acordado, uma dupla de pássaros brigava num galho próximo por algum inseto. Respirava fundo.
“Acho que cochilei um pouco mais profundamente do que pretendia.”
Ele se endireitava no galho onde estava em uma das árvores que rodeavam a clareira do local que utilizava para treinar jogando as pernas para fora e as deixando penduradas, guardava suas coisas e balançava a cabeça para espantar o sono.
-Essa agitação dos últimos tempos estão acabando comigo, pelo menos me esforço menos sendo claramente acompanhado sempre...-
 Dizia num tom casual, conversando consigo mesmo apenas. Balançava as pernas um pouco e saltava para o chão, aterrissando agachado olhando em volta.
“Ótimo, já descansei o suficiente, aproveitar esse pouco tempo livre que tenho para algo mais produtivo”
Caminhava pela clareira estalando os dedos, até se afastar o suficiente das árvores. Fazia o selo do boi e logo ao seu lado a terra levantava rapidamente tomando sua forma, num instante o clone idêntico ao original estava lá. Ele sorria e olhava para o clone.
-Bom, treinaremos com tudo, certo?- Hayate dizia jogando duas kunais para o clone que concordava e logo dava alguns passos para trás.

Com um sinal de positivo com a cabeça, o clone começava a avançar rapidamente, Hayate retirava então em um único movimento a katana e a wakizashi das bainhas, mantinha a wakizashi virada para baixo na mão esquerda enquanto a katana numa posição normal com a direita. O clone chegava e atingia a katana que Hayate utilizava para aparar o golpe, logo utilizando a outra mão para atacar de mais perto, porém Hayate também aparava o golpe com a wakizashi, que por ser menor, não precisava de tanto espaço para utiliza-la bem.
“ A maioria quando chega ao ponto do corpo-a-corpo, utiliza das kunais, então tenho que treinar mais isso. Elas são meu elemento surpresa e arma principal, além das emboscadas, tenho as utilizado apenas com inimigos mais perigosos ou que eu tenha uma clara desvantagem física, então preciso aprimorar um pouco mais o resto”
Enquanto pensava, continuava a defender os golpes desferidos pelo clone sempre mantendo a atenção.
Como clone, seus movimentos seguiam quase o mesmo padrão de Hayate e isso tornava a luta bem equilibrada. Hayate então se aproveitava do maior alcance das suas armas. Em um golpe mais certeiro, a wakizashi cravava no braço do clone, que mesmo ferido, lançava a kunai da mão machucada apenas com o movimento do pulso, passando assim de raspão no braço de Hayate e em um segundo de distração o clone aproveitava para tentar encurtar mais a distancia e acertar o braço dele. Com um reflexo abaixava-se largando a wakizashi e chutando a perna do clone que perdia o equilíbrio e antes de atingir o chão, era golpeado pela katana nas costelas, atingindo o chão já se desfazendo em terra.
“ Ainda nada bom...” Olhava para o braço, mas havia apenas rasgado um pouco a manga de sua camisa e marcado uma leve linha onde a lâmina tinha passado, mas não profundo suficiente para sangrar.

-Desse jeito não posso confiar muito ainda em situações mais sérias- Dizia olhando as duas lâminas. – Vamos esquentar as coisas novamente-

Fazia o selo do boi novamente, dessa vez erguendo dois clones ao mesmo tempo. Os clones pegavam cada um uma kunai que tinha ficado no chão e se afastavam um pouco. Hayate assentia e eles avançavam ao mesmo tempo.

Ele erguia as duas lâminas agora para frente e avançava contra os clones, os dois ficavam juntos no ataque, mas se posicionando a frente. Hayate não demonstrava muita dificuldade em acompanhar o movimento dos dois simultaneamente, se movimentando para aparar os golpes e golpear de volta. Ainda estava se acostumando também com a disposição diferente das lâminas que possuíam comprimentos distintos, assim precisava estar atento ao alcance dos seus golpes com cada mão, mas isso se tornava cada vez mais fácil, estava acostumado a lutar com as marionetes em distâncias maiores e diferentes, só precisava se acostumar a calcular isso instintivamente numa distância curta o que percebia aos poucos estar ocorrendo, só precisava de mais treino nesse estilo. Os clones conheciam seus movimentos, o que tornava a luta mais difícil.

Hayate fazia um selo ao se afastar e então se posicionava para defesa, os clones hesitavam um pouco e então atacavam, Hayate defendia o primeiro com a katana, deixando a kunai deslizar pela lâmina até chegar na metade dela, para então girar a lâmina para fora, jogando o braço do clone para longe do seu corpo, enquanto isso rebatia o outro clone usando a wakizashi que agora estava virada para baixo, fazendo um movimento de baixo para cima, batendo com força lâmina com lâmina, assim que o clone se afastava girava a wakizashi na mão cortando na vertical de cima para baixo o lado do corpo do clone no qual havia desviado com a katana e então cortava a cabeça do clone fora com o movimento na horizontal da katana que estava agora de lado depois de afastar a kunai. Ao invés de sangue, jorrava poeira para o lado.

Ele se encontrava com os braços meio cruzados quando o outro clone dava uma estocada na direção do ombro de Hayate (sempre para passar de raspão) que desviava para baixo, mas não havia tempo para se abaixar. Então o clone percebia depois de ser pego de surpresa com Hayate desviando que ele havia literalmente afundado na terra.

-Doton - Dochuu Eigyo no Jutsu- Hayate dizia agora apenas com metade do corpo para fora e então abria os braços cortando a cintura do clone enquanto afundava totalmente na terra.

Se movia ainda com um pouco de dificuldade se afastando do local onde estava e só então voltava à superfície olhando o local onde esteve vendo apenas um monte de terra e a kunai no chão. Sorria.
Caminhava até o local recolhendo as kunais e guardando as armas nas bainhas. Andava agora até perto das árvores e se recostava em uma, olhando para o céu. Não estava tão cansado, mas a última jogada tinha sido arriscada e sabia que estava com sorte de serem apenas clones.

Antes de ir embora, retirava seus pergaminhos e os espalhava pelo chão, colocando as mãos para frente. - Kuchiyose – Kugutsu – suas  marionetes principais apareciam, ele as observava, estavam um pouco sujas devido as últimas atividades e lembrava de um dos braços da Blade estar meio desregulado. Se levantava do chão e ia até ela, começaria a limpeza e os pequenos reparos com ele e faria isso com todas as outras.

“Posso estar treinando outras coisas, mas vocês ainda são minhas principais parceiras..”

Passaria um tempo ali cuidando delas e relaxando com a calma do campo que não podia aproveitar tão frequentemente para só então ir embora para casa e aguardar as novas ordens.

Jutsus:
 

Habil Passiva:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Campo de Treino - Hayate Akasuna   Dom Fev 01, 2015 10:38 am

Avaliação

Foi um treino simples e até que rápido não demorou muito tirando o tempo que ficaria ali fazendo a manutenção na marionete. Mas faz tempo que não treina, ta desenferrujando ainda srsrs

Recompensa

+10% Doton - Dochuu Eigyo no Jutsu +2 Habilidade +3 Mecânica de Marionetes
+5% Katana +5% Wakizashi
Voltar ao Topo Ir em baixo
Akasuna no Hayate
Jounnin
Jounnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 170

MensagemAssunto: Re: Campo de Treino - Hayate Akasuna   Dom Fev 01, 2015 4:57 pm

“ASUKAAaa!!!!”

Hayate dava quase que literalmente um salto da cama, suas mãos tremiam, mas era possível ver os dedos brilhando em azul da intensidade do chakra, Karasu balançava de leve perto da cama, pronta para ação apoiada no chão, ele estava suada e ofegante. Olhava rapidamente em volta como se procurasse alguém, mas não havia nada, nenhum som além da sua respiração pesada.

“Droga, mais um pesadelo... ”

Sacudia a cabeça para espantar os pensamentos, ainda não tinha idéia de quem eram aquelas pessoas atrás dele e muito menos o que queriam com aquilo... Relaxava os dedos e Karasu voltava à posição sentada ao lado da cama, sem vida.

Após o banho e um lanche rápido e leve na própria casa, pegava seus equipamentos e saía, queria se distrair o máximo possível, os pesadelos ainda o assombravam durante todo o caminho, muitas perguntas e nenhuma resposta. Se sentia um pouco desamparado sem saber com quem podia falar sobre isso, estava receoso sobre o que poderiam pensar na vila, como se não bastasse ter supervisão de cada coisa que fazia.

-Kuso... esses dias mais parados estão me deixando muito tempo com a cabeça livre demais- Dizia sozinho, estava começando a se acostumar com esse hábito recém adquirido.

Mantinha o ritmo de caminhada rápida com alguns momentos de corrida como fazia normalmente, assim acelerava o possível e mantinha um ritmo no qual não se cansava tão facilmente. Chegava rápido a floresta e ia até o ponto que utilizava para treinar. Quando no local, caminhava para o centro da clareira e largava tudo no chão, pergaminhos, armas e etc. Pegava do bolso pedaços de pergaminho rabiscados e desenhados, os observava por uns instantes e então rasgava tudo, guardando num dos bolsos os pedaços parar mais tarde queimá-los.

“Ainda não está bom...”

Respirava fundo se concentrando um pouco, cruzava as pernas e iniciava uma leve meditação, deixando fluir os pensamentos até desaparecerem e tudo ao redor sumir. Ficava alguns minutos ali, fazia isso para limpar a mente e focar no que era necessário, ficar remoendo esses pesadelos não fariam bem a ele. Passando-se cerca de meia hora, ele abria os olhos já numa postura completamente diferente e relaxada, voltava à expressão neutra que tentava manter sempre. Rolava 4 dos pergaminhos no chão e rapidamente invocava suas marionetes, no meio de uma fumaça rápida elas apareciam. Fazia um selo de mão e então dessa vez 3 clones de terra emergiam na sua frente.

-Tsuchi Bunshin no Jutsu-

Estalava os dedos logo após se equipar novamente e os movia rapidamente, como num passe de mágica 3 das marionetes ganhavam vida. Sanshouou, Karasu e Kuroari. A Blade estava lá, mas Hayate falava para cada clone pegar uma das katanas dela, ela não seria usada no treino, os clones pegavam cada um uma katana e se separavam ficando espalhados pelo campo, Hayate se posicionava logo atrás da Sanshouou e movimentava as outras duas pela sua frente na diagonal.
Os clones começavam o ataque, Hayate se mantinha imóvel, Karasu deslocava os pulsos revelando as lâminas e fazia o som característico das marionetes batendo partindo para cima do que vinha mais a direita, Kuroari parava no caminho do outro clone da ponta esquerda esperando que ele a encontrasse. Sanshouou ainda não se movia um centímetro, Hayate observava o movimento de cada um deles.
O da direita encontrava Karasu e se defendia com a katana o melhor que podia, os braços dela se movimentavam rapidamente enquanto a marionete dançava no ar atacando impiedosamente. Kuroari agora era desviada sempre que o clone tentava passar por ela, mas sem escolha ele atacava tentando acertar a marionete para abrir caminho, ela porém apenas aparava os golpes, deixando que a katana acertasse as serras nos seus braços. O clone do meio passava correndo na direção da Sanshouou, sabia do ataque principal dela com a rajada de fogo, mas estava esperando por isso, porém Hayate nada fazia, quando o clone chegava na marionete, ele pisava na cabeça dela e se preparava para passar por cima quando o escudo de suas costas era erguido, o clone apoiava os pés nele e saltava mais ainda pra cima, estando em pleno ar, a Sanshouou abaixava o escudo dando uma cambalhota, a longa calda indo na direção do clone que tentava usar a katana para se defender, porém ela pouco antes de atingir o alvo, revelava os espinhos na ponta de sua calda arredondada e num golpe continuo atingia a katana e ia com toda força para o chão, direcionando o clone e o esmagando logo em seguida com a força do golpe.

A poeira subia enquanto a Sanshouou se desvirava no chão e apenas a katana sobrava, os outros dois clones ainda lutavam para passar pelas marionetes, um dos clones como também conheciam bem as marionetes, conseguia fincar a katana numa das juntas da Kuroari que expandia o tronco para capturá-lo e ficava presa com o seu baú aberto, dificultando os movimentos. Chutava a marionete para longe que estava com a movimentação prejudicada, Hayate a deixava um pouco de lado e a ia puxando para perto aos poucos.
Karasu ainda golpeava ferozmente o clone que se mantinha concentrado para não ser atingido, os movimentos das marionetes costumavam ser um pouco imprevisíveis já que podiam movimentar os braços em qualquer direção e forma.

Hayate ainda mantinha a expressão impassível, concentrado em tudo que acontecia. Enquanto o clone que enfrentava Kuroari se aproximava agora, ele abria a lâmina na boca da Karasu também além das que estava utilizando e a dividia assim que uma das lâminas era defendida pelo clone, assim sendo atacado por todos os lados e não tendo tempo de desviar, a marionete entrava com as lâminas na terra e caía junto do monte onde ficava o que antes era o clone.

O último agora finalmente alcançava a Sanshouou e estava passando por ela, Hayate balançava uma mão a posicionando nas costas na bainha da katana e com a outra fazia um movimento mais brusco como se tivesse puxando algo. O clone atingia seu objetivo e golpeava de cima para baixo com a katana, que era aparada com a própria katana de Hayate e os dois medindo forças, o clone estava com a vantagem de usar as duas mãos, mas mesmo com a mão teoricamente livre, o original tentava se defender usando a katana apenas com uma das mãos, o clone se vendo com a vantagem ainda forçava um pouco, mas então se desfazia em terra liberando a pressão e soltando a katana. As partes soltas da Karasu caíam no chão também. Hayate havia puxado sua marionete ainda com as lâminas posicionadas e atacado o clone por trás.

Hayate se endireitava e guardava a katana na bainha, movia agora os dedos habilmente recolocando a Karasu no lugar e a Sanshouou para perto, puxava a Kuroari e então apenas puxando sem tocá-la, recolocava as coisas no lugar e ela se endireitava, apenas não havia tempo de deslocá-la durante o combate.

Ajeitava suas marionetes em linha e então passava uma por uma ajeitando e limpando o que dava por cima, afinal, estavam atacando coisas de terra e não podia deixar tudo cheio de poeira. Depois da limpeza, finalmente as guardava, não estava tão cansado ainda e iria treinar mais um pouco.

Liberava as marionetes as fazendo voltarem aos pergaminhos e então os guardava. Blade ainda continuava lá no mesmo local inicial. Ele recolhia as katanas e as guardava na marionete, a pegava de lado utilizando seus equipamentos para ajudar a dar apoio e caminhava até o local onde lembrava ter um lago pela floresta. Continuava os passos lentos mesmo quando começava a andar sobre a água utilizando o mizu kinobiri sem mudar o ritmo. Utilizava do Kugutsu no Jutsu e mantinha a Blade em suas costas sem precisar segurá-la de fato. Com uma das mãos a controlava e fazia um selo com a outra, fechando seus olhos.

-Kugutsu Ninpou – Miru-

Ele então abria os olhos, sua visão estava meio embaçada, mas estava claramente acima de onde havia fechado os olhos, tentava mover a cabeça para baixo e nada mexia, mesmo sabendo que havia feito o movimento. Movia os dedos e então a visão abaixava, vendo a si mesmo de cima. Ele estava vendo através dos olhos da Blade.

“Ótimo, mas ainda anda um pouco embaçado”

Essa visão era completamente diferente, dava uma nova perspectiva no controle da marionete, mas esse era seu dom, movimentava a marionete como queria, quase como se movimentasse a si mesmo e então a lançava para a margem, passando flutuando sobre a água e parando na terra, girava a marionete olhando para si novamente e via que estava imóvel no mesmo lugar, apenas movimentava os dedos controlando a Blade. Era uma sensação estranha, havia treinado um pouco com isso, mas ainda não estava tão acostumado, embora fosse algo instintivo movimentar as marionetes.

Fazia com que a Blade rodasse todo o lago e se movimentasse próxima das árvores, ainda não iria utilizá-la para mover a si mesmo de olhos fechados ainda mais com a visão ainda sem estar perfeita. Depois de alguns minutos apenas movimentando, fazia a Blade retirar as espadas e então atacava pequenos galhos apenas para testar sua precisão, mas ainda não estava muito bem até conseguir ajeitar a visão. Fazia mais alguns movimentos com as espadas, era um pouco complicado não ter a visão de fora em que conseguia ver tudo amplamente, mas seria útil em diversas ocasiões. Não sentia os impactos na marionete como tinha a sensação que iria acontecer, apenas as vibrações das linhas de chakra como sempre. Usar essa técnica não era fácil, mas estava se saindo bem concentrado como estava, ainda se obrigava a manter o fluxo do mizu kinobiri e do kugutsu.

E então finalmente cansava, fechava os olhos e os abria agora com sua visão normal que focava aos poucos. Deixava Blade na margem e andava até ela. Se jogando literalmente ao seu lado e olhando para o céu, sentindo um pouco de dor de cabeça por ter forçado a visão que ainda era meio embaçada pela marionete, mas nada muito grave.

Se passava mais de uma hora até ele finalmente levantar, mexia um pouco na cabeça da Blade para ver se algo estava fora do lugar, mas com tudo firme, abria o pergaminho e a guardava. Levantando-se logo em seguida e voltando para casa. Sua cabeça agora estava focada nas ações, esquecendo-se completamente dos pesadelos de quando acordou.

Jutsus:
 

Habilidades e Passivas:
 
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aburame Rukisu [ADM]
ANBU
ANBU
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 210

MensagemAssunto: Re: Campo de Treino - Hayate Akasuna   Seg Fev 02, 2015 9:01 pm

Mecânica de Marionetes +2
Katana +5%
Kugutsu - Miru (Arte Ninja da Marionete – Ver) +17%
Controle de Chakra+3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Campo de Treino - Hayate Akasuna   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Campo de Treino - Hayate Akasuna
Voltar ao Topo 
Página 3 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3
 Tópicos similares
-
» [Treino IV] - Construção do Campo de Treino [Parte II] por Ran Asakawa
» [Campo de Treinamento] Kin Senju
» [Campo de Treino] - Uchiha Obito
» [Campo de Treino] - Ezio
» [Treino IV] - Construção do Campo de Treino [Final] por Ran Asakawa

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Revo Online :: Vila da Folha :: RPG Zone :: Campos de Treino :: Individual-
Ir para: