Naruto Revo Online


 
PortalInícioRegistrar-seConectar-se
Hey... quanto tempo faz que seu personagem não come? Evite as penalidades por desnutrição... visite o Ichiraku com frequência, lá seu personagem pode se recuperar em instantes !
Sempre lembre de remover itens descartáveis de suas fichas quando os mesmos forem usados. Seja honesto consigo mesmo.

Compartilhe | 
 

 O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Aburame Rukisu [ADM]
ANBU
ANBU
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 210

MensagemAssunto: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Qui Jun 24, 2010 8:32 pm

O Maior Ladrão de todos

Hirai "Tokyo" é um ladrão lendário que rouba tesouros e obras de artes valiosas de ricos e colecionadores em todo mundo, porém ele tem uma particularidade, ele envia um bilhete informando data e hora do roubo para que sua vítima se prepare. Semana passada Hirai enviou uma carta falando que iria roubar às inestimáveis jóias da mulher do Daimyo de seu país e sua missão será impedir Hirai e capturá-lo com vida se possível, para se conseguir o paradeiro dos tesouros que ele roubou anteriormente.

Tempo Limite: 7 dias.
Número mínimo de palavras/post: 400 ( sem inrolação galera.)
Vocês obviamente tem um mapa com indicação do local para onde devem seguir.
[O NPC será controlado por vocês e não por mim.]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hyuuga Shiro
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 190

MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Sab Jun 26, 2010 4:51 pm

Missão!

Shiro mal havia saído de casa de manhã e um chunnin o para, informando-lhe que os regentes tinham uma missão para ele. O Hyuuga agradece ao chunnin e corre em direção a sala do Hokage. Chegando lá ele é informado rapidamente sobre a missão, junto dele estavam Dérik, Natsuke e um Jounnin que ele não sabia o nome. Após as explicações, os companheiros combinam de encontrar-se em quarenta minutos no portão de Konoha. O Hyuuga volta para casa, arruma sua mochila com alguns suprimentos e suas armas, pega a katana, se despede da avó e de seu avô, e vai para o portão. Quando o ele chega, Dérik e o tal jounnin já estavam a sua espera, só faltava Natsuke que chega momentos depois, com o mapa para a mansão do Daimyo. Após os cumprimentos, os quatro começam a
viagem até a cidade.

Viagem!

Os companheiros seguem viagem até ao meio-dia em um ritmo normal de caminhada, Shiro sugere que eles parassem para almoçar. Já não podiam ver Konoha, e no ritmo que andavam chegariam na casa do senhor feudal ao anoitecer. Enquanto almoçavam, na sombra de uma arvore.

-Então... -pergunta Shiro para o Jounnin – Qual seu nome?

-Taisei. -respondeu o Jounnin – Tenho cuidado do Dérik, especialmente agora, após o CS. Ele precisa ficar mais forte.

-Uhm... Prazer em conhecê-lo. –responde o Hyuuga esboçando um sorriso.

O grupo conversa sobre a missão, especulando sobre os métodos usados pelo ladrão, e os tesouros que ele já tinha roubado.

-Há um boato – interrompe Taisei – Que ele já roubou um pergaminho de invocação de um templo.

-Interessante - responde Shiro – Bom! Vamos seguir viagem.

O grupo levanta e começam a caminhar um pouco mais descontraídos, pelo efeito da comida, em direção a mansão do Daimyo.

O bilhete!

Ao anoitecer, como previsto. O grupo chega a cidade onde ficava a mansão do Daimyo. A cidade estava em pavorosa, pessoas correndo para lá e para cá apressadas com enfeites na mão, crianças brincando de cantar uma canção, prestando a canção Shiro reconhece a letra se surpreendendo. Fazendo algumas contas mentalmente o Hyuuga sorri.

-Daqui a poucos dias vai ser o Festival Tanabata. O ladrão é experto, com as atenções voltadas para o festival ele vai poder roubar muito mais facilmente.

Pedindo algumas informações, Natsuke consegue a localização da mansão facilmente. Em alguns minutos eles já estavam nas portas. Após a identificação, um guarda que estava na porta os leva até uma sala reservada. Juntos eles aguardam pela chegada do Daimyo, este chega após vinte minutos tempo que Shiro passou pensando em como seria bom se o monarca não demorasse tanto. Finalmente o senhor feudal chega, acompanhando de seus guardas, e os quatro ninjas fazem uma reverência respeitosa.

-Ainda bem que vieram! Minha esposa está muito preocupada com as jóias! Aquele ladrão miserável, como ousa tentar roubar as jóias de minha mulher! Especialmente no meio do Festival!

“Como eu pensei, o ladrão vai roubar as jóias durante o festival”


-Podemos ver o bilhete? –pergunta Taisei.

O Daimyo faz um gesto com a mão e um guarda deposita uma pequen a caixa na frente de Taisei, Ele lê rapidamente e passa para Natsuke, que passa para Shiro, que passa para Dérik (ETA carta rodada!). No bilhete estava escrito:

Citação :
Saudações Daimyo do País do Fogo! Venho por meio deste bilhete lhe informar que vou roubar as belas jóias de sua mulher na noite do dia 2 de julho deste ano, ás dês horas e trinta e sete minutos! Espero que aprecie o festival Tanabata que estará acontecendo na mesma noite.
Ass: Hirai "Tokyo"

Shiro olha incrédulo para o bilhete. Tudo bem que fora informado que o ladrão sempre avisava a hora e o dia de seus roubas, mas trinta e sete minutos? Era preciso de mais. Olhando para o relógio, o Daimyo levanta-se e fala:

-Tenho que ir agora, tenho assuntos a tratar. Por favor, deixem as jóias de minha mulher seguras. Qualquer coisa que precisarem peçam para os guardas.

Os ninjas novamente fazem reverencia e um guarda se aproxima para indicar o quarto que lhes fora designado. No caminho Shiro começa a trabalhar em um plano para deter o ladrão. Ainda faltavam dois dias. Teriam tempo o suficiente para prepara algumas armadilhas e memorizar a casa. Os ninjas chegam ao quarto, neste havia uma janela grande, quatro futons. O guarda antes de se retirar explica o caminho até as fontes termais que ficavam na casa do Daimyo.

“Realmente o Daimyo é rico.”-pensa Shiro.

O Hyuuga vai até um dos futons coloca suas coisas ao lado, e vira-se para o grupo.

-Então, o que vamos fazer?


Última edição por Hyuuga Shiro em Qua Jun 30, 2010 9:26 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
[GM]Natsuke
Jounnin
Jounnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Sab Jun 26, 2010 6:23 pm

Natsuke já estava de pé quando alguém bate em sua porta, o jounnin com calma vai até a porta e uma mensagem era entregue por um chunnin.
Na carta estava escrito que eu estava sendo chamado para uma missão super importante junto com o jounnin taisei e os gennins dérik e shiro.
Correndo a sala dos regentes apenas estava taisei na sala e ali ficam esperando não demora muito e dérik e logo após shiro chegam a sala dos regentes.
A missão é explicada e os 4 saem para arrumar suas coisas e em 40 minutos se encontrarem no portão da vila.

"bem não vai ser muito difícil"

Natsuke arruma suas coisas e pegando sua arma corre para o portão dá vila, e ali já estavam dérik, taisei e shiro que parecia ter acabado de chegar.

-bem pessoal vamos começar o caminho, estou com o mapa em mãos precisamos ser rápidos vamos lá-


Os ninjas seguem sua viajem, era meio dia quando num ritmo normal de viajem shiro sugere uma parada para o almoço.
Todos concordam e natsuke senta junto com todos e começa a comer, o jounnin natsuke estava quieto e presta atenção na conversa entre shiro e taisei.

"um pergaminho de invocação...isso pode ser um problema ou pode ser algo que eu queira pois não sei onde está aquilo, mais não é hora de pensar nisso"

Enquanto pensava ele via shiro se levantando e os 4 ninjas guardam tudo e seguem viajem, o tempo passa e já era noite quando eles chegam na cidade onde ficava a mansão
Natsuke sai para buscar informações e logo após perguntar numa vendinha indicam a direção e os 4 partem para lá, não demora e eles chegam na mansão, são recebidos por um guarda super armado que após se identificarem são levados até uma sala onde esperam a chegada do monarca cerca de 20 minutos o mesmo chega no local.

Após o monarca falar taisei pede carta lê e passa para natsuke que logo lê e passa para shiro.

"Hummm interessante se ele diz a hora que vai atacar é porque ele deve ter uma estratégia muito boa vamos ver oque acontece"

O monarca se despede e todos vão para o quarto onde irão ficar e então shiro puxa o assunto principal oque eles iriam fazer.

-bem, eu nem preciso dizer que ele deve usar alguma técnica de camuflagem sendo assim ele não é um ladrão comum ele conhece técnicas ninjas e com isso precisaremos dos seus olhos shiro, meu medo é que ele já esteja infiltrado entre os guardas e apenas por um capricho ira roubar na data e horário combinados então qualquer estratégia que façamos vamos manter no maior segredo possivel...-


Ele se senta encostando suas costas na parede e continua a conversa.

-Bem continuando, eu pensei enquanto não fazíamos nada, eu quero levantar a moral dele seguinte agente vai espalhar vários tipos de armadilhas simples nada muito elaborado até o local onde esta a jóia, tudo tranqüilo pra ele pensar que estão no papo as jóias e ai que chega o ponto chave.
Um de nos 4 estará no lugar da jóia sim usando um henge um dos 4 estará ali na vista do ladrão e os outros 3 escondidos na sala camuflados, e o shiro com o olho ativo nas entradas da sala, e quando ele chegar perto da jóia pegamos ele. Mais é obvio está fácil demais precisamos de um segundo plano caso de algo errado oque vocês acham?-


Natsuke fica ali olhando pros outros ninjas enquanto discutiam o plano.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Dom Jun 27, 2010 5:11 pm

Dérik começa o dia sendo acordado pelo jounnin que cuida dele.

[Jounnin]-Dérik, levante... Preciso que vá para a sala do hokage e lá ira falar com os regentes, estarei lhe esperando lá.

Dérik então acorda meio assustado, então enquanto levanta o jounnin já vai saindo da casa.
Dérik então toma seu café da manhã então começa a ir andando em direção ao local onde o jounnin havia lhe pedido para ir.
Chegando la na sala dos regentes, Dérik já avista o jounnin e Natsuke, logo em seguida apareceu Shiro, Dérik já estava imaginando que seria uma missão, mais ainda não avia idéia de qual, parecia ser importante, por ter esse grupo ninja(dois jounnins e dois gennins).
Logo a missão é explicada para todos os membros da missão, então logo os quatro sarem para armar suas coisas, Dérik e o junnin vão conversando no caminho até a casa.
Chegando lá Dérik se vira para o jounnin.

-Por que você não me falou antes da missão, eu já teria levado tudo?
[Jounnin]-Tudo ao seu tempo Dérik, tudo ao seu tempo.

Então ainda assim não muito conformado Dérik pega alguns equipamentos e sua foice, então espera pelo jounnin na porta da casa, assim que ele chega os dois já começam a se direcionar para a ir em direção ao portão da vila, chegando lá, os dois foram os primeiros a chegar, logo em seguida chega Shiro e momentos depois chega Natsuke com o mapa, logo todos começam a seguir viagem.
Quando do chega mais tarde Shiro da a idéia de fazerem uma parada para o almoço e logo todos concordam, Dérik começa a comer e fica apenas na dele.
Logo Shiro começa a conversar com o jounnin, que fala sobre seu nome "Taisei", ele também conta sobre um pergaminho de invocação que provavelmente o ladrão "Tokyo" teria roubado.
Logo o grupo começa a se levantar, então Déik se levanta e ajuda a guardar tudo, assim que terminam de guardar eles voltam a seguir viagem.
Logo ao anoitecer o grupo chega a cidade onde fica a mansão, não demora e eles chegam na mansão, são recebidos por um guarda super armado que após se identificarem são levados até uma sala onde esperam a chegada do monarca cerca de 20 minutos o mesmo chega no local.
Taisei pede para ver o bilhete, que logo passa para Natsuke e depois para Shiro, Dérik não estava muito endereçado em ler, estava já querendo enfrentar o ladrão, então não pega a carta para ler.
Logo todos vão para o quarto e Shiro pergunta o que iriam fazer, logo Natsuke passa uma idéia, Dérik fica ali prensando bastante atenção mais não fala nada, assim que Natsuke termina, todos começam a conversar sobre o assunto, então todos acabam concordando.
Taisei então junto com Natsuke e Shiro, começam a combinar onde cada um ira ficar e a parte de cada um, Dérik em quanto isso fica apenas no canto, pensando em algumas coisas, ele não fala com ninguém fica apenas num canto pensando.
Antes que aguem fosse falar com Dérik ele dorme ali do mesmo jeito sentado. Algumas horas depois Dérik acorda(quando todos já estão dormindo) e então vai saindo do quarto em silencio para que ninguém o note, ele vai até a sala onde estão a jóias, e fica a observa-las.

"Não entendo por que alguém iria roubar algo assim, ele deve estar fazendo isso por diversão, mais por que começou?"

Dérik então continua por lá, por mais alguns estantes pensando... logo ele começa a voltar em direção ao quarto (isso algumas pessoas do local já estão acordando)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hyuuga Shiro
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 190

MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Qua Jun 30, 2010 10:00 pm

Despertar com problemas

Shiro acordava às nove horas da manhã, revigorado o menino vai até a janela e a abre, conseqüentemente acordando algum companheiro desprevenido. Lá fora, a cidade era banhada por um sol forte, os moradores trabalhando febrilmente para que o festival estivesse pronto a tempo. Taisei acorda um tanto mal-humorado e murmurando palavras incompreensíveis vai até o banheiro da suíte. Shiro por sua vez, sai do quarto, encontrando com um guarda no caminho, perguntando direções e segue até o banheiro mais próximo, para fazer sua higiene matinal. Quando volta ao quarto um café-da-manhã reforçado estava servido na mesa de centro. Os companheiros já estavam comendo e Shiro sentasse e começa a comer, notando as olheiras de Dérik. Quase terminando a refeição, ele ouve vozes alteradas na direção do portão. Os companheiros assentem e saem pela janela em direção ao portão. Chegando lá encontram um grupo de homens discutindo com os guardas.

-Que defesa imprestável! Não é toa que o Daimyo nos contratou!
–berrava um homem de barba mal-feita.

-IMPRESTAVEL!? COMO OUSA SEU!
-gritava o guarda, já sacando a katana.

-O que está acontecendo?
-pergunta Taisei.

-Esses mercenários. Eles foram contratados pelo Daimyo e agora acham que podem fazer o que quiserem!
-exclama o guarda.

“O Daimyo está realmente preocupado com as jóias da mulher dele. Imagino quanto elas devem valer... Talvez ele sinta-se ligado a elas de alguma forma
”-pensa Shiro.

-Se puder parar de discutir. Nós temos trabalho a fazer, todos nós
- corta Taisei novamente.

Aliado temporário


Os guardas se dispersam pela propriedade e os quatro ninjas vão conversar com os mercenários, que estavam em seis. Shiro encontra um que parecia ter pouco mais de quinze anos. Olhos e cabelos castanho-escuros, físico atlético, magro, parecia um velocista. Chegando perto o Hyuuga puxa conversa com o mercenário.

-Olá, meu nome é Hyuuga Shiro. E o seu?

-Yuri. –responde o garoto.

-Prazer em conhecê-lo. Então sabe de alguma coisa sobre esse ladrão?


-Igualmente. Não sei mais do que todo mundo, somente que ele rouba coisas muito valiosas e que sempre informa o horário do roubo.

Shiro nota que Taisei estava tentando chamá-lo, o garoto faz um aceno e vai até o jounnin. Dérik e Natsuke percebem o mesmo e param de falar (ou não) e vão até o jounnin.

-Vamos nos dividir para espalhar as armadilhas. Shiro cuide da parte Norte, Natsuke sul, Dérik leste, eu cuidarei do oeste. As armadilhas devem ser feitas somente duas salas antes da sala que estarão às jóias para não atrapalhar a vida na mansão. Cada um de vocês pegue um mercenário para ajudá-los. Os mercenários que restarem vão fortificar o lado de fora da propriedade.

-Ok. - fala o Hyuuga indo em direção a Yuri – Pode me ajudar com a defesa da mansão? Tivemos a idéia de espalhar algumas armadilhas, nada muito complicado.

-É para isso que fui contratado
– rebate o outro.

Dito isso os dois vão até as salas que eles deveriam fortificar, no caminho eles passaram pela sala que continha as jóias. As ditas estavam em cima de uma mesa, eram muitas de aparência valiosa.

-Por que colocar as jóias quase no centro da mansão?
–perguntou Yuri.

-É um local estratégico, deste jeito o ladrão terá de vir por uma das quatro salas adjacentes-
explica Shiro apontando para as quatro portas da sala – E terá de passar por praticamente a propriedade inteira. Se fosse a uma sala mais para oeste, por exemplo, o ladrão simplesmente iria pelo leste sabendo que teríamos enchido a ala oeste de armadilhas. Sendo um ponto central ele terá de adivinhar onde tem menos armadilhas.

-E isso seria?
– perguntou o garoto levemente impressionado.

-Nenhum lugar. As armadilhas serão praticamente as mesmas. Linhas, kunais e shurikens. Nada muito difícil.
– fala o garoto em tom didático.

-Mas deste jeito ele não vai conseguir roubar as jóias?
- pergunta Yuri preocupado.

-Só se passar sobre nós
– fala Shiro simples.

Suspeitas.


Os dois dias seguintes foram totalmente gastos pelos ninjas e mercenários em fortificar as salas, e também para memorizarem as diversas salas e quartos da mansão. Shiro gostava de trabalhar com Yuri, o garoto raramente reclamava, e quando fazia era em tom brincalhão. Porem havia um membro da equipe dos mercenários que o garoto não simpatizara, Shion. Um homem franzino, modos ríspido, sempre calado. Yuri no dia seguinte a sua chegada contou para Shiro que ele fora o ultimo a se juntar ao grupo, não fazia nem um mês. O garoto ficara alarmado com a noticia. Mais tarde, naquele mesmo dia, ele contou suas suspeitas para os companheiros.

-Aquele tal de Shion. Ele é novo no grupo. Yuri disse que é muito habilidoso e por isso o chefe deles não pensou duas vezes em contratá-lo. Mas parece coincidência de mais um membro novo se juntar a eles e em seguida serem contratados pelo Daimyo para proteger as jóias. Pode ser que por causa da importância da missão eu esteja um tanto paranóico, mas não custa nada ficar com um olho extra nele.


Após algumas discussões e impressões sobre os mercenários o grupo chega à conclusão que realmente Shion era o mais suspeito. Não estava trabalhando na defesa interna, mas sempre ficava olhando os outros trabalharem nas folgas, ficava um tempo anormal olhando as jóias, era realmente suspeito.

Tanabata


No terceiro dia que sucedeu a chegada dos ninjas estava programado para começar o festival. Durante o dia o volume na cidade aumentou bastante, a cidade era famosa pelo excelente festival e vários nobres, com seus guardas, podiam ser vistos na rua. Alguns até mesmo ficaram na casa do Daimyo para o desespero dos ninjas. O nível de pessoas na casa passara de poucas para muitas em algumas horas. O festival aconteceria durante a noite. Ao por do sol o Daimyo saiu junto com os nobres para apreciar o festival que acontecia por toda a cidade. O nível de barulho aumentava, os fogos de artifício seriam as dez e meia. Os quatro ninjas se encontraram na sala. A jóias haviam sido removidas pelos quatro alguns minutos antes. Os quatro discutem os toques finais no plano e os primeiros fogos de artifício começam a colorir o céu. Taisei faz um kage bunshin juntamente com Natsuke, em seguida deita-se na mesa e faz um henge transformando-se nas jóias. Shiro e Dérik fazem dois bunshins e junto com Natsuke vão para os quatro cantos da sala usando henge e ficando com a aparência de um vaso, Shiro antes de fazer o henge, ativa seu Byakugan. Os kage bunshins de Natsuke e Taisei vão até uma porta e as abre para os bunshins de Dérik e Shiro pudessem passar sem serem descobertos. Os “falsos” ninjas ficam do lado de fora da mansão patrulhando a propriedade junto com os mercenários. Estas ações aconteceram as dez e trinta e cinco. Dois minutos para o ladrão mostrar-se.

Armadilha


As dez e trinta e sete o ladrão abre a porta da sala Sul. Shiro sente o coração acelerar, como previsto ele estava usando o Kakuremino no Jutsu.O menino espera até o ladrão chegar até perto da mesa das “jóias” e mando o sinal previamente combinado, assobiando. O ladrão assusta-se, ele tenta ir até a porta, mas esta é rapidamente bloqueada por Taisei, vendo o ninja a sua frente ele corre até a porta oposta, mas esta já estava bloqueada por Natsuke. Ele olha em volta desesperado.

“Estou perdido”
– pensa Hirai antes de ser atingido pelo soco de Shiro. Que incrivelmente o nocauteia. O jutsu desfeito, o Hyuuga desativa o Byakugan e fica com uma expressão sem emoção.

Hirai “Tokyo”

O menino desacordado na frente do Hyuuga era Yuri. Taisei olha para o Hyuuga.

-Não acha que socou um pouco forte?

-Nem um pouco.
–responde o Hyuuga.

O jounnin simplesmente se abaixa pegando o garoto e os quatro ninjas vão para o quarto que lhes fora designado, era hora do interrogatório.

Citação :
Luks, acho que a missão acabou oficialmente aqui, pois cumprimos o objetivo. O resto da narração (sim vai continuar) é bônus.
Voltar ao Topo Ir em baixo
[GM]Natsuke
Jounnin
Jounnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Qui Jul 01, 2010 12:27 am

Natsuke não tinha dormido muito bem a noite, parecia que algo perturbava a cabeça do ninja talvez fosse o sumiço ainda do seu amigo aquela sensação de fracasso não saia de sua mente, porem seus pensamentos e sonhos são interrompidos por um barulho no quarto, mais era apenas shiro levantando.
E sem perder tempo pergunta o local onde posso lavar o rosto e assim que volta do local, um belo café da manhã os espera.
Natsuke não come muito, ele tinha sido o primeiro a começar a comer e também o primeiro a terminar, shiro tinha sido o ultimo e assim que o gennin entra no quarto natsuke da um bom dia a ele e sai pela janela pensativo.

"tenho que me concentrar na missão..."

Seus pensamentos são interrompidos por uma gritaria no portão.

"será que ele está atacando?!"

O jounnin sai correndo para o portão porem eram apenas alguns homens discutindo com os guardas, natsuke fica alerta olhando sério para a situação e logo em seguida chegam seus companheiros onde logo taisei após perguntar oque estava acontecendo corta a briga e faz todos começarem a pensar novamente na missão.
Taisei da as ordens e natsuke desconfiado de um dos integrantes resolver trabalhar com ele, e mesmo resmungando muito vai com natsuke para o lado sul armar as armadilhas.

Enquanto caminham natsuke muda sua expressão para a de sempre e cumprimenta o homem.

-Ola sou uzumaki natsuke parece que vamos ter que trabalhar juntos-

O homem fica quieto e depois responde sério ao ninja.

Homem: - Sim agora vamos não gosto muito de conversa, meu nome é hashima não digo que é um prazer em conhecer você-

O homem ia para o local das armadilhas junto com natsuke e ia observando tudo a sua volta, o jounnin apenas fica observando tudo oque o homem fazia mais sem levantar suspeitas e até se fazia um pouco de bobo, precisava deixar o homem calmo e confiante pois caso ele fosse o ladrão pensaria estar tudo sobre controle.

Natsuke e Hashima trabalham juntos armando as armadilhas, e enquanto trabalha observava tudo e natsuke ficava mais desconfiado do ninja.

Os dias se passam e já era o terceiro dia desde a chegada, e o começo do festival, dia marcado pelo ladrão, anoitecia os 4 ninjas se encontram na sala principal, natsuke faz um kage bunshin que vai vigiar o local como uma distração junto com os bunshin e kage bunshin dos seus companheiros e indo para um dos cantos da sala usa um henge se transformando num vazo.

Eram 10:37 e a porta ao lado sul se abre, justamente o lado onde natsuke tinha posto as armadilhas junto com hashima, natsuke e os ninjas não vêem nada apenas shiro com o seu byakugan, e num sinal natsuke se dirige para a frente da porta na qual o ladrão desesperado tenta sair e não pode, e é neste momento que shiro acerta um soco no ladrão que cai no chão desacordado, e vê que era o menino que tinha ficado junto com shiro o tempo todo, então hashima era inocente natsuke meio desapontado vai para o quarto do interrogatório junto com os seus amigos, tranca porta e pega o jovem das mãos de shiro e o amarra numa cadeira que em alguns minutos acorda.

Natsuke sorri olhando para a cara do garoto e começa a falar.

-Bem estou um pouco chateado por eu ter me enganado sobre quem era o ladrão, e você nos tomou muito tempo, porem sua tática não foi das mais inteligentes, e a nossa missão ja está quase no fim, e precisamos apenas saber o porque de você fazer isso e onde esconde o resto das jóias...-


Yuri Olha para o rosto de natsuke e começa a falar.

Hirai "tokyo" -cresci sozinho, e nunca tive ninguém para tomar conta de mim, e comecei a roubar não tive uma vida boa como a de vocês e roubar sempre foi a melhor opção e cresceu pra mim virando uma paixão gosto dessa emoção agora e já falei demais, pode esquecer vocês nunca vão me fazer falar onde estão as peças que roubei todo esse tempo...-

O garoto diz com uma cara de deboche olhando para natsuke.

-bem se é assim que você quer, vamos ver se meus amigos são tão bonzinhos assim com você, pessoal ele é todo de vocês-

Natsuke fecha a cara ficando com uma expressão séria e vai para o canto da sala se apoiando na parede e abaixa a cabeça ficando calado.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Seg Jul 05, 2010 1:35 pm

Chegando ao quarto já está sendo posta uma mesa com uma belo de um banquete para o café da manhã, Dérik então começa a comer, ele ainda não avia dormido direito, mas mesmo assim ainda está tranqüilo.
Logo Dérik para de comer logo que começa a escutar uma certa gritaria do lado de fora do local, então Dérik se levanta e junto aos outros do local vai indo ver quem era que estava fazendo toda aquela gritaria.
Chegando lá era Dérik não acreditava, mas era só mais gente mandados para proteger as jóias,ele ignora o pessoa e fica apenas afastado, Dérik então ali começa a dar algumas a demonstra cansado pelo sono, então ele saca a sua foice e fica se apoiando nela para caso se cochilasse não caísse, logo ele percebe Tensei chamando o grupo, Dérik então vai até ele para ver o que era. Chegando ali Tensei começa a passar as coordenados do plano com as armadilhas, Dérik então vai até um dos mercenários.

-Opa com licença, você poderia me acompanhar, iremos montar algumas armadilhas e precisamos de ajuda.

O mercenário olha.

[Mercenário]-Tudo bem.

Dérik junto em direção ao lado leste, para colocar as armadilhas, enquanto Dérik ia montado as armadilhas inda continuava imaginado o por que do cara querer perder tempo roubando coisas com tanto potencial.
Em quanto armavam as armadilhas o mercenário pergunta para Dérik

[Mercenário]-Você não acha que estas armadilhas vão pegar esse ladrão, não é?

Dérik olha para o mercenário

-Não, mais talvez isso acabe sendo um atraso para ele.

Os dois conversão um pouco em quanto fazem as armadilhas assim que termina o mercenário volta para junto aos outros, logo dois dias se passaram e então shiro conta sobre as suspeitas dele sobre Shion,o grupo discute um pouco sobre isso, mais logo acabam concordando, Dérik ainda sim estava intrigado, pra que um cara TAM habilidosos iria quere roubas tanto, assim o dia se passou e logo chegou o dia do festival, Dérik então vai indo em direção ao quarto, lá ele cria um bushin, que vai ficar de vigia junto ao outros, Dérik então vai escondido para o local e lá usa um henge se disfarçado de um banquinho (ele fica de uma forma que se pareça com os outros moveis do local).
Lá pelas 10:37 uma porta se abre, Dérik não sabia qual era, mais sabia que Shiro já sabia, logo Natsuke e Tensei recebem o sinal de Shiro e começam a agir, Tensei acaba sendo o primeiro a bloquear Hirai “Tokyo”, logo o mesmo tenta fugir mas novamente é bloqueado, só que desta vez por Natsuke. Dérik vai apenas se aproximando e observando o movimento de seus parceiros, Dérik que Hirai pegando alguma coisa no bolso então ele aponta um dedo (ele aponte fazando um formato de uma pistola) e usa Teshi Sendan (Dez balas dos dedos perfurantes), disparando apenas um tiro acertando na mão do ladrão que tira a mão do bolso, mas antes que fizesse mais alguma coisa Shiro chega dando um soco no ladrão.
Dérik então vai para quarto junto com o grupo, lá o ladrão é amarado numa cadeira, lá Natsuke começa a fazer um breve interrogatório.
Dérik não acredita ao ouvir a explicação de Hirai sobre o motivo de ele começar a roubar, Dérik então se aproxima um pouco do ladrão.

-Tento potencial... E você se ridicularizando em roubar coisas que não tem nada em especial...

Dérik da um soco na cara de Hirai

-... Vamos fazer assim, conte-nos onde estão as coisas que você roubou então ai você não ira apanhar muito.

Tensei olha para Dérik como se não o reconhece-se mais, então Hirai olhando serio para Dérik responde.

[Hirai]-É mesmo, pode me bater até a morte eu não irei falar onde estão as coisas que roubei.

Dérik então olha com um pequeno sorriso maléfico.

-Quero só ver isso então...

Dérik coloca sua mão em cima dos dedos de Hirai, então deixa a ponta de seus dedos apontando para os dedos de Hirai.
Dérik então com Teshi Sendan (Dez balas dos dedos perfurantes), vai saindo de vagarzinho a ponta dos dedos de Dérik já fazendo uma certa preção nos dedos de Hirai, então Dérik dispara 4 dedos, atravessando os dedos de Hirai, que acaba gritando com a dor após ser perfurado.

-Você não vai mesmo falar?...

Dérik já coloca a outra mão sobre a outra mão de Harai.
Tensei fica espantado com as ações de Dérik, então o tira de perto de Hirai.

[Tensei]-O que você está fazendo?

Dérik olha com um olhar sínico

-Estou fazendo ele falar

Dérik então olha para Hirai

-Então vai falar ou não?Dérik fala sacando sua foice.
Hirai ainda com dor e sua mão e no rosto (pois já avia levados dois socos, o do Shiro e de Dérik), olha para Dérik com a foice então responde.
[Hirai]-Tudo bem... Eu falo... Mais fique longe de mim

Dérik então olha para Tensei.

-Como eu disse eu só estava fazendo ele falar...Dérik olha para Hirai-Tomara que não minta para nos

Dérik então se afasta um pouco e logo Hirai conta para o grupo onde ele escondia as coisas que ele roubava.
Assim que ele termina de contar Dérik vai até ele como se fosse agredi-lo, mais chegando em Hirai, Dérik coloca a mão no bolso dele pegando um pergaminho, Dérik sabia que ele tinha algo no bolso por causa do momento que iriam prende-lo ele avia colocado a mão no bolso, Dérik olha para o pergaminho mais ele não o reconhece do que seria o mesmo, então pergunta para Natsuke.
-Natsuke você sabe do que este pergaminho?
Após o reconhecimento de Natsuke e a resposta do mesmo sobre o pergaminho Dérik o guarda.
Logo Tensei levanta Hirai para começarem a partir de volta para Konoha com o ladrão preso e amarado.(caso o time queira, vamos passar por onde ele escondia os objetos)


Citação :
Desculpem a demora eu estava tendo alguns problemas pessoais, proficionais e físicos, e por isso não pude postar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hyuuga Shiro
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 190

MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Sex Jul 16, 2010 6:42 pm

Interrogatório!

Shiro manteve-se impassível durante todas as ações de Dérik. Ele quase não reconhecia mais o Kaguya com quem trabalhara junto no CS.

“O que aconteceu com o Dérik? Ele era tão... Bobo, e agora parece um maníaco.” O.o


Assim que Dérik se afasta, Hirai respira fundo para manter a calma e começa uma descrição detalhada sobre onde se localizava o esconderijo. Para a surpresa de todos não era muito longe da vila de Konoha.

-É muito bem escondido, por isso ninguém nunca o achou
- conclui o ladrão com um sorriso confiante.

Neste momento Dérik avança em direção a Hirai, pela sua linguagem corporal parecia que ele ia espancar o garoto novamente.

“Affe! Ele já contou! Não vai fazer isso não!
”- pensa o Hyuuga enquanto saca uma kunai.

O mais rápido que conseguia, Shiro deu uma rasteira em Dérik, que o levou ao chão (ele não esperava pela ação então...) e aponta a kunai para a garganta de Dérik.

-Chega! Não vai espancar, matar ou olhar feio para Hirai enquanto eu estiver aqui!
- o Hyuuga fala em um tom frio – Taisei, controle seu pupilo.

O jounnin assustado aproxima-se novamente de Dérik e o retira da sala. Shiro por sua vez respira fundo, aclamando-se e vira para Hirai.

-Não pense que a mesma regra que eu impus a ele serve para mim ou para Natsuke. Não banque uma de espertinho conosco. Estou sendo claro?
– fala o Hyuuga no mesmo tom para o ladrão.

Hirai apensa assente positivamente com a cabeça assustado. Shiro vira para Natsuke e fala em um tom calmo, quase relaxado.

-Natsuke, pode verificar se ele está carregando alguma arma?


Enquanto o Uzumaki fazia a revista no garoto Shiro vai até a janela e fica observando a lua pensando.

“Que dia mais cansativo... E problemático também... Não posso mais contar com Dérik para nenhuma tarefa que não envolva trucidar o nosso guia -.- Bem que podia acontecer alguma coisa para ele voltar para Konoha antes de nós...”


Shiro é retirado de seus pensamentos por Natsuke que o chama para mostrar o que havia encontrado com o ladrão. Três bombas de fumaça, um chaveiro explosivo, uma kunai e dois pergaminhos, um em branco e outro com uma lista.

-O que é isso?
– pergunta Shiro pegando o pergaminho escrito.

-Não é nada! Pare de mexer nas minhas coisas!
– grita Hirai.

-Acho que você não está em posição de exigir nada. Mas é só uma impressão...
– responde o Hyuuga lendo o pergaminho. – Uma lista... – O Hyuuga passa o pergaminho para Natsuke – Não são itens muito comuns... Jóias da mulher do Daimyo do país do fogo, bandanas da vila de Konoha, roupas de nobres... O que é isto Hirai? Para que estes itens!?

-Eu não sei! Ele me mandou roubar essas coisas!
– responde o outro.

-Ele quem!?


Infelizmente o Hyuuga é interrompido pela chegada de Taisei que estava junto com um guarda e Dérik. O jounnin fala que o Daimyo requisitava a presença de todos amanhã ao nascer do sol.

-Por isso é melhor irmos dormir.
– conclui ele – Shiro, eu e você vamos ficar de guarda para que este ladrãozinho não tente nada. Venha.

O jounnin sai do quarto acompanhado de Shiro, este levanta Hirai e o puxa até a porta, pegando um das bombas de fumaça no caminho. Depois de andar um pouco eles chegam a um novo quarto, sem janelas, com dois futons e equipado com uma cadeira especial que tinha correntes nos braços e nas pernas. Ao ver a feição de surpresa do gennin Taisei fala.

- O Daimyo comprou esta cadeira especialmente para seu amigo. Não é um item usual na mansão.


Shiro sorri para o jounnin que havia lido seus pensamentos e empurra Hirai até a cadeira prendendo seus braços e pernas. O ladrão estava anormalmente quieto e quando Shiro pergunta o porquê ele responde com um sorriso amarelo.

-Seu amigo estourou meus dedos lembra... Está doendo bastante.


-Dérik...
- sussurra o Hyuuga dando um “face palm”.

Ele abaixa e olha o dano causado na mão de Hirai. A mão estava perfurada em quatro locais, um pouco de sangue escorria das feridas e devia estar doendo muito. Shiro respira fundo e coloca a palma perto das feridas do garoto, fazendo com que o chakra verde-claro saísse de sua palma. O menino cura Hirai durante seis minutos até que as feridas estivessem completamente cicatrizadas, cansado o Hyuuga vai até uma parede e encosta-se nela.
Taisei senta-se ao lado dele, olhando Hirai.

-Shiro, no CS... O Dérik já estava assim?


-Ahm... Não sei... Não ficamos muito tempo naquele CS... Foram somente alguns minutos
– responde o Hyuuga.

-Entendo... Pode dormir, eu fico de vigia primeiro.


Agradecido o Hyuuga vai até um dos futons e deita-se nele, o braço esquerdo latejando um pouco, como vinha fazendo desde o CS.

A carta


Ao amanhecer, dois guardas batem na porta do quarto onde estavam Shiro, Taisei e Hirai. Junto dos guardas Natsuke e Dérik já se encontravam prontos e carregando as mochilas dos companheiros, Shiro que estava de guarda acorda Hirai e com o ladrão preso por cordas vão encontrar o Daimyo.
Ao chegarem à sala, onde foram recebidos anteriormente, o senhor feudal os cumprimenta pelo trabalho bem feito e pede um favor aos ninjas de Konoha.

-Preciso que esta carta chegue aos regentes, sã e salva. E sem ter seu conteúdo descoberto
– fala ele frisando a ultima parte.

-Nós a levaremos Daimyo-sama. Não se preocupe.
– respondeu Taisei prontamente.

-Ótimo! Vocês devem estar com pressa em chegarem a Konoha, não os segurarei mais
– dizendo isso ele sai da sala, acompanhado dos guardas.

-Por estarmos com pressa, ele quer dizer que temos que partir já e entregar a carta o mais cedo possível. – fala Shiro sorrindo – Ele é bem esperto.
O grupo assente sorrindo e saem da mansão, parando em uma padaria e tomando o café da manhã (Taisei se encarregou de pagar o de Hirai) e logo em seguida partiram para Konoha.

Viagem e despedia

A viagem transcorreu sem muitos transtornos. Logico que Hirai tentou fugir, uma vez durante o almoço quando disse que precisava ir ao banheiro e foi descoberto por Natsuke tentado cortar as amarras, e outra quando avistou alguns comerciantes e gritou dizendo que os ninjas o haviam seqüestrado, fazendo com que Taisei tivesse de explicar a situação aos comerciantes escandalizados. Ao pôr-do-sol a companhia chegou a uma encruzilhada. À esquerda chegariam a Konoha e segundo o ladrão, a direta ao esconderijo.

- Eu e Dérik iremos à frente, para entregar a carta a um dos regentes
– fala Taisei – Natsuke, você e Shiro vão até o esconderijo.

-Ok
– responde Shiro,

“Alguém lá em cima gosta de mim...”
- pensa o Hyuuga sorrindo por dentro.

Os companheiros despedem-se e começam a andar em direção ao seus destinos. Hirai na frente de Shiro e Natsuke começava a suar frio.

“O que vou fazer? Ele vai me matar!”


O esconderijo!

A noite finalmente chegou. A lua brilhando alto no céu fornecia iluminação suficiente para que os três se orientassem. Assim que escureceu Natsuke pegou um dos braços de Hirai e Shiro o outro.

-Assim se nos levar para uma armadilha você morre junto
– falou Shiro.

-Hai...
- responde Hirai engolindo em seco.

O grupo caminha por mais uma hora e chegam a um arvore grande, muito grande ( e olha que as arvores de Konoha são grandes). Hirai fez um selo de mão e duas raízes da arvore “abriram-se” revelando uma entrada.

-É melhor começarmos a verificar todas as arvores de Konoha. É o segundo esconderijo feito desta maneira que eu encontro
– fala Shiro para Natsuke.

Eles descem pela abertura e chegam a uma caverna ampla. Para a surpresa dos ninjas em vez de encontram obras de arte e alguns tesouros eles encontram caixas e algumas armas penduradas nas paredes... Enquanto Shiro segura Hirai Natsuke percorre o esconderijo abrindo as caixas. Kunais, shurikens, senbons, katanas, fuumas, fuudas, granadas explosivas, bandanas de Konoha, coletes chunnin, eram os itens que Natsuke encontrava , e em grande quantidade, dentro delas. Na parede algumas armas especiais, como uma espada grande, duas katanas mestras, um par de blades, um leque, varias lanças. Na parte central desta parede, estava um pergaminho, grande e largo.

-Shiro aquilo pode ser o pergaminho!
– fala Natsuke ao reconhecer o tal.

Shiro por sua vez observava a expressão de Hirai que mudava de assustada para em pânico. No meio da caverna, entre Shiro e Natsuke, aparece uma figura que fala com a voz suave e distorcida como se fosse um rádio.
?
-Hirai, está atrasado
– fala a figura e somente agora nota os ninjas – Ora, ora me traiu Hirai “Tokyo”? Logo eu que ensinei tudo o que sabe

-Não senhor! Eles me capturaram! Tem que acreditar em mim – fala em pânico o jovem.

- Quem é você?! O que quer com esse armamento e com bandanas de Konoha?
– pergunta Shiro.

-Um Hyuuga... Foi capturado pelo inimigo então Hirai...
- fala o vulto – Meu nome não é importante, mas vocês devem me conhecer como Ninja Branco.

“Ninja branco?”
– pensa Shiro

-E o motivo de eu precisar de todo esse armamento é simples. Uma guerra não se faz com duas kunais e uma shuriken jovem Hyuuga.
– o vulto se volta para Hirai e começa fazer uma seqüência de selos – Aprendiz desleixado, sabe o que vai acontecer agora não sabe?

-Não, por favor, não faça isso! Eu mato eles, eu juro! – fala Hirai descontrolado.

-Duvido que consiga fazer isso...
– o ninja termina os selos – Adeus, Hirai Tokyo.

Hirai revira os olhos para dentro da cabeça, sua boca começa a espumar e cai no chão tendo convulsões. Shiro assustado se ajoelha ao seu lado.

- O que você fez?!


-É somente um mecanismo de proteção...

O Hyuuga assiste imponente o jovem convulsionar durante dois minutos e depois finalmente morrer. Shiro fica apático e olha para o ninja branco.

-Morra!
– e parte em direção a ele tentando acertar um Juuken.

Para a surpresa do menino ele atravessa o vulto, como se ele não estivesse lá.

-Por favor... Não acham que se eu estivesse aqui já não teria matado vocês dois... os jovens de hoje são muito estúpidos. Corram de volta para Konoha garotos. Corram o mais rápido que puderem, não vai adiantar muita coisa.
– e com uma gargalhada final o ninja desaparece.

Shiro ofegante pega o pergaminho da parede e salta para fora da caverna que para ele tinha cheiro de morte e desespero.

-Vamos Natsuke. Konoha precisa saber que a guerra está mais avançada do que pensávamos.


O Uzumaki assente e juntos os dois começam a correr a toda velocidade em direção a Konoha.

Citação :
FINISH! +_+ Desculpa a demora Natsukeee!!!!!! Confesso que foi por pura preguiça, mais tarde eu coloco uma cor nesse texto agora eu vou por Tanabata! Fui!
Voltar ao Topo Ir em baixo
[GM]Natsuke
Jounnin
Jounnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Qui Jul 22, 2010 5:21 pm

Natsuke ficava calado no fundo da sala enquanto dérik fazia o interrogatório, ele se surpreendia com a maldade de dérik porem deixava o gennin fazer oque ele bem entendesse.
Para natsuke missões agora são diferentes, coisas mudaram desde que ele era um gennin, o jounnin que antes era muito cabeça oca continua hiper cabeça oca porem revê sempre seus atos e naquele momento deixa que taisei e shiro cuidem para que dérik não mate o prisioneiro.

Os pensamentos de natsuke são interrompidos por shiro pedindo que o jounnin veja se ele esta armado, e encontra algumas coisas nele e dois pergaminhos, que entrega a taisei, tokyo parece estar nervoso mais nada ele podia fazer, natsuke e dérik se retiram para os seus aposentam para descansar daquela noite complicada para todos e a missão já estava chegando no fim.

O dia amanhece, e natsuke vai até o ponto de encontro onde tinha sido o primeiro a chegar, dérik, shiro e taisei com o prisioneiro chegam logo em seguida, eles se despedem do senhor feudal e logo partem para konoha, o grupo antes para em uma padaria para tomar café e só depois partirem de vez para konoha.

A viagem estava tranqüila, o prisioneiro tentava armar para fugir por duas vezes mais em nenhuma delas tinha tido sucesso, ainda caminhando chegam numa encruzilhada onde segundo tokyo a direita era o esconderijo e devido a taisei shiro e natsuke partem por ali, a noite chega e natsuke e shiro seguram um em cada braço o prisioneiro para que ele não nos leve para nenhuma armadilha, e chegam em uma arvore gigantesca, após vasculharem ela, eles descem e encontram uma caverna muito grande onde logo natsuke deixa o prisioneiro com shiro e vai verificar o local.

"meu deus, aqui tem arma o suficiente para destruir qualquer aldeia..."


Natsuke vasculhava tudo, e entre as armas pegava uma chakra blade e colocava em sua pouchete.

"quero analisar uma coisa mais tarde espero que konoha não se importe..."


e logo após ao andar mais um pouco natsuke acha o pergaminho que procuravam porem algo estranho aparece no meio de natsuke e shiro, bem no meio da caverna, natsuke saca sua espada e fica olhando aquela imagem assustadora.
Hirai parecia muito assustado e o inimigo começa a falar...

"hum! o ninja branco eu estava numa missão fora de konoha quando ele atacou, o único que eu enfrentei foi quando eu era ainda um gennin mais era o ninja negro...droga eles ainda pessam nessa guerra.."


enquanto natsuke pensava e antes que pudesse reagir hirai é morto, o ninja branco desaparece antes que shiro pudesse atacar ele.

"que garoto mais nervoso se ele estivesse realmente ali ele estaria morto...."

Shiro pega o pergaminho e junto com natsuke correm para konoha, que não ficava muito longe dali.

Algumas horas se passam e os dois chegam correndo a konoha os ninjas do portão se assustam porem deixam os dois passarem.

-Somos apenas eu e shiro pessoal estamos com pressa- dizia natsuke ao porteiros onde se dirigiam pa os regentes.-


Natsuke ia para sua casa em meio dos seus pensamentos enquanto um clima de tensão começava a surgir na vila, pois aquele poderia ser o começo de um possivel fim.


Natsuke como sempre avuado entra na sala dos regentes desesperados, shiro entrega o pergaminho para ser analisado e natsuke começa a contar a situação.
Dérik e taisei ainda estavam na sala e escutam apreensivos oque natsuke falava.

-Senhores temos um grave problema...oque aconteceu a mais ou menos dois anos atraz parece que esta para se repetir, no esconderijo onde ele guardava as coisas furtadas, um ninja apareceu, era o ninja branco e ele deu um recado que teria uma guerra, o esconderijo é perto de konoha isso me leva a crer assim como a todos vocês eu imagino, que possam haver mais esconderijos, e se não fizermos nada poremos receber um presente indesejado...-


Após dizer aquilo tudo natsuke cumprimenta os regentes e se retira, se despedindo dos companheiros e indo correndo para sua casa.

"droga Hayate porque você foi sumir logo agora cara...uma guerra está pra começar e eu precisava de você.."


Ntsuke em volto de seus pensamentos ia para sua casa enquanto um clima de tensão começava a surigir em konoha.




Última edição por [GM]Natsuke em Qui Jul 22, 2010 5:25 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Qui Jul 22, 2010 5:22 pm

Dérik se afasta, Hirai respira fundo para manter a calma e começa uma descrição detalhada sobre onde se localizava o esconderijo. Para a surpresa de todos não era muito longe da vila de Konoha.
Hirai fala confiante sobre que seus esconderijo seria muito bom, pois ninguém avia descoberto, então neste momente Dérik vai avançando novamente para perto dele ainda alterado, mais quando faz isso Shiro lhe passa uma rasteira em Dérik, que levou o Kaguya ao chão, realmente por está ele não esperava, quando se vira o Hyuga esta com uma kunai apontada para sua garganta.
Dérik sorri enquanto Shiro falava, então assim que termina ele olha para Tensei, que assustado se aproxima novamente de Dérik e o retira da sala.

[ Taisei]-Dérik O que está acontecendo com você? O que você estava querendo fazer lá?

Com um olhar sorridente -Não esta acontecendo nada... Não sei por que está tão preocupado, nunca foi assim.

Taisei e Dérik começam a conversar ali por um tempo, então Taisei percebe que ralamente não tinha nenhum conhecimento do que estava acontecendo com Dérik nesses tempos.
Depois de um tempo os dois conversando, Dérik interrompe.

-Podemos voltar?
[ Taisei]-Se você prometer que agora ira se controle e não agredir Hirai?
-Prometo

Dérik fala com uma expressão seca, então ainda sem confiar muito, os dois foram ir voltar para sala, mais Taisei já fica pronto para parar Dérik de qualquer coisa que ele tente fazer, mas antes que eles entrassem na sala um guarda avia ao jounnin que Daimyo requisitava a presença de todos amanhã ao nascer do sol.
Então assim que os dois ninjas entram na sala o jounnin, já avisa para shiro e Natsuke a situação.
Então logo Shiro e Taisei saem para um novo quarto, Dérik olha para Natsuke, como se não tivesse feito nada.

-Derdi algo enquanto estava fora?

Dérik então se senta na cama, logo ao ouvir o que Natsuke tinha a diz, o Kaguya fica em completo silencio então logo se deita para dormir sem falar nada.
Dérik em quanto dormia se mexia muito e ao mesmo tempo suava como se estivesse tendo algum pesadelo, logo ao sol chegar bater na janela do quarto o Kaguya levanta num pulo só. Ele estava com um olhar assustado, quase com se estivesse preocupado com algo, mais logo vai se acalmando e voltando ao normal. Dérik com isso nem vê que Natsuke já estava acordado, assim os dois já pegam suas coisas, assim que terminam dois guardas batem na posta para chamá-los, como já estavam pronto já vão acompanhando os guardas, no caminho eles param num outro quarto, lá estava Shiro, Hirai e Taisei, então logo todos vão ao encontro de Daimyo. Lá eles são recebidos e cumprimentados pelo serviço bem feito, logo o senhor feudal pede um favor para o grupo e Taisei fala que o grupo ira cumprir a missão.
Dérik ao ouvir o comentário de Shiro até da um sorriso, mais volta rápido a ficar serio.
Logo o grupo parte em direção a Konoha, mas antes o grupo almoça, sendo que Taisei paga por Hirai.
A viagem transcorreu sem muitos transtornos. Logico que Hirai tentou fugir, uma vez durante o almoço quando disse que precisava ir ao banheiro e foi descoberto por Natsuke tentado cortar as amarras, e outra quando avistou alguns comerciantes e gritou dizendo que os ninjas o haviam seqüestrado, fazendo com que Taisei tivesse de explicar a situação aos comerciantes escandalizados. Ao pôr-do-sol a companhia chegou a uma encruzilhada. À esquerda chegariam a Konoha e segundo o ladrão, a direta ao esconderijo.
Então assim Taisei, olha para o grupo e diz

[Taisei]- Eu e Dérik iremos à frente, para entregar a carta a um dos regentes(uma pausa) Natsuke, você e Shiro vão até o esconderijo.

Assim o grupo se separa, indo Shiro e Natsuke acompanhado de Hirai para um lado e Dérik e Taisei para o outro.
No inicio do caminho Dérik e Taisei vão indo calados, sem falar nenhuma palavra um para o outro, mas logo o Jounnin quebra esse silencio.

[Taisei]-Dérik o que aconteceu com você? Você não era assim tão... tão...
Dérik interompe -Cruel... as pessoas mudam... você mais do que ninguém deveria saber disso...

Sem entender muito ele pergunta.

[Taisei]-Porque você acha isso, o que lhe fez mudar tanto.

Dérik da um sorriso

-Como eu disse as pessoas mudam, se você não se lembra das coisas não sou eu que devo ti lembrar

O jounnin para na frente de Dérik.

[Taisei]-Dérik me explique todo, ou terei que tomar alguma providencia

Então Dérik olha serio para o jounnin

-Todas as pessoas se afastam de mim, nunca me importei com isso, mais sabe eu descobri o meu verdadeiro caminho ninja com eles fazendo isso, então nada que fizerem pode fazer com que eu volte a ser aquele “bobo” de antes. Então vamos logo que termos de entregar a carta.

O jounnin ainda sim sem entender muito, mas Dérik já volta a andar e ele acaba indo junto, os dois conversão um pouco mais, mas sempre que o jounnin toca no assunto das mudanças do Kaguya ele fica quieto.
Chegando já em konoha, Dérik e o Jounnin vão para sala dos regentes, lá só Taisei entra e o gennin fica do lado de fora.
Quando o jounnin sai, ele vão para casa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aburame Rukisu [ADM]
ANBU
ANBU
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 210

MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Sab Jul 31, 2010 12:03 am

Análise
Primeira coisa... galera eu não tenho nenhum interesse em ficar lendo textos repetidos. Sendo assim tentem não ficar escrevendo coisas que o cara de cima já escreveu.
Dérik, não entendo como você ainda consegue escrever tantas palavras erradas. Já tentou ler seus posts depois de escreve-los? Sem falar que achei ridículo eu ter feito essa missão porque VOCÊ pediu, e no fim das contas quase que o Shiro usou o seu Jounnin, ao contrario do que deveria ter acontecido pelo que tínhamos conversado.
Natsuke, você teve uma boa participação na missão... fez com que sua interpretação fosse afetada pelos problemas que seu personagem tem sofrido ao longo dos ultimos tempos e isso foi reconhecido.
Shiro, você praticamente não deixou nenhuma decisão para os outros jogadores durante a missão, porem não fez nada de errado a ponto de eu ter que chamar sua atenção ( me refiro a erros na narrativa). Foi criativo misturando o Ninja Branco à missão que fez com que eu mudasse um pouco o papel dele na trama do fórum. ( e isso não é mal.)
Eu tirei da recompensa o dinheiro que vocês gastaram em potencial com as refeições em todos estes dias e isso não lhes dá grandes prejuízos.
( não me lembro se precisava comentar mais alguma coisa... se estiver faltando algo e eu me lembrar volto aqui para avisa-los.)
Recompensa
Shiro: 2.570 Ryous
Natsuke: 2.500 Ryous
Dérik: 2.200 Ryous.

[vê lá hein... tentem não gastar tudo com as moças na rua. ]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aburame Rukisu [ADM]
ANBU
ANBU
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 210

MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   Sab Jul 31, 2010 12:07 am

Antes que eu me esqueça... Natsuke e Shiro, eu tirei um dado pra ver se acontecia uma coisa e o resultado deu nisso V

Quando conversavam com o(s) regente(s) ele(s) perguntou se vocês tinham alguma amostra\ prova dos itens que disseram ter encontrado no esconderijo e pediu-o para analise de procedência. Sendo assim ele pegou as Blades coletadas por Natsuke e o pergaminho pego por Shiro para tal ato. Disse também que dependendo do resoltado ele até poderia devolve-las para os dois.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Maior Ladrão de todos - rank B - Kaguya Dérik, Uzumaki Natsuke, Hyuuga Shiro + NPC Jounnin.
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Quem É O Maior Pokémon De Todos Os Tempos
» Não sei se sera util mas aqui esta a lista de pokemons shinys que todos tanto pedem!
» [VB6] Valor maior que o da variável Long
» [VIDEO AULA] Sistema de Rank com PHP + Mysql
» [Macaquitoss] Vai ter os Seguintes pokémon? [todos 3º geraçao]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Revo Online :: Vila da Folha :: RPG Zone :: Missões-
Ir para: