Naruto Revo Online


 
PortalInícioRegistrar-seConectar-se
Hey... quanto tempo faz que seu personagem não come? Evite as penalidades por desnutrição... visite o Ichiraku com frequência, lá seu personagem pode se recuperar em instantes !
Sempre lembre de remover itens descartáveis de suas fichas quando os mesmos forem usados. Seja honesto consigo mesmo.

Compartilhe | 
 

 O Anel - Rank C - Uchiha Suzuki

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Rangimaru
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 91

MensagemAssunto: O Anel - Rank C - Uchiha Suzuki   Sex Dez 27, 2013 8:48 pm

[Auto-Narrada]

O Hokage novamente a chamava em sua sala, dessa vez tinha algo haver com o anel que lhe fora entregue no dia anterior, sua missão era simples, existe um Uzumaki que mora a alguns dias de caminhada da vila floresta a dentro, ele usa um jutsu para esconder a sua casa, sua missão era simples, levar o anel que você havia encontrado até ele para que ele refizesse os selos necessários, enquanto isso a sua barreira iria enfraquecer e sua moradia ficaria visível o deixando exposto a ataques externos, outra parte de sua missão é defender sua casa enquanto ele realiza os selos, por volta de umas duas horas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Uchiha Suzuki
Gennin
Gennin
avatar


Ficha do personagem
Honra Honra: 0

MensagemAssunto: Re: O Anel - Rank C - Uchiha Suzuki   Sex Dez 27, 2013 10:37 pm

O vento frio batia com violência contra uma das janelas do quarto, e mesmo estando acordada a menina parecia inerte aos barulhos externos, havia recebido um choque ao ver que Aburame Shou estava supostamente vivo, e o pior, havia tentado assassina-la, levantou-se com certa dificuldade, não havia sido gravemente ferida fisicamente, mesmo assim sua mente estava uma completa confusão.
 
---Ei pirralha, até quando vai ficar com essa cara de idiota?---

 Ela olhou em direção ao espelho de sua penteadeira seus lábios se moveram, mais não conseguiu proferir quaisquer palavra para sua companheira, um breve bater na porta a sacerdotisa do Hakurei.
 
---Suzuki, parece que chegou mais uma missão para você cumprir... ---

 Novamente a garota permaneceu muda e apenas fez uma breve afirmação com a cabeça, à mulher praguejou algo, deu alguns passos na direção da garota, fechou o punho e a socou, jogando-a contra o armário, segurou a gola de seu vestido.

 ---Escute aqui Filha de Midori, há genins que te admiram, pessoas que deram a porcaria da sua vida para protegê-la e outras que confiam em você, Sazane minha irmã era a mulher mais surpreendente que conheci. ---

 A mulher pressionou ainda mais Suzuki contra a porta de madeira de madeira, podia se ouvir a madeira rangendo atrás de Suzuki.

 ---Eu não ligo, EU NÃO PEDI PARA NINGUEM ACREDITAR EM MIM, NÃO PEDI PARA MINHA MÃE MORRER, NÃO PEDI PARA SHOU LUTAR CONTRA AQUELES CARAS, POR QUÊ? PORQUE ELE NÃO VOLTOU PARA KONOHA? ----
 
Suzuki tentou se desvencilhar, não conseguiu Reimu era muito mais forte que ela.

 --Abra seus olhos Uchiha Suzuki, esse mundo não é um conto de fadas, não importa o motivo que esse Shou teve para não voltar, assim que ele decidiu não voltar para Konoha ele se tornou um Nukenin, um traidor, um lixo que não merece sua consideração. ---
 
A madeira rangeu com mais força, se não fosse pela raiva que ela estava sentido ela já teria desmaiado com a pressão sobre sua caixa torácica.
 
--E o que via fazer? Vai desistir? Não me lembro de ter uma aluna covarde. ---
 
A mulher então se afastou, deixando com que Suzuki caísse no chão.

 ---Uma vez... A melhor amiga de Sazane, teve que fazer uma escolha, a escolha mais difícil de sua vida, matar sua melhor amiga para proteger a vila... naquela hora, em que a kunai era encravada no peito da mulher que ela considerava como irmã, mesmo com lagrimas nos olhos ela não hesitou, sabe porque?---
 
Suzuki permaneceu quieta os cabelos lhe cobriam a face.

 --Porque ela era uma SHINOBI, então, trate de se tornar uma shinobi, e nunca se esqueça, no mundo em que vivemos matar amigos ou morrer nas mãos de amigos, é algo comum---.
 
Jogou a carta em direção a genin então bateu a porta com força.

Demorou cerca de duas horas para que a Genin finalmente tivesse alguma força para poder abrir a carta e ler, estava sendo convocada para outra missão e que envolvia aquele maldito anel.

Juntou sua coisas, jogou o enorme pergaminho atrás de suas costas, amarrou os cabelos castanhos que se estendiam até ao chão no enorme laço no topo de sua cabeça, pegou-a katana e olhou por seu fio, a lamina negra não refletiu nada a não ser o SUS sombrios olhos negros, não tinha certeza se Shou apareceria de novo, mas queria lhe perguntar algumas coisas.

 ---Parece que você finamente acordou. --- respondeu Ookami.
 
---Não... Sinto que apenas entrei em um pesadelo---

 Caminhou em passos largos até a cozinha, onde enfiou um pão inteiro na boca, a sacerdotisa sorriu, entregando-lhe um copo quente de chá.
 
---Não quero chá, preciso de leite... --- ela abriu a geladeira e então virou  o litro na boca. ---eu não sou grande o suficiente, e nem tenho peitos como o de minha mãe... Minha voz não é tão autoritária quanto à do meu pai, e não sei beber saque... Nem mentir como minha tia... --- as lagrimas escorriam de seus olhos a cada mastigada.---- eu preciso crescer muito... ---
 
Reimu sorriu enquanto caminhava lentamente e abraçava a genin.

 ---Não se preocupe... Ninguém se importa se você é uma tabua de passar roupa---
 
Ela continuou a rir e afastou Suzuki, enxugou as lagrimas dos olhos da genin e passou a mão sobre sua cabeça.

 ---Eu ainda terei orgulho do meu corpo---
 
H
avia encontrado o animo de volta, apesar de suas lagrimas ainda estarem fresca sobre os olhos, ela conseguiu esboçar algum sorriso caminhou para fora do templo onde acenou com a cabeça para Reimu.

Quando pôs os pés para fora da barreira alguém a aguardava, cabelos loiros e olhos tão azuis e afiados como o de um lince, como sempre parte de seu rosto estava coberto por um leque branco com inscrições estranhas e ao centro um Ing. yang.

 ---Finalmente você saiu do templo, achei que ficaria depressiva porque seu namorado te traiu. ---

 --Ele não era meu namorado, era o irmão de meu melhor amigo... A pessoa que considerei como um irmão. ---
 
Suzuki olhou distante para as escadarias do templo, e fez novamente o percurso até chegar ao grande prédio vermelho de konohagakure, sem qualquer receio, ela se dirigiu para a sala do Hokage, onde um dos assistentes do mesmo a convidou para entrar.

 ---Esta atrasada Suzuki---
 
- Peço perdão Hokage Sama... ---

 
Com um breve aceno ele com as mãos o assistente saiu e ele colocou o estranho anel sobre a mesa.


 ---Primeiro eu queria te perguntar se mais algum Uchiha sabe sobre Aburame Shou. ---

 ---Não, o conteúdo de minhas missões são secretas, principalmente as que pode trazer algum prejuízo pra a vila, mas não nego que minha mestre descobriu de alguma forma. ---

 --Esta falando de Uchiha Reimu?---Ele coçou a cabeça ---Se apenas ela e Yukari sabem, então não preciso me preocupar. ---
 
---Me desculpe Hokage, mas qual seria a missão... Eu... Realmente queria termina-la o quanto antes e voltar para casa.

 ---Quero que leve esse anel para certo Uzumaki que vive na floresta, a alguns dias de viagem daqui, ele é a única pessoa capaz de selar essa relíquia, além disso, como acredito que você possa ver isso não é algo comum, enquanto ele faz os selos é bem provável que a barreira que protege sua casa se enfraqueça, tornando-a visível, e não podemos permitir que algo aconteça com ele. ---
 
Suspirou, e lembrou-se das palavras de Shou, ele provavelmente iria atrás daquele anel, e Suzuki teria que lutar contra ele, não queria isso.
 
---Me desculpe e Hokage-Sama, mas... Tem certeza que sou a pessoa mais indicada para cumpri-la?---

 O Hokage olhou para ela e então jogou o anel.
 
--Não me lembro de fazer pedidos Kunoichi Uchiha Suzuki, isso é uma ordem, você é a pessoa mais apropriada para essa missão. ---

 Ela suspirou e então abriu o pergaminho, puxou o tinteiro que estava selado dentro dele.

 ---Peço perdão por selar o anel aqui... Mas não confio de fazer isso em outro lugar. ---
 
Após o item estar selado e bem seguro atrás de suas costas ela fez um breve aceno com a cabeça e saiu do local, o primeiro lugar em que passou foi comprar os mantimentos necessários e então seguir viagem.
Como havia entendido, o mapa indicava um ponto distante de qualquer estrada para sua sorte Yukari estava junto a ela sim entendia bem de localizações.
 
---Porque não usa aquela fenda estranha para nos tele portar, seria bem mais simples--- Resmungou Suzuki.
 
---Eu não posso... Só posso usar aquela técnica algumas vezes no dia... Além de que... nada não, esqueça---

 A noite passou muito mais rápido do que ela havia desejado, era bom estar em dupla, podia dormir tranquilamente fazendo apenas rodízios durante a noite.

 Ao passar o segundo dia de viagem ela finalmente desabafou.

 ---Eu quero que você me perdoe... Ookami me sugeriu entregar o anel a você e leva-lo de volta a Konoha... Não o fiz... Não confiava em você---
-
--E é melhor que continue assim, lembre-se, eu não te salvei por você ser minha amiga, eu te salvei porque quero matar Ookami... E não aceitaria que outra pessoa o fizesse. ----

 Sorriu, jogou o capuz vermelho sobre os cabelos.

 ---Você realmente não deseja matar Ookami não é?---
 
---sim desejo--- respondeu sem hesitação ---Ela assassinou minha melhor amiga no passado, deve pagar o preço por isso---.
 
O silencio tomou conta do lugar, nem Suzuki se sentia a vontade com assunto e nem Yukari com intenção de relar qualquer detalhe sórdido da vida de sua amiga, mas se isso fosse verdade porque as duas pareciam-se tão amigas.
Os três dias se passaram muito mais rápido do que ela imaginara e quando se deu conta estava diante de uma casa em ruinas, o mato cobria boa parte do local, deixando em pé algumas estranhas rochas com inscrições que Suzuki conhecia bem eram fuinjutsus.

 ---Parece que alguém chegou antes da gente aqui. --- Comentou Ookami.
 
---Não... Nós chegamos a tempo... ---
 
A menina aproximou a mão como se tentasse pegar algo invisível, seus olhos tomou a coloração vermelha, e só assim ela pode ver uma enorme barreira ao redor do local, quando tocou a mão sobre a mesma a barreira a repeliu, jogando-a metros de distancia contra uma das arvores, para sua sorte Yukari aparou o impacto usando uma de suas mãos de vento.

 ---Agora sabe como me sinto em relação ao templo Hakurei, a sua sorte é que a barreira aqui não esta tão forte, e então? Como faremos para entrar?---

 ---Não faremos, a não ser que sejamos convidadas, duvido muito que consigamos entrar. ---
 
---Sou Uchiha Suzuki a sacerdotisa, peço que você nos permita entrar, viemos trazer-lhe a mercadoria. ---

 
Como um rasgo sobre um véu a local a barreira se abriu, Suzuki segurou na mão de Yukari orientando-a pelo caminho correto, quando entraram o local era diferente do que aparentava, uma casa de dois andares, de madeira, o local era rustico, mas bem cuidado, o gramado era bem cortado e havia um jardim com todos os tipos de flores nas laterais, um pequeno lago cortava os fundos da casa.

 ---estava esperando por vocês. ---
 
Elas olharam para cima e viram um homem idoso, cabelos brancos e longos assim como uma barba que lhe cobria as vestes brancas, tinha olhos azuis celestes uma marca registrada do clã que Suzuki tanto admirava.

--Eu trouxe o item a ser selado. ---Abriu o pergaminho e com apenas um selo de mão liberou o estranho anel. –Ninpou Kuchyose no Jutsu----

 --Dessa idade e já consegue selar coisas... Eu realmente ando ficando velho. ---
 
Suzuki sorriu com o elogio.
---E não é só isso, ela é provavelmente a genin mais com os melhores fuinjutsus de Konoha, superando até mesmo alguns Uzumakis. --- respondeu Yukari.
 
Ele olhou para a Uzumaki, seu sorriso se desfez voltou seu olhar para um pequeno fuinjutsus sobre o pescoço de Yukari.

 ---Esse corpo não era seu antigamente não é?---

 --Você é tão bom quanto os Uzumakis dizem... ---
 
---A dona dele... Ela esta morta agora?---
 
---não sei, ela apenas queria desaparecer e eu queria faze-la desaparecer. ---  completou a loira.
 
Minutos depois com um olhar severo pediu que Suzuki entregasse o anel e entrou em sua casa, mas não permitindo que nenhuma das duas lhe acompanhassem.

 ---O nome dele é Taizen foi um dos homens que mais teve influencia no clã Uzumaki. ---
 
---a barreira... Ela esta enfraquecendo... Será que ele começou a fazer o selamento?---
 
---Ainda não... Saberemos quando ele começar... ---

 Finalmente após cerca de meia hora com as portas fechadas a barreira simplesmente desapareceu, dando lugar a enormes correntes que pareceram surgir por cima da casa e expandir por uma área muito maior do que ela podia enxergar.

 ---Mas o que é isso... ---
 
---Fique atenta Suzuki... Lembre-se... Nossa missão não é admirar os fuinjutsus dos Uzumakis... ---
 
--Eu sei disso. —
 
Ela ficou em pé, e se posicionou, se algum adversário aparecesse, fosse ele Shou ou algum outro demorariam em encontrar o local.O tempo se passou, foi quando a primeira movimentação estranha chamou a atenção da genin, algo estava ali, e era uma pessoa, mas para sua sorte ou azar não era o chakra do Aburame tentava se ocultar com um jutsu de camuflagem.

 --Que tal você sair dai? Minha amiga já o viu há muito tempo. --- Gritou Yukari.
 
---Como o Shou me disse vocês duas não são kunoichi normais. ---
 
Era um único homem, baixo e esquelético, sua pele morena parecia tão próxima às ossos que era possível contar cada um deles, vestia uma calça branca e não possuía qualquer tipo de bandanas.

---Onde Shou esta... Quero conversar com ele. ---
 
---Esta de brincadeira comigo, só vim aqui atrás desse anel, o Shou mandou um recado para tal se Suzuki, disse que um dia desses iria contar o que ocorreu no vale das flores. ---


 Antes que o mesmo completasse a missão, as duas avançaram, Suzuki puxou uma de suas kunai e a arremessou contra o homem que simplesmente desviou Yukari por sua vez, completou o combo, usando um de seus braços de futon ela pegou a kunai que estava ainda suspensa no ar e a voltou contra o homem, seria impossível que ele desviasse já que Suzuki estava vindo de frente e Yukari do lado, além de sua kunai estar voltando por trás com o jutsu da Uzumaki.

 ---Te pegamos. ---
 
O homem sorriu, seu corpo apenas se transformou em uma gosma acida que derreteu completamente a lamina da kunai.
Voltou a se materializar chutando com força a genin.
 
---Acha mesmo que eu seria pego por um truque infantil desses?---
 
---Me diga onde esta Shou e juro que não te matarei. ---

 
--Seus olhos... Você é uma Uchiha não? É bem típico do seu clã mesmo, essa arrogância. ---
 
--Então já conheceu um Uchiha... Que bom saber disso. Então sabe muito bem... Que será aqui que você ira morrer... ---
 
Suzuki novamente avançou, sabia que aquele homem não podia contra atacar na sua forma acida e nem se mover, Yukari também não perdeu tempo, a sincronia das duas era quase perfeita, quando o homem voltava a sua forma antiga e Suzuki estava desprotegida, Yukari a cobria com seu jutsu.
 
--Você não é tão mal... Mas não pode se comparar a uma Uchiha. ---
 
Ela fez os selos velozmente e pegou uma única shuriken, arremessando contra ele.

---esse tipo de ataque não funciona contra mim---

 Novamente seu corpo tomou a forma de uma massa acinzentada recebendo a shuriken e a dissolvendo dentro de si.

 -Eu te disse, não pode enfrentar uma Uchiha. ---
A shuriken então explodiu com violência, lançado partes do corpo do adversário para todos os lados.
 Demorou mais algumas horas até que finalmente o homem saísse de dentro da casa, entregou o amuleto para Suzuki, e então olhou para a kunoichi.
 
---Você também não era para estar nesse mundo não é... Posso ver bem essa marca é um fuinjutsus antigo do clã Uzumaki... Quero que se lembre de bem de algo, se quer continuar viva, mantenha-se saudável e não permita que o ódio ou a raiva te dominem, se fizer isso morrera—.
 
Suzuki guardou o anel, e então Yukari abriu uma de suas fendas por onde a genin passou e surgiu o do outro lado em Konohagakure junto da jovem de cabelos loiros.
 
---sabia que amo essa sua técnica. --- disse Suzuki.
 
---Sei disso e é por isso que nunca te ensinarei, ela pertence apenas a mim, um presente de minha amiga--- cortou Ookami.

 As duas caminharam em direção ao grande prédio vermelho onde ela entregaria de novo a relíquia ao Hokage e só mais tarde entregaria um relatório do que havia acontecido.

 ___________________________X_________________________X____________________
 
Em algum lugar distante da casa do velho, um rapaz mantinha-se sentado, havia observado boa parte da luta de Suzuki, mas não se movera para ajudar seu companheiro.
 
---Fique forte logo Suzuki... Eu não vejo a hora de te encontrar novamente. ---
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O Anel - Rank C - Uchiha Suzuki
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Ficha de Itachi Uchiha
» Ficha De Sasuke uchiha
» Ficha de Suzuki
» (Duelo)Dri uchiha VS Rima
» [VIDEO AULA] Sistema de Rank com PHP + Mysql

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Naruto Revo Online :: Vila da Folha :: RPG Zone :: Missões-
Ir para: