Naruto Revo Online


 
PortalInícioRegistrar-seConectar-se
Hey... quanto tempo faz que seu personagem não come? Evite as penalidades por desnutrição... visite o Ichiraku com frequência, lá seu personagem pode se recuperar em instantes !
Sempre lembre de remover itens descartáveis de suas fichas quando os mesmos forem usados. Seja honesto consigo mesmo.

Compartilhe | 
 

 Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
AutorMensagem
Aburame Rukisu [ADM]
ANBU
ANBU
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 210

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Ter Maio 22, 2012 7:58 pm

Takeda, foi legal sua missão mas por favor pare de usar "á".
+4 de força e +350 Ryous.

Kiasa, tudo OK com sua missão.
+3 força e +300 Ryous.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Rangimaru
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 91

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Ter Jun 19, 2012 5:45 pm

Ajudando a Vovó


Um dia pós o grande incidente do enterro, dormiu muito mal durante a noite ansioso para saber qual seria a resposta dos regentes para a imposição dos Uchihas, caso uma guerra estourasse internamente a neutralidade seria a melhor coisa para o clã, enquanto os fortes se desgastam lutando entre si, os fracos aproveitam e crescem, depois de acordarem os irmãos apostaram uma pequena corrida até o banheiro, Rangimaru ganhou e se trancou lá, Touya não estava afim de esperar então desceu as escadas e foi lavar o rosto no outro banheiro, Batto acordou depois deles e depois de algum tempo procurando achou Touya na mesa da cozinha tomando café e conversando com seu pai, o teor da conversa era outro código 56-D, Touya deveria ir sozinho para está missão, Batto o acompanharia, tempos depois foi andando pelas ruas com Batto em sua cabeça e dedilhando na sua harpa uma melodia um pouco alegre, como sempre seguia o mesmo caminho até o prédio dos regentes as pessoas já o conheciam e iam até a janela o cumprimentar ao ouvirem a sua lira de longe, em grande maioria meninas de 10 a 18 anos ficavam nas janelas ouvindo ele tocar enquanto passava, pouco tempo depois chegou ao prédio, estava uma confusão que só, sem chamar atenção pegou rapidamente o pergaminho e mais rapidamente ainda avisou a um dos regentes, no meio do caminho abriu o pergaminho e foi olhando para ver o que se tratava, consertar o telhado de uma senhora, com pouco tempo de procura achou a casa com uma pedaço destelhada, bateu na porta três vezes e uma senhora baixinha atendeu, Touya explicou quem era e para que havia vindo, a senhora carismática o mandou entrar e mostrou o quarto onde deveria pegar as madeiras e os pregos, martelos, tudo mais que fosse usar, Touya sem muita enrolação tratou de pegar os materiais e ir transportando até o lado de fora onde estariam as telhas quebradas/soltas, algum tempo depois transportou os materiais, até em excesso, Batto o ajudou transportando os pregos, Touya armou uma antiga escada de madeira e subiu com algumas telhas, quando estava quase na metade da escada, ela por estar velha quebrou um dos degraus o que fez o gennin ser arremessado para trás, caiu de costas no chão e por sorte as tabuas que carregava consigo não o atingiram, com o serrote fez um novo degrau para a escada e reforçou os outros, gastou algum tempo ali, para evitar um ferimento mais sério, depois de se certificar que a escada aguentaria o peso, começou o trabalho pesado e sempre que precisava dos pregos Batto voava para baixo e os trazia até a sua mão, algum tempo se passou, marteladas erradas, dedos roxos, costas doendo, mas o serviço foi feito, ao terminar guardou os materiais que sobraram, quando estava para se despedir da senhora, com as mãos nas costas devido ao tombo, a neta dela chegará em casa e tomou um susto ao se deparar com um jovem de olhos e cabelos azuis, um pouco sujo, com as mãos nas costas, uma lira no sofá, um morcego voando ao redor da cabeça do ninja, a senhora chegou com chá e biscoito explicando a situação, no meio da conversa a neta da senhora que era uma massagista profissional ofereceu uma massagem para Touya por causa do tombo, meio sem jeito ele acabou aceitando, teve que tomar um banho antes para poder limpar o corpo, recebeu a massagem em um dos quartos de cima, aquilo havia servido extremamente bem para a dor que tinha nas costas, até Batto ganhou massagem, Touya tocava a sua lira como podia tentando evitar de usar os dedos martelados para tocar e piorar a situação, depois da massagem acabou ajudando a senhora em outras tarefas que a casa pedia, foi sair de lá quando o sol já se abaixava no horizonte, voltou para casa com Batto, explicou o motivo de tanta demora a seu pai que estava aparentemente um pouco nervoso devido ao seu atraso, encontrou seu irmão e conversou com ele durante o jantar e depois dormir.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Qui Jun 21, 2012 4:10 pm

Recompença:

Touya:
300 ryus +2 força +1 habilidade + 300 XP

Batto:
+2 força
Voltar ao Topo Ir em baixo
Nert
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Sex Jul 06, 2012 12:25 pm

A missão? Ajudar uma vovó amigável!

Depois de receber a missão predestinada, parto em direção a casa da senhora seguindo as instruções obtidas para a localização de sua moradia, ainda estava bastante cansado, em menos de 48horas estava em uma cama de hospital, após uma serie de remédios fui liberado para seguir viagem.

Durante a caminhada até a casa da senhora milhares de coisas passaram em minha cabeça, percebi que não era preciso usar jutsus para conseguir uma boa apresentação e um bom desempenho, depois de mais de 20 minutos de caminhada, avistei ao longo a casa da velha senhora, uma casa simples é verdade, cor rosa mais que nem dava para notar pela tintura descascada, um muro apenas a tijolos, sem o acabamento, percebe-se que era uma casa bastante velha ao olhar. A doce senhora estava me esperando sentada em uma cadeira de balanço, tricotando sobre fios de lã, um sorriso deslumbrante em seu rosto foi oque mais me admirou, me aproximei daquela velha senhora, ela abriu um sorriso maior ainda quando me viu, creio que ela achou que ninguém viria ajuda-la, conversamos bastante antes do trabalho, a Simpática e amorosa senhora se chamava Darleny, a Vovó Darleny, Ela me mostrou o local onde deveria começar realmente o teto da senhora estava acabado, algumas telhas já haviam sumido ou quebrado, outras estavam chegas de buracos, a konoha não era de chover muito, mais presumo que aquela senhora já passou maus bocados com aquela velha casa.

Quando comecei o trabalho, após sinais de mãos criei 1Kage bunshin, acho que meu chackra não estava 100% desde a última missão, então resolvi me prevenir, meu clone ficou na parte debaixo da casa onde ficava as telhas novas, enquanto eu tratei de subir ao telhado para fazer o acabamento, primeiro retirei todas as telhas velhas, é claro uma por uma, como auxilio tive meu clone, eu retirava as telhas com cautela e as jogava para baixo, visando o mesmo, quando lançava as ele tratava de colocar cautelosamente em um canto vazio, esse processo demorou muito, mais em fim todo o telhado foi retirado, de cima pude observar a vovó que preparava alguma coisa dentro da cozinha, ela deu o grito disse pra ir descansar um pouco e que eu já havia feito bastante, ao descer desfiz meu jutsu para poupar o meu chackra, a vovó tinha preparado um delicioso bolo de Laranja para mim, sentei-me a mesa e comi enquanto conversávamos, após um bom período de descanso voltei ao trabalho, fiz novamente o jutsu kage bunshin e retornei ao processo dessa vez um pouco diferente, meu clone me lançava as telhas e eu simplesmente as encaixava, demoramos mais uns 20 minutos para terminar, o telhado ficou impecável, a Senhora me agradeceu bastante quando desci de lá, Ofereceu novamente um pedaço de bolo que havia restado, eu disse que fica pra outra ocasião, tinha que chegar logo em casa afinal a noite já se aproximava, ela intendeu, disse que eu sou um ótimo garoto, eu realmente queria ficar mais, a senhora é fantástica, mais a hora chegou e tive de partir.

Após me despedir da senhora segui viagem para minha casa, olhando o seu que começava a se estrelar, um lípido sorriso desfazia sobre meu rosto sabia que era o início de uma bela caminhada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Akimichi Onog
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 10

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Sex Jul 06, 2012 2:15 pm

A segunda missão: construtor safado!

O sol se espreguiçava por sobre os montes quando Og foi acordado por seu pai. O Chunnin corpulento arrancou as cobertas do filho - como de costume - e lhe deu um soco no ombro de bom dia.
- Vamos, filhão! - Gritou ele, sorrindo de orelha á orelha. - Hoje é o dia de seu plantão. Eu mesmo decidi ontem. Sabe como é, né filhão ? Um gennin ficou doente e por isso precisava de um substituto para caso apareça alguma missão de última hora. Como você não ia fazer nada, te ofereci. - Ele deu outro sorriso.
'' Kuso! '', pensou o garoto, '' será que não posso ficar curtindo minha preguiça, em paz?'' Bocejando e limpando os olhos pôs-se de pé. Vestiu sua roupa rapidamente e colocou sua toca-bandana - com um estranho formato de orelhas de gato - na cabeça.
Após tomar café, pai e filho se dirigiram ao escritório dos regentes. Lá Og permaneceu sentado em uma cadeira de madeira enquanto os regentes ficavam mergulhados em papéis. Horas se passaram, e juntamente com ela inúmeros lanchinhos. De repente a porta de madeira se abriu e uma velhinha acompanhada de um homem troncudo entraram. Um dos regentes suspirou impaciente e olhou os visitantes.
- Olá - disse ele - em que posso ajudar ?
A velhinha deu um soluço e começou a falar de uma vez - Senhor, eu contratei um construtor. Porém ele pegou todo o meu dinheiro destinado á obra e sumiu nesse mundo. Eu queria saber se vocês não podiam me ajudar com isso. Eu ainda tenho um pouco de dinheiro, mas não muito. Faltam só os telhados.
O regente dirigiu o olhar ao Akimichi e sorriu - Claro, este jovem shinobi o acompanhará e fará seus serviços. Não é mesmo, pequeno ?
Após uma série de resmungos e pensamentos preguiçosos Og concordou com a cabeça e seguiu a velhinha. No caminho ela falou incansavelmente do construtor patife que contratara; também agradeceu o gennin várias vezes. Andaram alguns minutos e chegaram ao local: uma casa baixinha com um telhado deixado pela metade. Og pensou seriamente se, caso subisse no telhado, ele não desmoronaria. Após sertificar que o telhado seria resistente caminhou até a pilha de materiais, onde recebeu instruções.
Enfim começou o serviço: carregou madeira para cima do telhado - só depois de vencer o medo de altura e subir na escada - juntamente com pregos, tinta e martelo. Suspirou e limpou o suor da testa; subiu na escada e começou o trabalho: não era tão simples como o garoto pensava; consistia em colocar a tábua de madeira no local e pregá-la com pregos, usando o martelo.
Após marteladas e mais marteladas, a fome dominava o Gennin. Faltava pouco mais da metade do telhado para fazer. Depois teria que pintar tudo. Fez uma pausa para o lanche, onde devorou o restante dos sanduíches preparados pela mãe, e voltou ao trabalho.
Quando a luz alaranjada do sol se pondo surgia, espalhando-se do grande arco para o mundo, Og conseguiu terminar de construir o telhado. Só terminou de pintar quando já era tarde da noite. Se despediu da senhora - agora feliz com o telhado pronto - e saiu levando um pequeno pacote que a senhorinha lhe dera para levar aos regentes.
Arrastando os pés chegou na sala dos regentes, onde se sentou e começou a esperar por seu pai.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Seg Jul 09, 2012 7:18 pm

Avaliação Nert
Primeiro, você ainda não possui o kage bunshin, então de fato cria apenas um bunshin.
se caso fosse para conseguir aprender, treino muito mais dificuldades para fazer o clone e não faria na primeira tentativa.
Segundo, sempre que postar m jutsu, poste a descrição em baixo dele, junto com a porcentagem que já possui, isso ajuda muito o avaliador


Avaliação Onog
Não tenho muito a comentar de sua missão, mais estar tudo certa, continue assim e sempre tente se superar ainda mais

Recampença
Nert Hyuuga:
1 força, 2 habilidade +250 Ryus 300 XP

Onog:
2Força +1Habilidade +350 Ryus 300 XP
Voltar ao Topo Ir em baixo
Endo Hyuuga
Gennin
Gennin



Ficha do personagem
Honra Honra: 10

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Dom Ago 05, 2012 10:03 am

Estava tranquilo na varanda de casa quando um jounnin bate na porta,eu vou atender não correndo muito porque eu esperava que fosse apenas minha irmã ou o porteiro.Quando eu abro a porta vejo um jounnin e já fico mais animado porque provavelmente eu vou receber uma missão boa agora,depois de todas aquelas faceis(Passear com cachorros,colher arroz).

-Bom dia,o que o senhor quer ?
-Eu vim lhe passar uma missão.
-Qual ?
-Você vai ter que ajudar uma senhora de idade que mora no centro da vila,ela está com um buraco no telhado e precisa de alguem pra concertar.Os materiais você encontra la mesmo.E so.
-Ok.
Entrei em casa e comecei a ir arrumar minhas coisas,botei uma roupa mais decente,amarrei minha bandana e parti rumo ao centro da vila,depois de alguns minutos andando achei a casa da senhora,que não era muito dificil reconhecer por causa do buraco no telhado.Fui andando e bati na porta *TOC TOC*
A velhinha atendeu.
-Olá garotinho,o que você veio fazer aqui ?
-Vim lhe ajudar com o telhado.Meu nome é Endo.
-Que nome bonito ! Entre,pegue os materiais no porão.
-Obrigado.
Desci peguei a madeira,os pregos e o martelo.Fui pro telhado da casa e comecei a levar as tabuas pra cima eu arrumei uma corda nas tabuas joguei a corda por cima do galho,concentrei chakra nas cordas para ela não rebentar.Comecei a puxar *Ai que pesado* fiz muita força,quando eu terminei meus braços estavam doendo.Botei uma madeira e começei a pregar,assim fiz por 20 minutos até que fui interrompido pela velhinha.
-Endo,não gostaria de um leite com biscoito.
-Não muito obrigado,Ainda faltam 5 tabuas.
Preguei mais 4 tabuas quando parei pra tomar água,descansei por 5 minutos e terminei de pregar,quando eu terminei a velhina voltou a me oferecer leite com biscoitos.
-Endo,agora que você ja terminou quer leite com biscoitos.
-Se não for muito incomodo senhora.
-Que nada*Fazendo um gesto com as mãos* Entre !
Entrei e tomei o leite com os biscoitos.Quando terminei me despedi da velhinha
-Tchau*Com um pequeno sorriso no rosto*.
-Tchau *Respondeu a velhinha acenando*
Satisfeito,fui para casa e voltei a ficar na varanda observando tudo com meu Byakugan !
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Sex Ago 10, 2012 11:57 pm

A velha tão incapacitada

A tarde em Konoha estava maravilhosamente gentil com todos, um tempo nublado com ventos soprantes. Era um tempo agradável e a Uchiha acordava naquela manhã perfeitamente bem. Seu semblante parecia bem, pois estava ansiosa para fazer missões, pois tinha um sonho de ser kunoichi e para isto, precisava de uma grande katana que viu na loja de armas, mas que custava mais do que o valor que tinha em seu banco.

--- Eu ainda compro aquela katana! ---

Assim que disse isso, pulou da sua cama, se arrumou, se equipou e desceu suas belas escadas, indo diretamente para sua geladeira pegar seu copo de leite.

--- Bom dia mãe, pai! --- Disse a Garota. -- Bom dia Filha! -- Disse a Mãe. ---- Bom dia Filha! ---- Disse o Pai.

Ambos olhavam e cumprimentavam a garota que parecia atenta ao beber seu leite favorito.

Assim que terminou de tomar seu copo, caminhou para o gabinete do hokage, onde iria ver alguma missão para fazer.

Sua caminhada foi curta, pois o gabinete era bem próximo de sua casa.

Assim que chegou por lá, a garota vistoriou no gabinete a missão que dizia para ajudar uma senhora da terceira idade.

--- Está bem, é nesta que vou! ---

Pegou o pergaminho e os recursos precisos e caminhou até o endereço que estava exposto na folha.

EM poucos minutos a garota chega no local.

--- Oi! EU estou aqui em uma missão para ajuda-la à reformar suas telhas. --- Disse a Uchiha. ---- Olá! Eu estou precisando muito desta grande ajuda, mas minha coluna não deixa eu mesmo fazer este pequeno trabalho. ---- Disse a senhora entristecida.

A senhora ordenou que a Uchiha entrasse e ofereceu os mantimentos e recursos que a garota precisaria.

---- Aqui tem tudo que você precisa garota. ---- Disse a senhora. --- Sim, obrigado. A senhora pode ficar tranquila que farei com o maior gosto. ---

A senhora ficou visualizando o trabalho da Uchiha que em quanto isto, pegava uma escada e colocava em frente à lage da casa, para poder ir e voltar com mais facilidade para pegar as telhas.

--- Eu só precisarei que a senhora me passe algumas telhas quando eu pedir, está bem? --- Disse a Uchiha. ---- Está bem querida. ---- Disse a seenhora.

Assim que chegou à lage do telhado, começou a retirar as telhas velhas e colocando em um pequeno espaço que havia na grande área de estar da senhora.

Alguns minutos se passaram e a garota finalmente retirou as telhas velhas. Agora estava pronta para começar o trabalho que era impor as novas telhas.

Começou pegando mantimentos para engrossar e fixar as telhas. Assim que passou no telhado por completo, principalmente nas áreas que eram necessitadas exclamou à senhora.

--- Pode me dar algumas telhas? --- Disse a Uchiha. ---- Claro! Aqui está. ----

Sayuri desceu alguns degraus e foi pegando as telhas que eram precisas, assim adicionando nos locais vagos que precisavam da substituição.

--- Está ficando bonito seu telhado .. tenho que confessar! --- Disse a Uchiha animada. ---- Obrigado garota, é o que eu estava precisando. As goteiras da chuva molhava todo o chão e eu tinha o grande trabalho de ter que limpar tudo. Principalmente a lama que a chuva fazia. ---- Disse a Senhora. --- Sim, isto por sinal não vai haver mais. Pois usei os recursos principais, para oferecer mais mordomia e uma bela estadia para a senhora. --- Disse a Uchiha.

Um grande sorriso era esplendido no rosto da senhora que por clareza, ficava feliz da garota estar ajudando ela.

Algumas horas depois, faltavam-se poucas telhas. A senhora ia dando para a Uchiha as telhas, assim que ela descia alguns degraus da escada e pedia mais.

O trabalho foi um pouco exaustante, mais foi divertido. A senhora parecia ser bastante divertida, mais tinha um semblante de ser triste por dentro, como se faltasse algo.

Assim que terminou seu trabalho, a garota deu um grande abraço na senhora e foi embora, assim indo avisar sobre o efetuamento e a conclusão da missão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Menma
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Qua Ago 22, 2012 7:02 pm

Ajudando A terceira Idade


Menma recebe o comunicado que precisa ir na casa de uma idosa da vila, para concertar o telhado de sua casa, pois o vento de ontem á noite estragou todo ele, chegando lá Menma bate na porta e a mulher idosa recebe ele com bastante simpatia:
-Você é o jovem que vai concertar o meu telhado?
Menma responde com um tom de confiança:
-Claro! E farei o mais rapido o possível!
A idosa mostra aonde está a madeira e Menma direto leva para frente da casa, e agarra de uma em uma madeira, e leva para cima da casa da idosa, pregando-as com os sacos de 5 kg de pregos.
No meio do serviço, a idosa oferece um suco e um sanduíche para o jovem Menma, que depois continua a trabalhar.
...
Mais tarde, Menma terminou o trabalho, bem suado, seca o seu rosto com a sua camiseta, e a idosa agradece:
-Muito obrigado, Jovem Menma! Quando precisar denovo, eu farei questão de chamar você!
Menma fica feliz com um sorriso no rosto:
-Obrigado!
E vai para sua casa, toma um banho e fica esperando o resultado da sua primeira missão!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aburame Rukisu [ADM]
ANBU
ANBU
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 210

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Qua Ago 29, 2012 4:05 pm

Endo: +2força +1CC +350Ryous

Sayuri: +2força +350Ryous

Menma: +1 força +350 Ryous
Nas missões que pouco se tem a fazer, tente inventar mais acontecimentos, usando o bom senso é claro.
Voltar ao Topo Ir em baixo
smart uchiha
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Dom Out 21, 2012 3:01 pm

[u][/u]Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D

Em busca de missão

Smart acorda cedo, por que hoje ele teria que arranjar dinheiro para se manter.
Se levanta com muito sono, anda arrastando os pés até o banheiro, lava o seu
rosto com bastante água, vai até a cozinha arruma o seu leite, se senta na
cadeira e começa a tomar bem devagar, por tanto sono que estava. Vai para o seu
quarto arrumar a cama, depois ele vai para o banheiro e escova os dentes. E vai
até o prédio dos regentes.
Nova missão
Smart chega ao prédio muito mais disposto, Smart começa a ler o quadro de
missões e acha um papel escrito o seguinte:

"Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank
D
Uma velhinha que mora no centro da vila precisa de alguém para concertar o
telhado de sua casa pregando umas tábuas.
Ela fornece a madeira e os outros itens necessários lá mesmo."
Ele então rapidamente pega o papel e se dirige para a sala dos . Chegando,
Smart bate duas vezes na porta e entra pedindo com licença.
O regente sentado em frente a uma pilha de papel, olha para o Smart que
rapidamente mostra o papel e pergunta se poderia fazer essa missão. O regente
responde:
_Sim, e, por favor, vai o mais rapido possível, a velhinha está a bastate tempo
pedindo. Smart então curva a cabeça em sinal de respeito, Smart rapidamente
deixa o regente trabalhando.
Conhecendo a velinha
Smart chega no endereço marcado, e bate na porta da casa simples, Smart olha
para o telhado e ve que mesmo de baixo percebe que o telhado precisa de um belo
conserto. Depois de um pequeno tempo uma velinha o atente, Smart fala:
_Olá, eu sou o Smart aqui eu vim aqui para consertar o seu telhado.
Velinha:_A sim meu filho eu estava há muito tempo esperando. Sim, vamos por
aqui.
Smart segue a velinha até um ponto onde o telhado se localizava mais próximo ao
chão.
Os materiais
Smart pergunta:_Senhora, será que você teria um saco de pregos um martelo?
Velinha:_Pregos e martelo sim, mas quantas tabuas o garotinho precisa? Por que
eu já tenho trinta tabuas.
Smart então fala bem baixinho "Kinobiri (Andar)" então ele molda o chakra nas
solas dos pés e começa a subir devagar, já em cima do telhado ele molda o
chakra para grudar nas telhas e ele não cair. Smart então começa a contar quantas
telhas ele iria precisar. Ele após sete minutos desce novamente e encontra a
senhora sentada num banco de baixo de uma pequena árvore.
Smart fala sorrindo:_Velinha, eu precisarei apenas de vinte e cinco tabuas.
Onde elas estão?
Senhora:_Ele estão lá na garagem.
Primeira parte
Smart chega na garagem e vê no canto direito as tabuas. Ele então pega duas e
leva até o pé do telhado, Smart após a terceira "viagem" ele pensa em
usar o seu chakra para suportar mais tabuas, ele então começa a moldar chakra
em todo o seu braço e na sua mão para aumentar a força, Smart então consegue
levar em cada "viagem" quatro tabuas.
Segunda parte
Smart após dez minutos levando as tabuas da garagem até proximo ao telhado,
Smart colocou um tabua em cima da outra para facilitar pegar quando ele
estivesse lá em cima do telhado.
Smart fala baixinho "Kinobiri (Andar)" e começa a subir no telhado,
Smart pega a primeira tabua que estava em seu alcançe mesmo em cima do telhado,
Smart lembra que esquceu os pregos e o martelo, mas quando ele ia descer ve a
velinha enquerdo o braço com o martelo e os pregos, Smart pega rapidamente os
equipamento e fala:
_Obrigado, agora a senhora pode se sentar sem preocupar comigo.
A velinha se dirige para o banco debaixo da árvore. Smart começa a rancar as
tabuas velhas e por as novas, ele começa bem devagar, mas depois da setima ele
pega experiencia e vai trocando as tabuas rapidamente.
O tombo
Smart continuar 8, 9, 10, 11, 12,... Mas após a décima segunda tabua Smart fica
muito cansado e perde o controle e começa a cair do telhado. Smart o mais rápido
que pode saca as duas únicas kunai que estava em seu bolso, (ele não havia
levado todas para não carregar peso atou) ele fica as kunais para não cair, mas
a tentativa dele foi sem sucesso, Smart cai de costa no chão, ele então começa
a olhar para os lados para ver se ninguém viu, Smart então percebe que ele caiu
do outro lado que estava a velinha, Smart então pensa "ainda bem que a
velinha não viu por que ela ia ficar preocupada". Smart levanta
rapidamente e fala novamente baixinho "Kinobiri (Andar)", Smart
começa a moldar o chakra para poder grudar na parede, após o chakra moldado ele
começa a subir no telhado.


Finalizando
Smart após duas horas de trabalho duro ele desce do telhado, com muita dor nas
costas por não estar acostumado ficar agachado trabalhando.
Smart se despede da velha senhora e se dirige para o norte em direção ao prédio
dos regentes, mas no caminha ele sem perceber pisa em um lugar firme, ele para
e olha o que foi que pisou, ele pega um isqueiro, tenta fazê-lo pegar, e na
mesma hora sai um fogo bem alto, Smart guarda o seu isqueiro e continua o
caminho para o prédio. Chegando lá ele bate duas vezes na porta da sala do
regente e entra pedindo licença, Smart fala que acabou a missão então o regente
que estava na frente de um tanto que papéis o entrega um envelope, Smart
agradece e sai rapidamente da sala. Ele chega em casa coloca e coloca o
envelope em cima da mesa e vai direto para tomar um banho bem quente e ir
dormir muito.


[u][u]
Citação:
Kinobiri (Andar)
Quem usa: Técnica ninja básica, quase todos os shinobis usam
Rank: E
Descrição:
Concentrando chakra nas solas do pés, o ninja pode escalar árvores,
paredes, além de outras superfícies, sem usar as mãos e sem cair, pois
ficam com os pés grudados.
[/u][/u]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Dérik Kaguya
Chunnin
Chunnin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 250

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Seg Out 22, 2012 7:29 am

Analise:

Então Smart agora em konoha não estão mais os regentes regindo a vila, agora já tem um Kage e ele que esta vindo a regir konoha.
Outra coisa, é que tente cuidar mais do consume de chakra que tem em treinos e missões, se tiver duvidas, pode estar indo em regras e ver sobre o Controle de Chakra.


Recompensa:

1 força +2 Controle de Chakra +250 Ryus +300 XP
Voltar ao Topo Ir em baixo
kyoshi hyuuga
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Seg Out 22, 2012 9:14 am

Ajudando A terceira Idade – Missão Rank D

O Pedido
Kyoshi estava indo treinar , mais ante decidiu ir no centro de konora comprar alguns docinhos , ao estar andando e apreciando seu doces e se depara com uma velinha inquieta , olhando para um lado e pro outro parecendo que estava há procura de alguém , ao se aproximar dela , ela o chamou e disse :
_ Ei meu filho , voce poderia me ajudar , após a chuva de ontem a tempestade soltou algumas telhas do meu telhado queria que voce coloca-se outras novas pra mim .
Kyoshi , como não estava ocupado e sem fazer nada , foi a ajuda-la e disse :
_ Sim minha senhora , vamos lá !

Mãos á obra !

E então kyoshi seguiu a mulher até sua casa e ela mostrou as ferramentas que seriam usadas , Kysohi já foi preparando tudo , enquanto a mulher foi na feira comprar algumas coisa pra sua casa.
Ele pegou a escada e a escorou no telhado , depois foi pegou 4 tábuas , subiu no telhado e deixou elas do seu lado direito , depois desceu de novo e pegou o martelo e um saquinho de pregos , e após subir pegou a primeira tábua a verificou se estava firme , e a colocou no lugar aonde estava faltando e pegou o martelo e um prego e á foi pregando , depois fez a mesma coisa com a segunda tábua , verificou para ver se estava firme , á colocou no lugar que estava faltando e á pregou lá , e rapidamente kyoshi repetiu o mesmo processo com as outras duas tábuas que faltava .

O término da ajuda !

Kyoshi já tinha terminado com sua ajuda lá , e então foi recolher as ferramentas e depois se sentou na varanda da casa para poder esperar a mulher , pois ela tinha
ido á feira .
Ele já estava meio entediado por ficar esperando , mais foi ai que a mulher chegou e ele aproximou se dela e disse :
_ Prontinho minha senhora , já vou indo então . Mais foi ai que ela o interrompeu e disse :
_ Espere um pouco mais meu filho , vou fazer um lanche pra voce .
Ele no começo recusou , mas após ela insistir ele acabou aceitando , e ela fala :
_ Espere aqui um pouquinho , é rapidinho.
Após uns 5 minutos , ela volta com um sanduíche na mão pra ele , e ele á agradece e vai saindo , mas ela pede pra ele aguardar um minutinho , ela entra dentro da casa e volta com um recompensa á ele , ele á agradece novamente e volta para o caminho de casa , para tomar um banho descansar um pouco e depois ir treinar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hayashi Yukio
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 180

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Qui Nov 22, 2012 10:19 am

Hayashi Yukio acordava cedo naquela manhã com o retorno de sua mãe de uma missão, ele estava feliz e animado com isso. Akane o contava um pouco sobre a missão que teve, mas nunca falava muito, já que a maioria ela preferia não contar. Yukio tomava seu café da manhã, comia dois pães e tomava um pouco de chá que havia sido feito pela sua mãe, ele adorava e sentia muita falta dos cuidados dela, apesar de sua tia Kaori ser quase como uma mãe para ele.
Yukio contava para sua mãe sobre os últimos dias, sobre a nova técnica que havia aprendido graças a Kaori que lhe deu a dica e também contava sobre Akemi e os treinos que haviam feito juntos, sua mãe sempre implicava com ele sobre os dois e Yukio resolvia não contar sobre a flor que havia dado a ela, mas contava sobre a missão estranha que havia recebido. Estava tudo tranquilo e calmo, Kaori estava indo para o trabalho quando pedia ajuda de Yukio para levar algumas coisas para o hospital.

-Filho, vá ajudar sua tia, quando voltar, quero que me mostre sobre sua técnica nova- Dizia Akane sorridente e carinhosa.
-Está bem, mãe. Volto daqui a pouco- Yukio sorria de tão feliz que se sentia e corria apressado para ajudar Kaori.

Yukio caminhava para o hospital ao lado de Kaori carregando uma caixa, sorria durante todo o caminho e Kaori implicava com ele por causa disso, mas ficava aliviada em vê-lo tão feliz daquele jeito. Chegando ao hospital, Yukio ia com ela até a parte de dentro, onde uma das enfermeiras corria e pegava a caixa dele. Despedindo-se com um beijo no rosto de Kaori, Yukio saía correndo para chegar o mais rápido possível em casa.

Ele corria pelas ruas da vila, desviando rapidamente das pessoas no caminho, ao longe conseguiu ver uma senhora tentando falar com algumas pessoas que passavam, mas ninguém parecia ligar. Yukio estava com pressa, então passava correndo por ela.

-Ei, meu jovem!- Exclamava a senhora num tom sofrido.

Yukio ao ouvir o chamado, imediatamente parava de correr e voltava andando até aquela senhora.

-Me chamou?- Yukio parecia um pouco apressado.
-Vejo que está com pressa, mas não poderia fazer um favor para essa velha senhora?- Havia um tom muito gentil na voz dela e compreensivo.

Yukio parava por uns instantes, sério, e então erguia a cabeça sorrindo.

-Claro. Sempre disposto a ajudar- Ele sorria e ficava sem graça vendo os olhos enrugados da senhora se iluminarem.

“Desculpe mãe, mas acho que a senhora vai entender...” Yukio pensava apreensivo, mas com convicção de que estava fazendo o que era certo.

A casa da senhora, que havia se apresentado como Miyoko, não era distante, mas ela aproveitava o caminho para contar sobre a situação. Explicava que como o telhado era bem antigo, um pedaço dele havia apodrecido e durante o último dia de chuva havia se rompido, ela agradecia por não estar embaixo na hora, mas sua casa estava ficando a céu aberto. Yukio ficava pensativo e perguntava sobre o material. Ela respondia que já havia comprado tudo, mas estava a mais de um dia tentando alguém que se dispusesse em fazer isso, já que a própria não conseguia.

Chegando lá, ela mostrava tudo para ele, as madeiras novas estavam pelo fundo da casa, a caixa de ferramentas ficava no porão e mostrava o enorme buraco, por onde quatro Yukio’s passariam sem a menor dificuldade um ao lado do outro. Ele respirava fundo e sorria indo começar o trabalho.

Ele ia direto para o porão, caçava por alguns minutos a caixa de ferramentas e a achava por baixo de uma estante de metal. Pegava a caixa e subia as escadas, abria a caixa e pegava uma fita métrica e a colocava no bolso. Andava até o fundo da casa e pegava uma escada, colocava pelo lado da casa e subia no telhado. Ele era feito de madeira, mas era coberto por algumas telhas. Andava o mais suave possível por ali para não quebrar nada e ia até onde estava o buraco.

“Isso está feio mesmo em?” Perguntava para si mesmo e sorria.

Yukio começava vendo quais madeiras que haviam quebrado e se não havia algum pedaço preso ainda. Retirava as telhas restantes por volta do buraco e as deixavam apoiadas num dos cantos do telhado. Usava a fita métrica do seu bolso e media a distância do buraco, contando com as madeiras que haviam sido partidas.

“Okay, agora vamos ver o que precisamos”

Ele descia do telhado e corria até os fundos onde as madeiras estavam empilhadas, separava uma delas e a media. Fazia um cálculo e contabilizava que precisaria de quatro tábuas para pregar. Ele pegava uma por vez, não conseguiria carregar mais que uma então começava a trabalhar, apoiava uma boa parte da madeira no ombro e andava arrastando ela até perto da escada. Repetia isso com as outras. Antes de subir, entrava pegando a caixa de ferramentas e colocando ao lado da escada no lado de fora, procurava e pegava um martelo dentro da caixa e subia. Ele precisaria retirar primeiro os pedaços de madeira que estavam presos ainda.

Fazia isso facilmente, retirava os pregos que sustentavam a madeira e a retirava jogando para o meio da casa ainda, onde depois limparia. Estava indo tudo bem até que escorregava e caía. Agradeceu aos seus senseis da academia e viu porque o treinamento de quedas era útil, ele girava o corpo caindo de pé e então jogando o peso para frente rolando no chão. Ele parava ofegante pelo susto.

“Essa foi por pouco” Pensava olhando para o tamanho da queda e pensando nas possibilidades de fraturas de ossos que possivelmente teria.

Yukio não se deixava abalar por isso, tinha prometido ajudar a senhora Miyoko e também voltar logo para casa e ficar um pouco mais com sua mãe. Lembrando-se de sua mãe, desejava acabar com aquilo mais rápido ainda. Ele terminava de retirar os pedaços de madeira e pegava um saquinho de pregos junto do martelo e os deixava no telhado. Teria que subir uma tábua de cada vez, então era o que fazia, subia a primeira a deixando em pé ao lado das escadas e as puxando para cima e depois as empurrando enquanto se apoiava ainda na escada.

>

O restante do trabalho não teve muito mistério, as madeiras cabiam perfeitamente no lugar das antigas, assim era só necessário coloca-las no lugar e prega-las nos pontos certo. Ele nunca havia trabalhado com isso antes, mas já havia visto e foi o suficiente para ter base para que fizesse o seu próprio trabalho. Quando terminava a parte da madeira, pegava as telhas que havia retirado e as colocava no lugar, descendo as escadas e subindo com as telhas novas também, as encaixava no local adequado e pronto. Yukio suava devido ao esforço físico que precisava fazer para carregar tudo e ficar subindo e descendo as escadas, além da preocupação para não errar nada.

Ele havia demorado mais tempo do que esperava, mas sentia que havia feito um bom trabalho. Guardava tudo onde havia encontrado e limpava a parte de dentro da casa onde estava um buraco. Logo após indo até a senhora Miyoko.

-Senhora Miyoko, acho que está pronto- Ele sorria cansado.
-Oh meu jovem, muito obrigada mesmo, desculpe esse trabalho todo- Ela dizia realmente parecendo agradecida e andava até a cozinha, voltando logo em seguida.
-Aqui meu jovem. Fiz isso para você- Ela entregava um saquinho com alguns cookies dentro. –E aceite isso- Dizia dando um saquinho com alguns ryous para ele.

Yukio corava, tentando recusar o dinheiro, mas ela era teimosa e insistia. Ele aceitava constrangido e agradecia os cookies.

-Obrigado senhora Miyoko, qualquer problema com esse telhado é só me chamar está bem?- Ele sorria.
-Eu que agradeço pela sua alma caridosa, não sei o que faria sem sua ajuda- Ela agradecia segurando as mãos dele.

Eles se despediam e Yukio guardando suas coisas, ia embora andando, pensando se sua mãe estaria preocupada com ele por passar mais de hora sem voltar. Aumentava o passo por causa desse pensamento e se preocupava com o horário, indo o mais rápido possível de volta para casa.
"Se fosse a minha tia, tenho certeza que estaria morto assim que chegasse em casa" Ele ria continuando o caminho.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Saito Senju
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 22

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Dom Nov 25, 2012 12:40 pm

Ajudando a 3ª idade e ganhando habilidade passiva em geografia, país do fogo

-Adeus para todos!
Foi a única palavra que saiu da minha boca depois de tomar um belo café da manhã, o dia estava frio úmido e com o tempo nublado. Saio do bairro senju e caminho para a biblioteca da vila. Depois de alguns minutos entro na biblioteca e vejo uma moça não muito velha com um uniforme azul de frente para uma mesa com vários livros. Vou até ela e falo:
-Será... Que você me arruma um livro sobre o país do fogo?
-Sim, claro! – Respondia a moça levantando e andando em direção a uma grande pilha de livros
Depois de alguns minutos a recepcionista chega com um livro não muito grosso, entrega o mesmo para mim, agradeço e vou andando em direção ao prédio do hokage.

Após cinco minutos chego no prédio do hokage logo vou até o mural de missões e encontro os seguintes títulos de missões: “A colheita de Arroz - Rank D”
“Ajudando a terceira idade” e “Passeando com os Animais”. Pego a primeira e começo a lê-la, penso rapidamente “Não... Trabalho muito duro não!”. Leio a segunda, penso “Essa é boa, mas vamos ver a última”. Com a mão direita segurando a segunda, pego com a mão esquerda a ultima que havia sobrado, rapidamente acabo de ler e penso “Não... Não me dou muito bem com animais, vai ser de ajudar à velhinha, essa missão é perfeita para mim”
Bato duas vezes na porta da sala do hokage, ouço uma voz de dentro mandando entrar, rapidamente entro e mostro o papel com a missão, Ken apenas fala, para eu me apressar por que a velhinha está muito preocupada com seu telhado. Saio da sala e caminho para o endereço marcado no papel.

Apenas alguns minutos chego na casa branca de apenas um andar com algumas janelas amarelas. Bato duas vezes na porta, uma velhinha agradável baixinha com cabelos branco abre a porta. Logo mostro o papel e falo:
-Eu vim para concertar o seu telhado-
-Óóó´… Sim meu filho entre que eu te levo para a parte mais baixa do telhado! – Exclamava ela com sorriso no rosto e apontando com o braço para eu entrar-
Passo por dentro da casa dela, a planta da casa é mais ou menos assim:

Vou para o lado de fora um lugar muito grande, logo vejo algumas partes do telhado no chão e várias linhas de costura, materiais para fazer colares e uma máquina de costura em um canto.
-Vejo que você tem um espaço vazio na casa, o que você acha de uma reforma? – Pergunto com um belo sorriso no rosto reparando o lugar-
-Como assim reforma? Meu filho! – Responde ela com outra pergunta-
-Você tem um pedaço de papel e uma caneta para eu fazer uma planta?
Algum instante depois a velhinha aparece com um caderno de rascunho e uma caneta de cor preta. Vou desenhando várias plantas:




-Que tal algumas dessas plantas? Vejo que você costura, e não tem um bom lugar para costurar, essas plantas em minha opinião são perfeita para você. – Comento olhando para as vários linhas de costura e alguns matérias para fazer colares-
-Achei as plantas perfeitas, só que... Ultimamente não tenho condição para fazer uma obra desse tamanho – Disse a velhinhas olhando para as plantas-

-Tudo bem, mas caso você queira, é só me avisar no clã senju- Vou para perto do telhado - Você tem uma escada?
-Tenho sim, está lá no canto. – Responde ela apontando uma escada no canto-
Pego a escada e as tabuas que estava perto, levo todas para perto do telhado, uma por uma, por causa de ela ser muito pesada.
Demoro dez minutos para levar as tabuas para perto do telhado. Começo a trabalhar levando uma tabua de cada vez para cima e pregando as mesmas. Após três horas de trabalho duro pregando cada tabua por vez. Desço do telhado e falo enquanto olhos a velhinha sentada de frente para a máquina de costura:


-Acabei o trabalho, mas alguma coisa?
A velhinha levanta com um colar na mão, entrega-me o mesmo e diz:
-Acho que o simbolo está certo.
-Mas isso é para mim? – Exclamo pegando o colar com um símbolo do clã senju na sua ponta-
-É sim, espere aqui que eu vou fazer para você um lanchinho – Respondeu ela andando em direção á cozinha-
Sento de baixo do novo telhado e espero o meu lanche. Depois de alguns minutos a velhinha aparece com uma badeja contendo um sanduiche de queijo, uma limonada e um envelope. A velha muito educada me entrega o lanche.

Depois de um pequeno tempo tomo o lanche, pego o envelope, agradeço a velhinha e saio em direção a praça. Quatro minutos de pois paro na praça e sento em cima de um banco, começo a ler o livro. Após vinte minutos acabo de ler o livro sobre a geografia do país do fogo e logo penso: “O País do Fogo é uma dasPaís do Fogo Cinco Grandes Nações e sua vila principal é Konoha que tem um líder chamado Kage, o Hokage.
Esta nação composta por várias florestas densas e rios. O líder supremo desta nação é o Daimyo do Fogo que era protegido pelos Doze Guardiões do Fogo. É nesta nação que se acredita na Vontade do Fogo que sempre ensinou a todos desta nação sobre sempre se importar com seus companheiros.”
Levando cansado de tanto ler e vou em direção e biblioteca para devolver o livro depois para casa pra poder descansar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
[GM] Akemi Haru
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 190

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Sex Nov 30, 2012 11:03 am

Avaliação:

Hyuuga Kyoshi: Sua missão foi siiiiimples de tudo, e nem teve um desenvolvimento muito bom. Acho que da proxima vez, em outras missões ou até mesmo nessa, você poderia descrever melhor e também criar mais historia e tudo mais.

Hayashi Yukio: Nada a comentar, um desenvolvimento de missão muito bom.

Senju Saito: Você passou maior tempo da sua missão relatando sobre as suas plantas da casa do que como efetuou o trabalho. Acho que você também não tem tanta facilidade em fazer plantas... Então, você quer pontos em arquitetura? Porque em Geografia não poderei te dar, você leu um livro de geografia do País do Fogo em vinte minutos?

Recompensa:

Hyuuga Kyoshi: 100 XP + 100 Ryus

Hayashi Yukio: 250 XP + 300 Ryus

Senju Saito: 150 XP + 150 Ryus
Voltar ao Topo Ir em baixo
Sarutobi Katsuo
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 10

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Dom Dez 16, 2012 4:59 pm

Katsu estava arrasado, no dia anterior havia recebido a notícia que seu pai havia sumido. Ele teve um “baque”, ficou calado todo o dia e depois acordou, fingindo que era um dia normal. Não era. Os ninjas Sarutobi são geralmente calmos, e essa característica não faltava ao Katsu. Mas, perder um pai – mesmo com a esperança que um dia ele volte -, é uma notícia que faz até mesmo crianças pensarem sobre a vida.

O garoto havia saído cedo de casa, carregava todo o seu equipamento ninja e o protetor de testa estava preso firmemente ao braço direito. Os óculos habituais laranjas estavam lá, presos ao rosto e protegendo-o do sol. Os cabelos negros e despenteados brincavam com o vento enquanto a pele morena começava a soar. Ele vestia uma camisa negra e calças cinzas que iam até o tornozelo. Ele tinha um objetivo naquele dia, iria ajudar alguém (mesmo que isso envolvesse receber um pagamento em troca).

Dirigiu o seu corpo enquanto devaneava um modo de ficar mais forte e ir atrás do seu pai. O automático o levou até um grande painel com missões que podiam ser feitas por qualquer um que carregasse um protetor de metal. Escolheu um papel aleatório, tirou o pequeno pedaço de metal que o prendia ao compensado de madeira e o leu.

A missão consistia em ajudar uma idosa a concertar o telhado, o jovem Sarutobi não tinha experiência nenhuma com marcenaria, lembrava de ter ajudado o Hadoumaru a martelar umas pernas de banco, e sua experiência se resumia aquilo.

- Eu vou conseguir. – disse pra si, enquanto seguia até o endereço marcado no papel.

Foram vinte minutos procurando pela casa, até que ele avistou um punhado de telhas soltas em frente à uma casa, bateu três vezes na porta e foi atendida por uma velhinha simpática. Explicou a razão de estar lá, ela sorriu e entregou uma caixa de ferramentas. Ele teria trabalho.

Ele saiu pela porta, e não procurou pela escada. Havia uma árvore lá, a escalou – o que requeriu força e habilidade. E então usou um galho pra alcançar o telhado. Havia uma espécie de tabuas e cordas, que funcionavam como um elevador. Já havia um punhado de telhas nela quando o Katsu atingiu o topo da casa. Havia um peso grande, mas, o garoto conseguiu trazer as telhas pra cima.

Pegou o martelo dentro da caixa de ferramentas e em seguida pôs uns pregos na boca, com a ponta virada para fora – pra deixar claro. Começou a martelar as telhas, e retirar algumas delas quando fosse necessária. Repondo alguma das velhas. Havia dificuldade, era um novato.

“Porque por ninjas pra consertarem telhados?”

Bufou, impaciente. Mas, lembrou porque estava ali. Havia decidido ajudar alguém... Martelou os dedos algumas vezes, e pegou esparadrapos que estavam lá e os pôs nos dedos. Usavam uma kunai sempre que necessário para remover pedaços de madeira desnecessário.

Descia usando a árvore quando era necessário reabastecer o estoque de telhas. Como o telhado só precisava de reparos, o serviço não demoraria muito. Passou duas horas fazendo esse mesmo serviço repetitivo, seus braços doíam do esforço e o estômago roncava pedindo comida. Havia decido pra beber água, quando a velhinha o viu, solidarizou-se com a situação e o convido para almoçar. Havia arroz e peixe, Katsu comeu o suficiente para aguentar pelo trabalho pesado.

Após comer, descansou por dez minutos. Durante as duas horas que havia trabalhado, já havia reparado mais da metade e a prática o ajudaria no serviço. Voltou ao serviço, e algum tempo depois terminou. Ao concluir, desceu e agradeceu a velhinha pelo trabalho, Katsu disse que estaria lá quando fosse necessário e agradeceu pela oportunidade de trabalho, recebeu o pagamento e foi para casa.

Ao chegar em casa, tomou um banho e foi direto ao quarto. Olharia pela janela até cair no sono, esperando o pai que não voltaria.
Voltar ao Topo Ir em baixo
[GM] Akemi Haru
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 190

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Ter Jan 01, 2013 8:20 pm

Sarutobi Katsuo: 200 Ryus + 210 XP + 2 For
Voltar ao Topo Ir em baixo
Saito Senju
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 22

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Ter Fev 19, 2013 9:26 pm

Ajudando a 3ª idade e ganhando um grande amigo


Recebendo a missão

Com os cantos dos pássaros Saito Senju desperta. Ainda com os olhos fechados o menino se assenta sonolento em seu leito. Esfrega desajeitado o rosto com as palmas das mãos, abre os olhos ainda meio adormecido e se espreguiça num bocejo. Depois, olhando em torno, dá com os olhos em seu irmão que ainda dorme, do outro lado do quarto. Com uma voz cansada, estende a mão na direção do irmão e diz:

-Acorda vagabundo!

Saito salta do leito e abre a porta do banheiro. O Sol que adentrara pela pequena janela bate em cheio no seu rosto magro, moreno. Com seus olhos negros e profundos ele contempla o belo dia. Saito avança para a pia, abaixa-se um pouco, lava o rosto na água gelada, retira a remela dos olhos e escova os seus dentes.

A voz do pai chamando da cozinha desperte-o. Saito avança calmamente para a cozinha. Senta-se à mesa, com seus pais. Começa a beber leite e comer um pedaço de bolo de cenoura com calda de chocolate, que sua mão havia acabado de fazer. Com uma pequena xícara de café na altura do rosto seu Sato fala:

-Filho preciso de um favor seu!

-Pode dizer pai! – Responde o jovem.

-Eu preciso que você ande até o centro da vila e conserte o telhado de uma velha amiga nossa! – Exclamou tomando um pequeno cole do café da xícara. – Eu já a mandei comprar as tábuas só que tenho um compromisso hoje e não posso fazer, será que você faz isso para mim filho? – Continuou.

-Pode deixar pai! – Respondeu o garoto levantando da mesa e caminha em direção da porta.


Encontrando um amigo

Assoviando baixinho, Saito parte de sua casa para a moradia da senhora. Com uma mão no bolso direito e a outra levando pendurada em seu ombro a sua bolsa de armas.

Ao chegar à extremidade do bairro senju. Saito começou a sentir batendo em seu rosto com insistência um foco de luz, intrigado com isso, Saito dirige para a janela aonde vinha o foco de luz. Não conseguiu ver nada, porque a janela da casa era mais alta do que ele, mas ouviu uma voz convidando-0 para entrar. Abriu a porta e viu estirado numa cama de madeira um homem magro, de pernas e braços muito finos, com uma cabeça enorme, da qual pendia uma barba branca. Saito nunca havia visto uma cabeça igual. Na mão direita estava um pequeno espelho, que certamente usara para fazer o reflexo do sol no rosto do jovem.

Assusto-se. As o homem sorriu e o fez sentar num banquinho a seu lado. Explicou que se chamava Cosme, chamara o garoto porque queria conversar u pouco com ele. Perguntou onde o menino morava e quem era o seu pai. Interessou-se por sua vida. Uma hora depois, estavam íntimos. Cosme pediu a Saito para levar, sempre que pudesse que conseguir.

Cosme foi contando ao menino as aventuras da sua vida. Contou que, como ele, também nascerá um ninja, numa vila próxima de Konoha, região que dá o algodão de fibra mais longa do país do fogo. Contou que ele era um ninja ótimo em genjutsu, dissera da missão que ficara paralitico.

-Cosme infelizmente tenho um trabalho para fazer, um telhado para consertar, não devia nem ter parado amanhã eu volto aqui, foi bom te conhecer. Exclamou ao lembrar-se do trabalho que deveria fazer. Saiu pela janela e começou a correr em direção da casa da senhora.


Encontrando a casa

Saltando de telhado em telhado, usando uma quantia modesta de chakra, usado diretamente nos músculos, agindo em todos os músculos da perna, para poder correr um pouco mais rápido.

Alguns minutos depois encontrara a tal casa, uma pequena moradia, de apenas um andar, com as paredes da cor de palha e janelas grandes na fechada. O cheiro doce de café sendo preparado tomava conta do local, era com certeza a casa da senhora, que adorava fazer doces e massas, ela é uma grande amiga da família, que conhecera os avos de Saito.

O jovem bate na porta levemente puxando o máximo possível o ar, para que o cheiro agradável entrasse em seus pulmões. Uma senhora pequena, de cabelos brancos, usando um avental verde com várias flores vermelhas atende a porta com um sorriso no rosto, seus dentes tortos com o tempo.

-Ola Isa! – Exclamou o jovem sorrindo – Sou o filho do Sato, lembra de mim?

-Lembro sim! Você é o Aoki? – Perguntou a velha convidando o jovem para entrar esticando o braço apontando para dentro da casa.

-Haha! Não... sou o Saito! Aoki é meu irmão mais velho! - Explicou o garoto entrando na casa pedindo licença.

-Aa sim... Tudo bem Saito? E com sua mãe Oota como está? – Perguntou ela

-Sim está ótima, mas enfim eu fim para concertar o seu telhado! – Falou o jovem olhando para o forro de madeira da casa.

-Sim, mas primeiro tome um pouco de café com pão, acabei de preparar os mesmos!

-Não quero incomodar... Mas pelo cheiro não tem como recusar – Brincou o jovem com um sorriso envergonhado no rosto.

Os dois seguiram em direção a cozinha, onde encontrara uma belíssima mesa de, com frutas, doces e bolos, aparentemente deliciosos.

-Tome um pouco de café jovem! Pegue um pedaço de bolo! – Falou ela entregando uma xícara para o jovem – Sente-se.

-Obrigado! – Agradeceu o jovem

Ao saborear rapidamente o delicioso café com bolo, o jovem se levanta e caminha com a senhora ao lado para o quintal, onde encontra empilhadas as tabuas que usara para o concerto. Ao lado das tabuas uma escada marrom com muita poeira, o que mostrava que não fora usada a um bom tempo.

O jovem analisa cuidadosamente a escada para ter a certeza que a mesma não quebrara quando estiver subindo nela.

Saito encosta cuidadosamente a escada não parede da casa, quando voltara para a pilha de tabua vera atrás da mesma um pequeno um pequeno saco de pregos e um martelo do cabo marrom.

O gennin retirara uma tabua da pilha e encostando a mesma no ombro direito com o apoio do braço direito, fazendo mais força do que realmente precisara para ter mais segurança para subir a escada com o apoio do braço esquerdo.

Fizera isso por sete vezes, subindo e descendo as escadas cuidadosamente, depois pregara todas as madeiras com a quantidade necessária de pregos, para não causar maior problema mais para frente.

Após terminar o trabalho e limpar a sujeira, que tentara não fazer, mas isso não dava certo, apenas causava ainda mais sujeira. Saito guarda a escada que havia acabado de limpar, encosta a mesma no muro e caminha com a fisionomia de cansaço para dentro da casa, a sua testa estava brilhando com o sol batendo no suor.

Ao chegar na cozinha encontra a senhora, acabando de fazer um rosca o garoto sorri para ela e com uma voz que demonstrava cansaço diz:

-Está pronto... Eu vou indo ou tem mais algo para fazer?

-Não Saito, não tem mais nada não. Obrigada mesma... Tome! Eu já ia esquecendo! – Responde ela retribuindo o sorriso do garoto com outro sorriso, enquanto tirava do único bolso de seu avental uma quantia de ryus e entregava para o garoto.

O mesmo tentava recusar, mas ao lembrar de todo o seu trabalho aceita, então sai negando que queria comer. Saito com grande dor na lombar, no ombro direito e o braço direito, que usava para realizar o trabalho, saí da casa da simpática senhora lembrando-se de Cosme.



Citação :
A parte do Cosme é uma coisa que eu quis adicionar na história do Saito, que ira ter continuação ao decorrer do tempo. Mas não sei se podia fazer isso... Se não, desculpa antecipadas. Fuck this Shit
Voltar ao Topo Ir em baixo
Aburame Rukisu [ADM]
ANBU
ANBU
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 210

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Ter Fev 26, 2013 10:34 pm

@Saito Dê mais atenção para a escrita. Não houve problemas em inventar o Cosme nem em dizer que a senhora era amiga da sua família.


250 XP + 300 Ryus +3 força +1 Ponto de Jutsu.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Koori Ryoto
Gennin
Gennin



Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Seg Ago 12, 2013 8:22 pm

 Ajudando a Terceira Idade .


Era uma manhã fria em Konoha , um péssimo dia para se levantar da cama . Algumas nuvens tomavam conta do céu e aquilo era bem familiar , parecia com Kirigakure , aquelas nuvens escuras e o cheirinho de chuva agradavam Ryoto . O garoto acabará de se formar Gennin , e estava ansioso para sua primeira missão , as culturas em Konoha eram diferentes , mesmo assim , o garoto se sentia bem . Ele se levantava com certa preguiça de sua cama e olhava pela janela , mesmo que estivesse frio , ambas estavam abertas . Logo seu banho era tomado e sua refeição era completada . Ryoto arrumava sua bolsa e seguia para o centro de Konoha , assim que chegava mal entrava no Palácio da Vila da Folha e avistou um Mural com algumas missões , entre elas havia uma que parecia ter sido colocada a pouco tempo , Ryoto informou aos seus regentes que completaria aquela , após pegar o mapa onde indicava a velha senhora , o garoto apressou os passos . Não demorava muito para que o garoto chegasse na casa , era um pouco velha e o telhado estava ruim , Ryoto chamou a senhora e a mesma saiu de sua casa com um sorriso no rosto .


-- A senhora que anunciou que a casa precisava de reformas no telhado ?
-- Sim , eu vou buscar as tábuas e tudo o que precisar , quer alguns biscoitos ?
-- Não , apenas vim fazer meu humilde trabalho * Sorria * 


A senhora chegava com tábuas e pregos , uma escada era utilizada para subir ao telhado , porém , uma chuva fina começava a cair e então um sorriso era exposto no rosto de Ryoto , de fato ele estava em "Casa" , com o auxilio do Hyouton : Tsubame Fubuki deixou as tábuas presas para que as mesmas não caíssem na parte de baixo da casa e machucasse alguém . Ryoto começava a pegar uma tábua de cada vez e a pregava com esforço e determinação , demorava bastante , já que o telhado estava em péssimas condições . O garoto estava ficando fadigado , quando usou o auxilio de outro jutsu , dessa vez era o Shunshin no Jutsu , jutsu aprendido em Konoha . Ryoto diminuiu o tempo por quase metade , e no fim da tarde acabará de reformar o telhado . Então o garoto desceu e entregou os pregos que sobraram . 


-- Obrigado meu filho , aceite esse pedaço de bolo e um chocolate quente , o frio está demais .


Ryoto aceitava , de fato estava com fome , após comer e retribui com sorrisos o agradecimento da senhora , ele foi até seus regentes informar sobre sua missão .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Suzuki
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Seg Ago 12, 2013 8:38 pm

Shushin no jutsu, tecnica de movimento rapido, no quesito é direcionada a correr, não criar açoes como trabalho.

tente deixar a descrição do jutsu para ajudar a pessoa que esta avaliando.

A sua missão foi bem simples, na verdade quis entender o que significava "Palacio da vila da folha em um de seus textos."

+2 Controle de Chakra +250 Ryus +200XP
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Koushirou
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 80

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Ter Out 08, 2013 11:08 pm

A volta a ativa !
Era cedo o sol estava nascendo em Konohagakure no Sato. O sol batia forte na janela do jovem Uchiha Koushirou que nao fazia uma missão a mêses e que começava a precisar ir em uma entao naquela manhã de verão ele saia procurando algo pra fazer. Koushirou estava a procura de uma missao para fazer, não queria lutar nem treinar nesse dia, estava com muito calor e o tedio era gigantesco. Então resolveu sair por ai pela vila, talvez achasse alguma coisa para fazer, uma missão, era certamente o ideal para ele. No centro da vila, o ninja avistou uma senhora, que parecia preocupada, ela certamente precisava de ajuda. O jovem foi ate ela para ver o que estava acontecendo. Olhou para a senhora e perguntou:

- A senhora precisa de ajuda ? - A senhora sorridente, respondeu: 

- Sim, preciso de alguém para concertar meu telhado, forneço todos os materiais, aceitaria o trabalho ?

 -  O jovem Koushirou que queria uma missao respondia:

- Claro senhora ! 

 Então os dois entravam na casa, a senhora que ficou embaixo e passava a ele as toras de madeiras, os pregos e o martelo. Koushirou queria terminar tudo rapidamente nao era a missão mais " interressante " que existia mas para seu nivel era tudo que tinha.Ele fazia tudo sozinho sem a ajuda de nenhum , só naquele trabalho que era duro fisicamente para o jovem. Se aproximando de 12h00, a senhora que aparentava ter uns 63 anos, vinha lhe trazer um bol e ramen, pedindo para o genin descansar e comer um pouco, para depois ele voltar ao trabalho para ter mais disposição, Koushirou aceitou com um grande sorriso, ele estava mesmo faminto e cansado. Koushirou comia tao rapido que tinha perdido as maneiras de tao rapido que comia, logo pedia um copo de água para a senhora, que o atendeu sem demora.
 Ja era meio-dia e meio quando Koushirou voltava ao trabalho duro. Sem descanso, ele trabalhava mais cinco horas sem parar sequer para beber água, mas continuava ele pensava que aquele trabalho nao ia ser muito dificil mas estava suando a camisa para conclui-lo também ele nao partia em missao desde os acontecimentos no clã Uchiha que estava perdendo sua força na vila. Quasse acabando o serviço o Gennin olhava para o céu e lenbrava de sua infancia aquela situaçao era nostalgica, ele continuava a bater nas tabuas olhando pro céu ate que batia com um martelo no seu dedo e quasse caia do teto ele terminava seu trabalho resmungando.
No final do trabalho o jovem Uchiha recebia sua recompensa e alguns elogios da senhora ele entao ia para casa feliz pelo trabalho que tinha comprido, andava por Konoha era por volta das 16h30 como era verão viasse aquele lindo tempo em Konoha
Voltar ao Topo Ir em baixo
Hyuuga Shiarimoto
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Ter Fev 18, 2014 3:23 pm

Hyuuga Shiarimoto tinha acabado de comer Ramen no Ichirako quando um Chunnin (NPC) veio até ele e disse:

  -Olá Shiarimoto, vejo que acaba de comer Ramen. --Diz em um tom de risos
  -Sim, eu estava com fome, tinha acabado de treinar. --Responde o garoto
  -Bom... não vim aqui para falar de comida. 
  -O que quer dizer com isso? (Pergunta Shiarimoto)
  -Você foi mandado para uma missão Rank D, ajudar uma velha senhora que precisa de ajuda na sua casa, ela está com dificuldades em fazer algumas coisas e pediu a nossa ajuda.
  -Mas que tipo de ajuda ela pediu? -Pergunta o Gennin
  -Ela está fazendo algumas reformas no telhado da sua casa e precisa de alguém para ajudá-la.
  -Certo, pode deixar comigo.

  O chunnin o informa o local que a senhora está esperando. Logo depois Shiarimoto vai depressa para o local indicado.
  Chegando lá, ele ver a senhora em uma escada pregando tábuas no telhado. 
  A senhora esculta a portão da sua casa se abrindo e olha quem é, ver o Gennin se aproximando, da um sorriso e fala:

  -Olá! Que bom que chegou!
  -Olá senhora, eu soube que a senhora estava precisando de ajuda no telhado da sua casa, então vim o mais rápido que pude.
  -Eu agradeço muito sua ajuda, pode começar pregando as madeiras no telhado.
  -Certo!

  Quando a senhora está descendo a escada, o martelo que ela estava segurando cai em um buraco que fica no mesmo local que ela estava trabalhando, coberto com grama. Não conseguia acha-lo, então pede ajuda ao garoto.

  -Meu filho, o meu martelo caiu aqui nesse buraco, mas não consigo achar, pois tem muita grama por aqui.
  -Pode deixar comigo. Byakugan!

  Logo em seguida o garoto usa o Byakugan para procurar o martelo, acha e retira do buraco.

  -Ah! Muito obrigado! Você é mesmo um bom garoto.
  -Não foi nada, vou começar o trabalho.

  Algumas horas depois, Shiarimoto termina seu serviço e se despede da senhora, acenando.

  -Já vou indo senhora, foi um prazer ajudá-la.
  -Tchau! Muito obrigado pela ajuda.
  -Não foi nada. (Responde o Hyuuga acenando)

  Shiarimoto está faminto, por causa do seu trabalho cansativo e vai para o Ichirako comer Ramen, coisa que ele gosta muito de fazer... Pois agora só resta receber o resultado da missão.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Suzuki
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    Ter Fev 18, 2014 4:05 pm

Koushiro

até claro senhora o texto estava bom, mas decaiu muito na ultima parte, não use numeros no seu textos os enfeia, cuidado com a descrição.

2 de habilidade

100 ryous

200 de experiencia


Shiarimoto

gostei , mas tente usar de mais descriçoes e menos falas isso ajuda bastante.

2 de habilidade

200 ryous

250 de experiencia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D    

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ajudando a Terceira Idade - Missão Rank D
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 3Ir à página : Anterior  1, 2, 3  Seguinte
 Tópicos similares
-
» [Missão Rank A] Estranho Dojo (Exclusivo ANBU)
» Missão RANK D - Hiperactividade
» [Missão Rank D] Redes Estragadas
» [Missão Rank C] Caçar Javalis
» Missão rank D - Olha o Filé!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Revo Online :: Vila da Folha :: RPG Zone :: Missões-
Ir para: